Diego Maia entrevista Daniel Orlean, Sócio-Diretor da BizCapital

Destacado

O ‘Mundo Empresarial – Diego Maia entrevista’ recebeu Daniel Orlean, Sócio-Diretor da BizCapital para um bate-papo cheio de ideias, dicas e informações voltadas principalmente para o empreendedor.

‘Como conseguir financiamento’, ‘Maiores erros na hora de empreender’, ‘Fintech x Bancos’ foram alguns dos temas abordados.

Acesse o canal do CDPV no Youtube e confira a entrevista.

Assista também pelo Facebook.

 

Empreendedor precisa ser exemplo

Empreendedor precisa ser exemplo

Se você deseja criar um negócio bem sucedido, precisa ser um exemplo para os outros seguirem. “Outros” que me refiro aqui são clientes, fornecedores, parceiros… isto é essencial em qualquer empreendimento.

Minha experiência como empresário, palestrante e treinador de talentos me ensinou que não importa o tipo de pessoa que trabalha com você. Se você conduz o negócio no caminho certo e é um exemplo a ser seguido, as pessoas vão investir seu tempo e energia para ajudá-lo a construir um negócio bacana, independente de suas crenças pessoais.

Continuar lendo

Como montar um negócio de sucesso

Muitas pessoas me perguntam como montar um negócio de sucesso e a resposta para isso, infelizmente, não é certeira.

Muitas pessoas me perguntam como montar um negócio de sucesso e a resposta para isso, infelizmente, não é certeira; existem muitas variáveis.

A primeira coisa é perguntar o que você gosta de fazer e se você quer que isso vire o seu trabalho.

Mas muita calma nessa hora. Existe demanda para o negócio que você está pensando em abrir? Existem pessoas dispostas a comprar seus produtos ou serviços?

Continuar lendo

A vontade de ganhar precisa ser maior que o medo de perder

A vontade de ganhar precisa ser maior que o medo de perder

Existe um momento crítico na vida de todas as pessoas: é quando o medo de perder é maior que a vontade de ganhar.

Isso vale pra todos: pro contador, pro vendedor, pro médico, até pro adestrador de cães. Pro funcionário e pro empresário!

É claro que o frio na barriga diante de uma situação nova vai existir; é claro que todas as pessoas bem sucedidas  em algum momento de suas vidas sentiram (e sentem!) medo. Mas quando o medo nos imobiliza, a situação se complica.

Continuar lendo

O que vale mais: conhecimento ou vontade?

O que vale mais: conhecimento ou vontade?

Vince Lombardi foi um super treinador de futebol americano. É dele frase:

A diferença entre uma pessoa bem-sucedida e as outras não é a falta de conhecimentos, mas sim de vontade”.

Leia também: Três erros que até os melhores líderes cometem

Concordo plenamente! Conhecimento é fundamental mas não adianta de nada se o profissional não tiver a vontade de ser melhor a cada dia.

Certamente você conhece muita gente que detém um alto nível de qualificação. Sabe muito, mas entrega pouco. Fala bem, mas não consegue convencer ninguém…

Leia também: A maldita zona de conforto

Continuar lendo

Por que a sua empresa não está crescendo?

No final do ano passado, Júlia montou uma loja online, um e-commerce focado em cosméticos, prioritariamente para mulheres. Ela resolveu investir neste ramo por ter estudado muito o setor e pensou:

“já que a indústria de cosméticos é a uma das que mais crescem no Brasil e que o online é o futuro da humanidade, é aqui que vou apostar”.

Investiu tudo que tinha e o que não tinha em desenvolvimento, estoque, divulgação, têm tentado diversos caminhos, mas o negócio não decola. Mesmo com custos baixos, não consegue vender o suficiente para satisfazê-los.

Agora pensa em transformar a loja para algo relacionado a acessórios e presentes, ramo que não conhece, mas gosta. A pergunta dela é essa: “será que vai dar certo?”.

Continuar lendo

Negligência: um dos muitos erros de todo gestor… #diegomaia

Negligenciar o Funcionário - Diego Maia - LiderançaHoje eu continuo respondendo a demanda da ouvinte Elisa, uma empreendedora em estágio inicial. Ela escreveu perguntando quais são, na minha opinião, os maiores erros do empreendedor.

Já falei aqui sobre a importância da contratação assertiva e do feedback. Hoje falo de algo muito comum nas empresas – principalmente quando os donos e os gestores estão absolutamente focados em fazer o negócio acontecer. É a negligência.

Podemos inclinar este tópico a qualquer tema relacionado a administração de um negócio, mas para continuar no embalo, quero comentar sobre a negligência que, sem intenção, proporcionamos aos colaboradores… (continue lendo)

Olha, é fácil pensar no grupo como “seu pessoal” ou como “sua equipe”, porque eles o são – você contratou cada um deles e você tem o desejo de que todos trabalhem focados na produtividade.

