Crise? Decidi que minha empresa não irá participar dela…

Todo empresário que está se destacando neste momento turbulento possui um pouco desta visão.

noticias ruinsCleide é empresária e escreve relatando um certo temor diante do desaquecimento da economia. As notícias que têm visto nos jornais e na TV dão conta de retração, queda do PIB, desemprego.

Por isso, pede ideias do que pode ser feito para não ser tragada pela maré de notícias ruins e não ver ruir os mais de 10 anos de muito suor, sacrifício e sucesso.

Cleide, é claro que precisamos acompanhar o noticiário com atenção, mas também com cautela. Cautela porque não podemos deixar que ele contamine nossa empresa, nossa equipe e a nossa rotina.

Tem uma frase bacana rodando na internet que diz assim: “Crise? Decidi que minha empresa não irá participar dela”.

Este, sem dúvida alguma, é o início do caminho. Todo empresário que está se destacando neste momento turbulento possui um pouco desta visão.

Vamos avaliar alguns outros pontos:

  1. Propagam por aí que esta terrível queda de quase dois pontos percentuais no PIB é muito ruim para a economia do Brasil . Ok, concordo. Mas o que isso tem haver com as micro e pequenas empresas? O PIB do México é de 1.3 trilhão de dólares. Da Índia, US$ 1.9. O do Brasil é de US$ 2.3 trilhões. Não sei pra você, mas me parece que mesmo caindo 2% ainda sobra muito, não é?
  2. Reportagens dão conta de que o desemprego está no patamar de 8%. É fato que algumas empresas tem demitido, mas conheço tantas que possuem vagas em aberto que não conseguem fechar, e não é por baixos salários ou por ausência de benefícios…

Diante de toda situação negativa, há sempre um ângulo positivo a ser observado.

É por isso que no mês que vem (outubro/2015), reunirei empresários, gestores e profissionais de vendas no Workshop “Missão Possível: como aumentar as vendas em períodos turbulentos”. Criei este workshop para disseminar boas práticas e fornecer ferramentas e estratégias para quem quer crescer e não apenas sobreviver.

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.