Não existe fracasso. Existe resultado!

Na negociação não há fracasso, há resultado, ainda que seja diferente do que queremos. Mas aí vem a questão: por que o fracasso acontece?

Nesta minha jornada de palestrante – faço mais de 15 palestras todos os meses – o resultado de um evento em especial me marcou.

Era uma empresa distribuidora de produtos naturais e saudáveis e um representante comercial levantou o braço e me perguntou:  Diego, Quais são os pontos chaves para uma negociação de sucesso? O que podemos fazer para não fracassar” e ganhar mais “sim” do que “não”?

Inicialmente já respondo aqui o que falei para ele que na negociação não há fracasso. Há resultado! Às vezes não é o resultado que queremos, que desejamos. A pergunta deve ser: “Por que o fracasso acontece”?

  • Porque, em geral, não nos preparamos para a negociação.
  • Porque não estamos preparados para as objeções das pessoas.
  • Porque damos a entender que queremos o resultado a qualquer custo, independente dos desejos e vontades do interlocutor.

Em geral, os que fracassam tentam replicar o que deu certo anteriormente, e isto é um tremendo erro. Afinal, o resultado do passado não garante em nada o sucesso futuro.

Não há dois clientes iguais. Não há duas negociações iguais. O que sempre precisa se repetir é a preparação sistemática e ininterrupta, a pró atividade e a vontade louca de conhecer aquilo que o cliente precisa, gosta e deseja.

Portanto, não bastam somente técnicas. Não basta somente atitude. O que funciona é o mix destes dois ingredientes.

Estão abertas as inscrições para o curso “Negociação de Alto Impacto” e as vagas estão quase terminando. Clique aqui e garanta sua vaga agora!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas um evento de altíssimo nível.
Solicite uma cotação clicando aqui!

Powered by Rock Convert

Veja pode se interessar também por estes posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.