3 hábitos que impedem seu progresso.

Reclamar, mentir, procrastinar...

Seja em nome da preguiça ou do bem estar, todos nós praticamos maus hábitos todos os dias.

Pode ser algo aparentemente inofensivo, como aquela reclamadinha básica ou algo mais chato que é fofocar sobre os colegas de trabalho. Mas não tem jeito: a gente volta e meia está praticando um hábito nocivo ao nosso crescimento.

O problema não está nos pequenos maus hábitos do dia a dia. O problema esta no acúmulo destes maus hábitos porque eles possuem o poder incrível de moldar o nosso caráter.

O poeta inglês John Dryden disse em uma de suas obras que “Primeiro fazemos nossos hábitos, e então nossos hábitos nos fazem”.

São eles, os hábitos ruins, que podem nos afastar do sucesso.

Eu cataloguei os hábitos ruins mais comuns no dia a dia de trabalho.

O primeiro tem um nome feio: Procrastinação. Procrastinador é aquela pessoa que empurra com a barriga, que deixe sempre as coisas para o último minuto, que adia projetos e atividades por horas e dias antes de serem entregues.

O segundo hábito mais comum no trabalho é a Mentira.
Isso não significa apenas inventar histórias, mas roubar ideias dos colegas, inventar desculpas por chegar atrasado, não entregar uma tarefa e dar um monte de justificativa…

O terceiro habito mais comum é a maldita Negatividade. Estou falando daquela pessoa que vive se lamentando, vive reclamando da vida, vive fofocando sobre todos e sobre tudo. Conhece alguém assim?

Em suma, existem muitos, muitos outros hábitos ruins e o nosso grande desafio é reconhece-los e corrigi-los.

Lá no meu Instagram postei um resumo dos hábitos ruins que cometemos todos os dias.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.