Evitando a draga, o mercado!

O empreendedorismo é coisa antiga, embora você jure que seja modismo.  O primeiro a falar dele foi o francês Cantillon, em 1725, a quem atribuímos o termo empreendedor.  Para ele, empreendedor era o sujeito que assumia riscos.  Depois disso, séculos mais tarde, em 1964, Peter Drucker já falava que o empreendedor era a pessoa que maximiza oportunidades e torna negócios atuais em diferentes para o futuro.  A Grã-Bretanha foi um dos primeiros estados a estudarem o empreendedorismo em seus territórios: em 1919 já há registros de pesquisas.  Em 1930 e 1970 outros estudos mostraram que havia evidências de que o empreendedorismo ocupava espaços relevantes onde a economia de escala não era capaz de penetrar.

Chegando ao que nos interessa, meu caro empreendedor, você sabia que o Brasil, em 2000, foi eleito o país mais empreendedor do mundo.  Sim, mais do que países desenvolvidos.  Isso se explica por inúmeras razões, entre elas a relação direta entre empreendedorismo e desenvolvimento econômico.  Mas também são importantes percepção, motivação e capacitação do empreendedor; apoio financeiro às boas ideias; formação e treinamento de empresários; barreiras de mercado, acesso à tecnologia e às informações e muitas outras variáveis.

Hoje o Brasil é o 12º país em empreendedorismo do mundo.  E por que saímos do primeiro lugar para o 12º, meu caro leitor?

São muitas as razões.  Hoje a cada 10 empresa, 3 morrem antes de completar 2 anos de idade.  Esse número piora quando aumentamos para um horizonte de 3 anos: 70% das empresas “morrem na praia”.   E nos ensina a matemática: contra número não há argumentos.  Em 18 de abril, uma quarta-feira, vou ministrar a palestra “Como Ser Um Gestor de Sucesso”, no Centro do Rio.  Lá teremos uma excelente oportunidade de evitar ser uma destas 3 empresas que não chegam ao seu segundo ano de vida.

E você, quer contar história da sua empresa por quanto tempo?

Siga-me nas redes sociais e conte sua história aqui no blog.  Sucesso e até quarta!

Diego Maia

www.diegomaia.com.br

 

Grupo CDPV – www.grupocdpv.com.br

www.cdpv.com.br | www.cdpvseminarios.com.br | www.ogni.com.br

www.v3publicidade.com.br | www.rhvendas.com.br

Veja pode se interessar também por estes posts:

2 ideias sobre “Evitando a draga, o mercado!

  1. Olá Diego, costumo escutar seu programa na mpb fm, gosto dos conselhos e as dicas de empreendedorismo. Sou taxista em Niterói a cerca de seta anos e ando um pouco desanimado com o futuro do meu trabalho pois tenho notado um aumento significativo no volume de veículos nas ruas, isso acaba gerando um cansaço maior ao final do dia.
    Fico tentando escolher uma área para migrar, onde eu possa me preparar através de cursos e montar um negócio, mas além do receio de trocar o certo pelo duvidoso me sinto um tanto perdido com tamanha diversidade pois gosto de vários segmento como: restaurante, lanchonete, padaria, material de construção entre outras. O que você sugere?

    Abraços, Christian Pinheiro da Silva

    • Sugiro, Christian, que ouça seu coração e de ouvido à razão. Alimentos, material de construção e taxi têm em comum amor em lidar com pessoas. Comece pequeno e siga em frente. Sucesso, DM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.