Cuidado com as críticas dos papagaios

Quando receber uma crítica, avalie se quem está criticando é conhecedor daquele assunto.

Lembro bem de uma situação muito curiosa. Eu devia ter uns 15 anos quando uma namoradinha me disse que eu “seria mais bonito se tivesse um nariz mais fino”. Por um tempo aquilo ficou martelando na minha cabeça.  Depois felizmente eu desencanei. Mas não esqueci, tanto que estou aqui compartilhando esta história com você.

Olha, eu sempre acreditei que receber um feedback pode mudar o futuro de nossas carreiras, seja ele positivo ou negativo.

Mas devemos ter um cuidado enorme com as críticas, principalmente aquelas vindas de pessoas que não têm qualquer qualificação para criticar a gente. São na verdade, papagaios. E o mundo está cheio deles!  No caso daquela minha namorada, ela era uma especialista em nariz? Era especializada em design de rosto?

A vida fica muito mais leve quando a gente assume o controle de como respondemos a cada crítica que atravessa o nosso caminho. Fica mais bonita quando a gente aprende a desviar dos baldes de agua fria que recebemos.

Eu superei e no fim das contas aquilo não representou muito pra mim. Mas tem gente que não supera.

Então, quando receber uma crítica, avalie se quem está criticando é conhecedor daquele assunto. Se for, e se alterar a situação for possível, beleza. Mãos a obra! Mudar sempre é necessário.

Leia também: Conheça o treinamento “Vendas de Alto Impacto”

Mas se a pessoa não é especialista e se você não pode mudar o formato do seu nariz, deixe de lado. Agradeça, diga que vai pensar no assunto, mas não reaja com raiva, negação, culpa.

Transforme a critica inimiga em amiga.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!

Powered by Rock Convert

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.