As semelhanças entre as Escolas de Samba e as empresas

Nas empresas até existe algum nível de comprometimento e paixão, mas em escala muito menor.

As semelhanças entre as Escolas de Samba e as empresasO “Maior Espetáculo da Terra” acontece no Rio de Janeiro, na Marquês de Sapucaí.

Você sabe: uma escola de samba do Grupo Especial é composta por pelo menos 3500 pessoas organizadas em mais de 25 alas. Cada ala tem um tema e uma fantasia, mas todos os integrantes devem cantar e dançar com máxima empolgação  e dentro do ritmo.

Não bastasse este mundaréu de gente, a escola tem centenas de percussionistas e pelo menos 6 carros alegóricos. Tudo precisa funcionar de maneira profissional, mas com altas doses de harmonia e equilíbrio.

O objetivo: levantar a avenida, empolgar quem assiste pela TV e, acima de tudo, cativar os julgadores.

Será que existem semelhanças entre os empreendimentos carnavalescos e o dia a dia das empresas e organizações? Existem muitos. Mas também muitas diferenças.

Numa escola de samba o sentimento de “grande família” é evidente. O espírito de união e garra é fortalecido por todos da escola, do menor posto até o presidente.

Todos os membros  se identificam com a escola de samba, todos sentem que a escola é deles. A gente percebe isso na derrota, na perda de um décimo no julgamento e, claro na vitória.

Nas empresas até existe algum nível de comprometimento e paixão, mas em escala muuuuito menor.

Nas escolas de samba tratar bem as pessoas é o objetivo principal do negócio, isto faz com que todos integrantes perdendo ou ganhando, sejam motivados para um novo ano de vitória.

Já as empresas confiam, quando muito, apenas no poder motivacional dos incentivos financeiros, deixando de lado a importância do ser humano na conquista de alguma coisa.

E é certamente isto que empaca a produtividade e o crescimento.

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *