Envolvido ou comprometido: quem é você?

A melhor diferença que ouvi até hoje entre profissionais ENVOLVIDOS  e profissionais COMPROMETIDOS faz uma comparação simples através de um prato de ovo com bacon:

“A galinha estava envolvida com o processo enquanto o porco estava comprometido”.

Faz sentido pra você?

Estar comprometido com a empresa ou com uma causa é fazer de tudo para ver aquilo acontecer. Agir com a maior brevidade e competência possível para dar certo. No fim das contas é o profissional genuinamente comprometido que cresce na carreira.

Já uma pessoa apenas “envolvida” leva a vida ao estilo “está ruim, mas está bom”. Cumpre “apenas” o seu horário, faz – quando muito – o que lhe é pedido. Separa com máximo perfeccionismo “os assuntos da trabalho” dos “assuntos da vida”: a empresa pode estar pegando fogo, mas ela não atende o celular porque está em seu horário de lazer.

Pessoas envolvidas são “mornas”. Estão sempre em cima do muro, fofocam, falam mal da empresa, criam picuinhas, contam as horas trabalhadas, fazem as coisas de qualquer maneira, não tem capricho, não se interessam verdadeiramente pelos outros, reclamam de novas diretrizes.

Já as pessoas comprometidas não têm meio termo. Ou elas são ou não são. Ou servem ou não servem. Ou querem fazer algo ou não querem. Os comprometidos agem, erram, reconhecem que erraram, tentam novamente, ajudam os outros, são detalhistas, são perfeccionistas, estão sempre buscando o melhor, abraçam a mudança para que possam ser melhores sempre, focam no resultado, sabem que os fins justificam os meios e que nem sempre irão agradar a todos os demais.

Os apenas envolvidos passam. Os comprometidos deixam um legado.

Qual deles é você?

Conheça o VENDAS DE ALTO IMPACTO!

Todos os detalhes do treinamento “Vendas de Alto Impacto”, que é destinado a empresários, profissionais liberais, representantes comerciais e todo mundo que precisa melhorar resultados de vendas estão aqui.

Aproveite e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!

Seja o protagonista de sua vida

Volta e meia escuto frases que considero bizarras. São frases deste tipo:

  • “Não cresci na vida porque meus pais não pagaram meus estudos”;
  • “não tive sorte de arrumar um bom emprego numa empresa legal”;
  • “bem que eu devia ter casado com fulano de tal”;
  • e ainda: “meu chefe não me reconhece”, “meu chefe não me motiva”…

Quem pensa dessa forma, na verdade está terceirizando seus fracassos para outras pessoas, quando na verdade, o nosso resultado depende única e exclusivamente da gente. 

É claro que existem pessoas com algum privilégio, é claro que quem estuda em colégios e faculdades de ponta tem mais chances, é claro que começar uma empresa com recursos é muito melhor do que começar zerado….

É claro também que existem os fatores externos e alheiros a nossa própria vontade.

Mas o que define a vida são as escolhas, não as oportunidades. Conquistar uma carreira bem-sucedida e a vida que você sempre sonhou, depende exclusivamente de uma pessoa: você.

O que você está fazendo neste exato momento em prol de seus sonhos e objetivos?

Será que você não está se auto-sabotando com crenças limitantes e pensamentos desfavoráveis?

Será que você não está colocando demais a culpa dos outros?

Leve esta frase sempre com você, pois ela mudou minha vida: sua ALTITUDE depende de suas ATIDUDES e você pode tomar uma atitude agora!

Por exemplo: você precisa de auxílio para impulsionar suas vendas? Então conheça o VENDAS DE ALTO IMPACTO!

Todos os detalhes do treinamento “Vendas de Alto Impacto”, que é destinado a empresários, profissionais liberais, representantes comerciais e todo mundo que precisa melhorar resultados de vendas estão aqui.

Aproveite e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!

A importância dos detalhes

Posso dizer que sou uma pessoa perfeccionista. Fico muito chateado quando as coisas não são feitas ou não saem como projetado, seja na escala macro ou micro.

Fico assustado como as pessoas não se atentam aos detalhes das suas tarefas e ações.

Me impressiona o fato de as pessoas entregarem somente o que lhes é pedido, quando entregam. Penso que aí estão dois dos grandes segredos para o sucesso pessoal, profissional e empresarial.

Detalhes fazem toda a diferença. Seja num relatório simples ou numa estratégia de marketing. Num atendimento telefônico ou numa proposta enviada por e-mail.

O universo corporativo seria muito melhor se as pessoas entregassem suas demandas no custo e no prazo; sem que tenham de ser pressionadas ou cobradas por isso.

Seria perfeito se as pessoas fossem imbuídas em fazer a diferença, em entregar o serviço proposto com um plus, com um adicional, com uma diferenciação.

Falei disso na ultima edição da Imersão para Empresários que ministro frequentemente em vários estados brasileiros. Um empresário já estabelecido levantou o braço e falou: “Caramba, Diego! Estou atrás de pessoas que pelo menos façam aquilo que elas são pagas para fazer! E você esta ai dizendo em ter pessoas que façam além?”…

Respondi brincando que “sonhar não custa nada”, mas tenho absoluta convicção de que essas pessoas (diferenciadas) existem. Sei que elas estão bem empregadas ou estão empregando. Sei também que é um paradoxo incrível para a maioria dos empresários o ato de treinar, desenvolver e remunerar melhor as pessoas.

Logo lembrei de um ditado popular, que diz assim:  “melhor segurar um cavalo acelerado do que empurrar uma mula mansa.”

Pense nisso na hora de recrutar, de dar feedbacks, promover, incentivar ou desligar alguém de sua equipe.

Leia também: Três passos para estimular sua equipe

Maneiras para se manter confiante

A palavra “confiança” vem do latim e significa “acreditar plenamente”. Uma pessoa confiante é aquela que acredita na própria capacidade e usa essa força para impulsionar sua vida pessoal e profissional.

Mas tem muita gente que não tem confiança em si próprio e os motivos podem ser muitos, como a crise e a falta de emprego ou a falta de oportunidades de crescimento. Para driblar esse sentimento e se tornar uma pessoa mais segura de si, existem algumas práticas que você pode passar a adotar.

Primeiro, não se decepcione com seus fracassos.

Eles são valiosos no caminho para o sucesso. Meus amigos psicólogos dizem que o fracasso é uma poderosa ferramenta de aprendizagem porque força você até o limite e testa sua perseverança.

Pare para pensar nas pequenas escolhas que você faz diariamente e que deram certo.

Vale pra tudo, até para aquele restaurante novo que você comeu e gostou ou a maneira acertada que você resolveu alguma discussão em casa. No trabalho, se lembre das pequenas conquistas como entregar um relatório no prazo ou não se atrasar para uma reunião. Isso vai servir de combustível para que você se mantenha firme na trilha para sucessos maiores.

Se livre de pensamentos negativos e entenda em quais áreas da sua vida você é mais confiante.

Pode ser que você não fique confortável falando em público, mas que você seja ótimo para falar em reuniões menores. Ninguém é confiante em tudo e quem diz que é com certeza está mentindo…

Pense nisso e me adicione no Facebook e no LinkedIn.

Regra número 1: o cliente tem sempre razão

Comandante Rolim, fundador da companhia aérea TAM (agora chamada de LATAM), tinha uma frase que sempre funcionou como mantra pra mim. Ele dizia sempre:

“Regra número 1: O CLIENTE TEM SEMPRE RAZÃO.

Regra número 2: se o cliente não tiver razão releia a regra número 1”.

É claro que temos que ter jogo de cintura com os clientes que são habitués do “jeitinho brasileiro” e andam com o código de defesa do consumidor debaixo do braço. Mas isto é outra historia.

O cliente é rei e precisa ser tratado como tal. É ele que paga nossos salários, é ele que paga a escola de nossos filhos, é ele a razão pela qual as empresas existem.

Por isso, o trabalho de todos de uma empresa deve ser viabilizar formas de colocar o cliente no seu devido lugar: o trono!

Leia também: Os 10 maiores erros do vendedor

Teve algum problema? Resolva e não fale “isso é com outro setor”. O cliente tá insatisfeito com alguma coisa? Chame a responsabilidade para si e resolva o problema. Toda vez que um cliente fica insatisfeito com uma empresa, ou com um problema não resolvido, é uma oportunidade de negócios que perdemos, sem levar em consideração o poder que o cliente insatisfeito tem nas mãos, principalmente com a revolução tecnológica que estamos vivendo.

Esta postura era tão evidente, era tão verdadeira na época que a TAM era liderada por Rolim, que lembro com muito saudosismo do tapete vermelho estendido na porta da aeronave, o comandante que recebia os clientes pessoalmente, os fones de ouvidos que eram distribuídos, o serviço de bordo impecável e com bebidas alcoólicas…

É uma pena que isto tenha se perdido na atual companhia. Mas acho que faz parte de um novo modelo de aviação comercial (que eu não gosto nada, diga-se).

Me adicione  no Facebook, no Instragram e no Spotify.

Seja um perito: decida ser o melhor

Como tenho te falado estes dias, estou promovendo a “SEMANA DO SUCESSO EM VENDAS” lá no meu perfil do Instagram (siga @dieogmaia_cdpv). É assim: todos os dias desta semana publicarei ideias, cases e técnicas que possam impulsionar os resultados de pessoas e empresas que precisam vender mais e fechar mais negócios.

Na dica de estréia eu falei da importância de ACREDITAR, fervorosamente, no produto, no serviço e na empresa que estamos trabalhando. Sim, porque por mais incrível que possa parecer, tem gente que não acredita, que não compra – metaforicamente falando – os produtos da empresa em que trabalha. E ai não tem jeito: ninguém consegue vender aquilo que não compra.

A segunda ideia que compartilhei lá na minha pagina no Instagram é esta: TRABALHE PARA SER UM PERITO / DECIDA SER O MELHOR. É, eu sei que semana é dedicada a área de vendas, mas este insight vale para todos. Porque não basta saber mais ou menos, não basta ser morno, não basta fazer o básico, não basta ser mediano. Pra atingir o sucesso, você precisa se tornar um ESPECIALISTA naquilo que está fazendo.

  • Cultive o hábito de devorar informações técnicas do que você vende;
  • Siga fornecedores, clientes e também concorrentes nas redes sociais;
  • Estabeleça o compromisso de aprender algo novo todos os dias.

Agindo assim, você será lembrado por seus clientes como alguém realmente conhecedor daquilo que está fazendo, e é esta a grande virada para uma vida repleta de sucessos profissionais.

Decida ser um perito, decida ser um profissional melhor. Nada diferente disso importa.