Mas cada uma dessas pessoas que você contratou é um indivíduo, um indivíduo único, totalmente diferente das outras pessoas. Cada um tem vantagens únicas, pontos fracos e um estilo de trabalho que exige uma abordagem de gestão individualizada.

Usar a mesma estratégia de gestão para todos os seus funcionários – como motivá-los da mesma maneira ou fornecer feedback da mesma forma – é um erro notório, e é, infelizmente, um erro que eu vejo muitas vezes quando avalio relações entre gestores e subordinados. Dê aos seus colaboradores atenção individual, e transforme suas estratégias para atendê-los.

No passado, era o profissional que precisava se adequar a empresa. Hoje, é diferente. A empresa precisa customizar sua abordagem e sua cultura de forma personalizada para cada colaborador se não quiser desaparecer do mapa.

Pense nisso!

Empreendedorismo vai muito além…

Empreendedorismo - Sucesso - Palestra Diego Maia - Palestrante - Vendas

Empreendedorismo vai muito além das lindas histórias de sucesso empresarial. Empreendedorismo é uma mentalidade, uma atitude e um estilo de vida adotado por pessoas que não estão satisfeitas com o status quo.

Ser um empreendedor não significa criar a próxima revolução da internet. Ou até mesmo iniciar qualquer negócio. Ser um empreendedor significa encontrar os desafios que você tem em sua vida e determinar maneiras criativas para superar esses desafios.

Existem alguns princípios empreendedores que irão enriquecer seu trabalho e vida, independente de você ser um professor, um assalariado, um funcionário publico ou gerente de banco. Aqui estão alguns destes princípios. Continue lendo…

Continuar lendo

Deixe o comodismo de lado e invista na motivação

A Revista Empreendedor circula em todo o território brasileiro e se comunica com perfeição com o empresariado.

Recentemente, a publicação entrevistou Diego Maia sobre os desafios da gestão.

Neste post você tem acesso a íntegra da entrevista.

Falta de clareza e qualificação, dificuldade em definir metas e pouca disposição para treinar os subordinados. Estas são apenas algumas das falhas mais cometidas pelos gestores de empresas dos mais diferentes portes e segmentos. Diagnosticado por estudos e pesquisas em todo o mundo, esse despreparo é responsável por arruinar carreiras e comprometer o desempenho de toda a organização.

Para lidar com a situação é preciso deixar o comodismo de lado e investir no treinamento e motivação dos gestores, que devem sempre estar atualizados em relação às decisões estratégicas da companhia. “Tem empresário que cobra resultados sem nunca ter mostrado o que deve ser feito e insiste em dormir abraçado com o conformismo”, avalia Diego Maia, autor do livro Como ser um gestor de sucesso.

Especialista em vendas e gestão e presidente do Grupo CDPV(Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas) há dez anos, ele fala a seguir sobre como é possível formar bons gestores e evitar o chamado “apagão de talentos”. “Com o chamado ‘apagão de talentos’, muitas empresas possuem vagas ociosas em atividades de coordenação, supervisão e gerência. E, para preenchê-las, contratam ou promovem pessoas que ainda não estão prontas, o que é muito perigoso. Fazendo uma analogia com um exército, como um coronel que nunca deu um tiro pode comandar um batalhão?”, indaga Maia. Ele explica também a diferença entre vendas corporativas e para o público e negociação de alto impacto, além de dar dicas para uma negociação mais eficiente, entre outros assuntos.

O que determina o sucesso de um gestor nos dias de hoje?

Continuar lendo

De empresário para empresário

Já faz algum tempo que tenho me aprofundado nas melhores (e piores :-) práticas para conduzir uma empresa. Afinal, lá se vão 11 anos que fundei o que é hoje o Grupo CDPV e, há seis, apresento o programa Mundo Empresarial em diversas rádios, dentre elas a carioca MPB FM (90,3 RJ) e a soteropolitana A TARDE FM (103,9 Salvador – Bahia).

Duas das minhas diversas constatações é que o empresário brasileiro é movido por uma forte paixão e vontade de realizar. Só mesmo estes ingredientes para explicar o sucesso diante de um cenário de incertezas e dificuldades (a complexidade de contratar e reter as pessoas, o nó tributário, a concorrência que muitas vezes é desleal, a falta de capital para fazer tudo que queremos…).

A grande questão é que, na prática, faltam teorias, ferramentas e modelos para que o empresário possa melhorar o desempenho do seu negócio.

Minha vocação é auxiliar no desenvolvimento das pessoas e empresas, por isso forneço – como você sabe, diversas planilhas e ferramentas gratuitamente, tanto aqui no blog quando no rádio.

