Pare de esperar pelo momento certo: ele simplesmente não existe

Ficar esperando o momento certo ou a oportunidade perfeita para colocar em prática seus planos é um dos maiores motivos pelos quais não conseguimos conquistar nossos objetivos.

Isso não acontece só em termos de negócios. Algumas pessoas passam anos e anos adiando seus sonhos, por acreditar que “ainda não é a hora”.

A gente esquece que o momento perfeito simplesmente não existe. Nunca há um momento certo para você começar seu projeto pessoal, para passar mais tempo com sua família, para mudar um hábito ruim ou começar um hábito bom.

O maior obstáculo para muitos de nós é simplesmente o ato de começar, de parar de deixar para amanhã aquilo que você sabe que precisa fazer hoje. Ou seja: o maior obstáculo entre você e seu plano ou mesmo entre você e o seu sonho, é você mesmo.

Comece onde você está agora e trabalhe com as ferramentas que você tem a sua disposição agora.

Vai por mim: não existe um momento certo para nada. Não existe um timing perfeito. Se parece certo, basta seguir em frente. Não espere até que tudo esteja perfeito. Isto jamais vai acontecer.

Para começar, pare de falar e comece a fazer!

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify, no Deezer ou no iTunes.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

O tempo é finito. Usou, acabou!

Millôr Fernandes dizia que “Quem mata o tempo não é um assassino. É um suicida”. Em outras palavras, o tempo é finito. Usou, acabou!

Todos nós temos o mesmo número de horas, todos os dias. O que nos diferencia é o que fazemos com estas mesmas horas.

Por exemplo, por que muitos de nós ficam perambulando, zapeando, googleando constantemente estressados, reclamando que “não tem tempo pra nada”, enquanto outras pessoas parecem encarar a vida em um estado mais relaxado e feliz, mas ainda conseguem fazer um monte de coisas?

Embora todos nós tenhamos responsabilidades e obrigações, frequentemente isso se resume à escolhas, as nossas escolhas. A questão é que a maioria faz escolhas pobres com o nosso tempo. Cada vez que dizemos “sim” para algo, estamos dizendo “não” para outra coisa.

Nós esprememos nosso dia, mas parece que temos cada vez menos tempo. O brasileiro já gasta quase 6 horas por dia conectado no Facebook, no WhatsApp e no Instagram – o curioso é que são três plataformas de uma mesma empresa. Mas isso é assunto pra outro momento.

O que você faria se, de uma hora para outra, “ganhasse” 6 horas a mais no seu dia?

O tempo é um recurso finito; usou, acabou. Nós não podemos voltar no tempo, mas podemos ser mais seletivos e intencionais com o tempo que temos.

Podemos proteger nosso precioso tempo para as atividades e pessoas que dão as maiores alegrias e o maior significado em nossas vidas. Que tal decretar o fim do uso do smartphone em casa, à noite, quando a família estiver reunida?

Onde há vontade, pode haver um caminho!

Pense nisso e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas e garanta uma palestra inspiradora! 
Solicite uma cotação clicando aqui!

Diego Maia na Antena 1 FM

Destacado

No ar desde 2009 (por oito anos na Rádio MPB FM e por 1 ano na Rádio SulAmérica Seguros Paradiso FM), você pode ouvir Diego Maia na tradicional Rádio Antena 1 FM (103,7 do Rio de Janeiro) de segunda à sexta-feira, às 7:30h e às 17:20h.

Perdeu algum comentário ou deseja escutar novamente? Basta acessar  os podcasts na plataforma de streaming de sua preferência (Spotify, Deezer, iTunes, Soundcloud, Google Podcasts, dentre inúmeras outras), procurar por “Diego Maia” e ouvir quando e onde quiser.

Com uma linguagem despojada e inspiradora, Diego Maia fala com muita propriedade sobre empreendedorismo, vendas, marketing e inovação. Em sua coluna também entrevista grandes nomes do cenário empresarial e faz a cobertura de importantes eventos internacionais, como o WebSummit (maior conferência de tecnologia e empreendedorismo do planeta, realizada em Lisboa, Portugal) e a NRF (National Retail, a maior conferência de varejo do mundo, realizada em Nova York).

