O poder de um boato na empresa

Leonardo é responsável por treinamento de sua empresa e está vivendo uma situação desconfortável. Ele escreveu falando que está rolando uma onda de demissões. Veja o relato, abre aspas:

“(…)como quase todos os produtos da empresa são importados, com esse aumento do dólar consequentemente os produtos ficaram mas caros para importar. Para reduzir custos na empresa estão mandando muitos funcionaram embora, já ate mandaram um que fazia o mesmo trabalho que eu no estado de São Paulo, sem aviso prévio, pegaram  o funcionário no susto em uma reunião. Confesso que estou ficando apavorado com essa situação. Devo me apavorar dessa forma? Acho que isso acaba atrapalhando meu rendimento no trabalho. Por favor me de uma orientação(…)”

Leonardo, sua preocupação é legítima, mas é uma arma letal se ela dominar seus pensamentos e ações.  Este clima de instabilidade não é bom pra ninguém. E é possível que seus chefes saibam disso. Continue lendo…

Se eu fosse você, seguiria meu trabalho com um astral ainda mais elevado, afinal é você quem dita as boas práticas do grupo nos treinamentos. Seu trabalho, em primeiro lugar, deve ser acreditar que isto este momento não passa de uma maré ruim. Profissionais de sucesso geralmente possuem um grau de otimismo acima da média e não deixam se abater por suposições ou clima.

Eu também agendaria uma conversa franca com meus superiores para tentar descobrir se algo está previsto. Mas uma possível demissão não me pegaria desprevenido. Pelo menos, eu já teria revisado e atualizado meu currículo.

Fique tranquilo, pois para bons profissionais sempre há uma boa oportunidade. Bota fé!

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.