Crescer ou não crescer, eis a questão

Cuidado com as armadilhas do crescimento: a ampliação de custos e contratações equivocadas podem colocar tudo a perder.

Crescimento é o que quase todos os proprietários de pequenas empresas querem.

Eu disse “quase todos”.  Crescimento é uma escolha. E tem muito empresário que opta por não crescer – não há qualquer problema em relação a isso. Ou há?

Tem negócio que chega a um determinado ponto que deixa o empresário satisfeito. Crescimento é um desafio. Dói, é arriscado, traz consigo inúmeras atividades e aborrecimentos…

Leia também: Inovação é dizer não para mil coisas!

Powered by Rock Convert

Porém, é provável que se um negócio não está crescendo, ele está encolhendo ou encolherá. Por que? Simples:

  • Todos os anos, uma empresa perde alguns clientes, não importa quão bom seja seu serviço ou produto.
  • Alguns funcionários vão se afastar porque suas necessidades mudaram ou porque o concorrente o atraiu.
  • O aumento dos custos dos fornecedores poderá reduzir as margens de lucro, já que para se manter competitivo, o preço de venda tende a permanecer inalterado.
  • Inevitavelmente, o empresário vai enfrentar novos rivais ou novos tipos de competição, se tornando mais difícil que seu rendimento permaneça estável.

Leia também: Elimine os hábitos corrosivos

Escolher não crescer é uma opção, sim. Mas é como se sentar no meio de uma avenida movimentada. Mais cedo ou mais tarde você será atropelado.

Cuidado, entretanto, para as armadilhas do crescimento: a ampliação de custos e contratações equivocadas podem colocar tudo a perder…

Aproveita e me adicione no Facebook e no LinkedIn.

Powered by Rock Convert

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.