A Antena 1 Rio ocupa a vice-liderança de audiência entre as emissoras de perfil “adulto-contemporâneo”, em especial nas classes A e B acima de 35 anos de idade. Considerando seu alcance na região metropolitana do Rio de Janeiro, atinge média de 503mil ouvintes por mês. 

Você também pode ouvir os comentários de Diego Maia nas rádios Folha FM (Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense) e Cabo Frio FM (Região dos Lagos do Rio de Janeiro). Veja detalhes aqui.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Sobre nossos defeitos e qualidades e os porcos-espinhos no inverno

Eu estava para começar uma palestra para uma importante empresa distribuidora de alimentos quando lembrei da história do porco-espinho no inverno.

E veio a calhar porque eu reparei que naquele grupo as pessoas não se davam muito bem: um criticava o outro, ninguém assumia a responsabilidade de nada, quando a empresa tinha um problema, sempre era culpa do outro colega ou do outro setor….

No inverno em regiões congelantes, muitos animais morrem por causa do frio. Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos.

Assim, se agasalhavam e se protegiam uns aos outros, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.

Por isso, decidiram se afastar uns dos outros e voltavam a morrer congelados.

Precisavam fazer uma escolha: ou aceitariam os espinhos dos companheiros ou desapareceriam.

A decisão, claro, foi a da sobrevivência: decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa próxima podia causar, já que o mais importante era se manter vivo, com o calor do outro.

E assim sobreviveram.

O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas; não existe perfeição! O melhor relacionamento é  aquele no qual cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e admirar suas qualidades.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Sobre águias e galinhas

Eu estava em Tiradentes, Minas Gerais, quando um comerciante local, dono de um restaurante mineiro que eu adoro, me contou a história de um homem do campo que criou um filhotinho de águia junto com suas galinhas.

Ele tratava a pequena águia da mesma maneira que tratava as galinhas, de modo que ela pensasse que também era uma galinha, dando a mesma comida jogada no chão, a mesma água, e ainda fazia a águia ciscar para complementar a alimentação.

Resultado? A águia passou a se portar como se fosse uma galinha.

Certo dia, um vizinho viu a águia ciscando no chão, e foi falar pro amigo: “isto não é uma galinha, é uma águia!

O Camponês falou: “agora ela não é mais uma águia, agora ela é uma galinha!

O vizinho não se deu por satisfeito, “Não, uma águia é sempre uma águia! Vamos ver uma coisa…” e levou-a para cima da casa do camponês. Chegando lá, levantou os braços e, tentando estimular a águia para voar, disse “Voa, você é uma águia, voa!” … mas a águia não voou.

E o camponês então disse: “Eu não falei que ela agora era uma galinha?

No dia seguinte, logo de manhã, eles subiram até o alto de uma montanha.

O vizinho levantou a águia e estimulou o animal: Desperte para sua natureza e voe como águia…

A águia não estava entendendo bem aquela história mas foi ficando maravilhada com a beleza das coisas que nunca tinha visto, ficou um pouco confusa no inicio, sem entender o porquê tinha ficado tanto tempo alienada, vivendo como uma galinha.

Mentalidade de águia!

Acredite: todos nós podemos voar mais alto.

Tenho novidades: assine meu novo canal no Youtube. Você pode ver, em vídeo, todo conteúdo do podcast muitas outras coisas! Assine o canal e ative as notificações!

BóraVoar?

Diego Maia é considerado um dos maiores influenciadores de vendas do Brasil segundo o ranking do Agendor CRM. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! Solicite uma cotação clicando aqui!

Profissões em extinção: conheça as carreiras ameaçadas.

Qual foi a última vez que você foi a um shopping e, ao procurar um guichê para pagar o estacionamento, só encontrou uma máquina, e não mais aquela tia ou aquele tio que ficavam ali recebendo pagamento e validando o ticket?

Muitas profissões já foram extintas e a maioria de nós não reparou. Eu estou falando de cobradores de ônibus, ascensoristas, balconista de videolocadoras…

Outros estão em processo de extinção, como os operadores de caixa de supermercado, caixas de banco…

Mas e quanto a serviços mais especializados, profissionais, em áreas que exigem alguma formação prévia?

Eu vou te apresentar as 3 profissões que serão extintas pela tecnologia!

