4 coisas que aprendi muito cedo

Alguns ensinamentos são primordiais para nosso crescimento pessoal e profissional.

Bem no inicio de minha carreira, aprendi quatro coisas que me fizeram um bem danado. Me evitaram frustração, tristeza e, certamente, até depressão.

A primeira delas: “Não esperar reconhecimento, agradecimento ou elogios”. É questão comum: quando a gente acerta nove vezes ninguém elogia, mas quando erra uma, as críticas são fortes. Sim, o mundo é cruel. Se o reconhecimento, o agradecimento ou o elogio vierem, estaremos lucrando. Não espere gestos de bondade do chefe, do colega, do cliente. A gente se frustra menos.

A segunda: “Não se martirize por seus erros”. Viu que errou? Avalie a situação com isenção e busque entender o que você deveria ter feito de diferente. Mas tenha muito cuidado: repetir sempre os mesmos erros sempre é um problema sério. Errar é sadio, errar é humano. Todos nós erramos! Mas que, ao menos, arranjemos erros novos.

Powered by Rock Convert

A terceira questão: “Zelar para que as coisas funcionem, não somente aquelas pelas quais sou responsável”. Isto vale para tudo, mas principalmente pelos assuntos de trabalho. Não é porque resolver um problema é função de fulano de tal que eu deixarei o pior acontecer no meu setor, na minha empresa ou no meu cliente.

E quarta: “Se quiser ter êxito profissional, tenha mentalidade de dono, mesmo não sendo”. Trabalhar, mesmo que como assalariado ou prestador de serviço não pode ser apenas uma figuração. Trabalhar é produzir, é ver o progresso, é contribuir com a empresa.

Trabalhar é fazer a diferença, independente de reconhecimento, de elogio. Conheço um monte de gente que se arrasta para, apenas, cumprir seu horário ou sua função, contando os minutos para chegar o final do expediente ou cumprindo a risca, em segundos, o seu tempo de almoço ou intervalo. Estas pessoas estão “só trabalhando” e dificilmente conseguirão se diferenciar da média.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Powered by Rock Convert

Veja pode se interessar também por estes posts:

2 ideias sobre “4 coisas que aprendi muito cedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.