Mas criei um curso chamado IMERSÃO PARA EMPRESÁRIOS. É um dia inteiro onde me dedico a apresentar um mix altamente eficaz e prático para que um empresário de qualquer ramo ou segmento possa melhorar o desempenho de sua empresa em quatro eixos: vendas & atendimento, marketing, gestão e recursos humanos.

A próxima edição, no RIO, será dia 9 de outubro e, em Salvador – Bahia, será dia 24 de outubro. Clique aqui e confira detalhes.

Quem sabe a gente não se encontra por lá?

Empreender após a aposentadoria

Hoje quem escreve é a Mari. Ela diz: “Sou professora e devo me aposentar em maio. Já imaginei mil coisas para fazer para manter-me ocupada. Não sou muito fã de comércio, mas penso que nos outros setores será mais difícil empreender algo. Eu e uma amiga pensamos em montar uma papelaria porque gostamos muito de entrar numa e observarmos todos os materiais. A ideia é abrir uma papelaria de bairro residencial. Sei que os clientes praticamente são sempre os mesmos, mas a localização que vimos fica entre duas escolas municipais. Há também duas escolas particulares próximas. Sempre ouço você dizer que o passo é o planejamento. Tem outras dicas?” Continue lendo e veja as minhas ideias para quem quer empreender após a aposentadoria…

Continuar lendo

Dúvidas empreendedoras

Charlene já participou de alguns cursos comigo e me ouve com alguma frequência na Rádio. Além disso, me acompanha no Facebook e no Twitter. A preocupação dela pode ser comum a todas as pessoas empreendedoras. Veja só:

“Olá Diego! Gostaria de tirar uma dúvida sobre CNPJ e Microempreendedor Individual. Gostaria de formalizar no MEI, mas no cadastro tem que preencher o Endereço Comercial, no qual não possuo ainda. Sou formada em Design de Interiores e estou terminando a faculdade de Arquitetura e gostaria de trabalhar fazendo projetos e ter o CNPJ para comprar diretamente com algumas fábricas. O meu receio é cadastrar meu endereço residencial igual ao endereço comercial. Se futuramente acontecer algo de errado posso vir a perder meu imóvel? Quais são os riscos? Quero dar inicio de alguma forma, ganhando dinheiro com projetos e mais pra frente alugar uma sala comercial, mas não sei quanto tempo pode demorar para esse sonho se realizar. Pode me ajudar?”

Charlene, a formalização é necessária para quem quer competir de igual para igual num mercado recheado de tubarões. Parabéns pelo interesse!

Não é o fato de preencher seu endereço residencial que pode fzer você perder a residência no futuro não. Isto pode acontecer mesmo você dando um endereço inexistente! Você pode perder o imóvel por não pagar e acumular impostos, se tiver um grande processo trabalhista ou mesmo se comprar produtos e não conseguir pagar.

Há jurisprudências nos tribunais dizendo que o único imóvel que serve moradia para o devedor não pode ser executado. Mas…

Empreender é correr riscos e mundo empresarial é cruel. Este é só um dos muitos riscos que você correrá.

Então, siga assim: buscando informação, sempre. Todo empreendedor precisa ser um pouco de contador, um pouco de advogado, um pouco de vendedor, um pouco de administrador…

Daqui há alguns dias ministrarei mais uma edição da “Imersão para Empresários”. Saiba mais clicando aqui. 

Um novo empresário…

“Olá Diego, meu nome é Max, tenho 31 anos e sou do ramo de oficina de caminhões. É um ramo muito bom e muito rentável: não faltam clientes. Trabalhei muitos anos em pequenas empresas fiz vários cursos de atualização em tudo que há de novo na área mecânica de autos diesel.

 

Me considero um profissional dos mais gabaritados na minha profissão.

Recentemente pedi demissão da empresa que trabalhei por 8 anos e decidi abrir meu próprio negocio. Inicialmente investi em ferramentas e mão de obra, e também já conto com uma pessoa que oferece meus serviços em transportadoras, retíficas e afins, que trato como uma espécie de  “representante comercial” e pretendo contratar mais uma pessoa para esse tipo de divulgação .

Apesar de ter ainda pouca estrutura estou visando atingir um numero grande de clientes e tenho medo de não dar conta do recado… Conto com seu conselho e dicas pra ter sucesso na minha nova empreitada!!! Sou seu ouvinte assíduo.”

Veja minha resposta ao MAX…

Continuar lendo

Socorro, tenho uma pequena empresa!

Hoje quem escreve é a Gracielle Bovoloto, que tem 18 anos e começou agorinha a trabalhar com a mãe, que é micro empresária. Ela engrossa o time de empreendedores brasileiros e, diferente da maioria, está lutando para acertar a mão. Ela mesma conta sua situação, logo depois do quadro abaixo.

Continuar lendo