A origem da rotatividade nas empresas

Não “mate” bons candidatos em posições nem tão boas assim.

Muita gente me pergunta o motivo de tamanha rotatividade nas empresas.

E quase sempre eu respondo que problema central está no recrutamento.  Bons profissionais estão empregados ou empregando!  Então, como realizar um processo seletivo que reduza a rotatividade?

Preparei 6 dicas. Continue lendo para conhecê-las…

1 – Na dúvida não contrate! Mesmo que a contratação seja vital para a operação da empresa ou execução do negócio

2 – Não “mate” bons candidatos em posições nem tão boas assim.

3 – Consulte sempre as referências reais. Ligue para o ex-chefe dele e esqueça buscar informação junto ao RH ou contatos pessoais dos candidatos. Quem sabe se ele é bom mesmo, é o ex-chefe.

 

4 – Foque os três princípios: Integridade, inteligência e energia. Como diz Warren Buffet, “integridade é o mais importante, se o candidato não a tiver as outras duas vão te matar”.

5 – Na entrevista, fale menos e escute mais. Deixe o candidato falar sobre suas experiências, anseios, desejos e visão de futuro.

6 – Identifique as quatro questões prioritárias: ele precisa trabalhar? Ele quer trabalhar? Ele gosta de fazer o serviço proposto? Ele sabe fazer minimamente o serviço (ou tem pelo menos alguma ideia a respeito)?

Um abraço,

Diego Maia – Siga-me no Twitter clicando aqui. 

Powered by Rock Convert

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.