Em busca da produtividade perdida

Conheça três ideias poderosas que podem elevar seu desempenho.

Hoje é dia de responder a Joana. Na mensagem, enviada pelo inbox do meu Instagram, ela conta sua história e compartilha seus desafios: é gerente administrativa de uma empresa cinquentenária, possui muitos funcionários sob seu comando e se vê altamente sobrecarregada. Ela entende que poderia ser mais produtiva e eficaz, mas de um tempo pra cá, se sente muito cansada. Quando finalmente termina seu longo dia de trabalho, parece que todo o seu nível de energia foi consumido.

Jô, tenho recebido muitas mensagens falando da sobrecarga de trabalho: por conta da crise que se instalou no Brasil, diversos postos de trabalho foram cortados, mas as tarefas não sumiram, elas tiveram que ser assumidas por quem ficou. O resultado desta equação é bem esse: sobrecarga de trabalho.

Para tentar minimizar este grave problema, compartilho com você três ideias altamente poderosas que, se colocadas em prática, podem ajudar sua busca pela produtividade perdida. Tem funcionado pra mim!

>> Não abra mão da disciplina com horários e com a agenda. Desde que passei a fazer reuniões curtas, e em pé no espaço que apelidei no CDPV de “CorredorWorking” parei de perder tempo com a prolixidade e com os assuntos desnecessários. Reunião boa não pode configurar conforto: cada minuto vale.

>> Não deixa para depois o que pode ser feito em um ou dois minutos. Se dá para resolver rápido, resolva logo; quando não fazemos isso terminamos o dia com zilhões de pequenas pendências que, somadas, tiram nosso sentimento de que o dia valeu à pena.

>> A tecnologia ajudou muito o nosso desenvolvimento, mas ela é a rainha má nas nossas vidas. Condicione sua mente para usar o smartphone somente em horários específicos e que você determinar, tipo de hora cheia em hora cheia.

Quer ser um gestor melhor e altamente produtivo? Faça a Formação LAP – Líder de Alta Performance. Aproveite e me adicione no Instagram!

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.