1 – Profissionais da área de contabilidade

Há uma estimativa que entre 2041 e 2056, haverá a substituição dos profissionais da área de contabilidade por softwares inteligentes que executarão as tarefas contábeis sem qualquer intervenção humana. Até mesmo em países altamente complexos como o nosso… 

2. Agentes de viagens

Além de diversas companhias online fornecerem planos de viagens para turistas que desejam planejar suas férias sozinhos, a internet se tornou um ambiente colaborativo para que internautas compartilhem suas experiências e deem dicas.

3 – Atividades de secretariado

Com a internet, a extinção das secretárias de escritórios – na forma como a gente conhece – está prevista para acontecer entre 2053 e 2072, já que estes serviços poderão ser feitos por meio serviços digitais.

Eu imagino um monte de robôs fazendo estas tarefas. E você?  

Me conta agora, no meu Instagram

Leia também: WebSummit – A tecnologia que vai mudar a sua vida!

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Como lidar com pessoas que querem te prejudicar no trabalho

Eu viajo bastante por conta das palestras que ministro em convenções de vendas, em treinamentos corporativos…

No interior de Goiás conheci o Seu João, típico contador de histórias, legítimo caipira.

Seu João compartilhou comigo a história de uma mulher que tinha uma cobra de estimação que amava muito: era um bicho com quase 3 metros de comprimento. 

Um dia o animal simplesmente parou de se alimentar.

Após várias semanas tentando tudo o que podia para fazer a cobra comer, a mulher a levou ao veterinário. O veterinário perguntou assim:

“Quando você dorme com ela em sua cama, na manhã seguinte, como ela está ‘deitada’?”

A mulher respondeu : “Geralmente está esticada ao meu lado, outras vezes sobre mim, e outras na cabeceira aos pés da cama…”

O veterinário, preocupado, pediu para ela deixar a cobra no consultório pois a mulher corria um grande perigo.

Essa cobra não está mais comendo por um motivo simples: ela está se poupando, se preparando para dar o bote em você. Quando está na cama, esticada ao seu lado, não está fazendo nada menos do que medir o seu tamanho, para ver se já é capaz de te engolir.”

O seu João me garante que o causo é verdadeiro e, claro, tem um certo apelo para as relações conjugais.

Mas, infelizmente, nas empresas tem muita gente desse tipo: até ajuda, que até contribui, mas o que quer mesmo, é dar o bote na gente.

Você conhece alguém assim?

O melhor antídoto é não se envolver e manter algum tipo de distância saudável. 

É relativamente simples identificar cobras: elas invejam e manipulam mais do que o habitual.

Não crie cobras!

Tenho novidades: assine meu novo canal no Youtube. Você pode ver, em vídeo, todo conteúdo do podcast muitas outras coisas! Assine o canal e ative as notificações!

BóraVoar?

Diego Maia é considerado um dos maiores influenciadores de vendas do Brasil segundo o ranking do Agendor CRM. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! Solicite uma cotação clicando aqui!

Aqui sempre foi assim…

Eu estou super acostumado com a reação das pessoas, quando numa palestra por exemplo, eu mostro uma ideia que mexe muito o status atual das coisas.

Tem gente que quando vê essas minhas ideias diferentes, a primeira reação delas é me considerar um lunático.

Na verdade, o fato é que a maioria das pessoas tem dificuldade de questionar, de pensar fora da caixa, de sempre buscar novas formas para fazer as antigas coisas.

Isto me lembra muito a história do experimento dos cinco macacos:

Um grupo de cientistas colocou cinco macaquinhos numa jaula. Dentro dela tinha uma escada com um cacho de bananas.

Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros batiam nele, não queriam receber mais água gelada na cara.

 Passado mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.

Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos.

A primeira coisa que ele fez foi subir a escada.

Os outros, rapidamente, retiraram ele de lá e deram a maior surra.

Adivinha: depois da pancadaria, o novato não mais subia a escada.

Um segundo foi substituído, e a mesma coisa aconteceu. E tem um detalhe: o primeiro substituto participou, com entusiasmo, da surra ao novato. Um terceiro foi trocado, e aquela cena foi se repetindo.

Quando, finalmente, o último dos veteranos foi substituído, os cientistas ficaram, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse chegar às bananas.

Se fosse possível perguntar a algum deles porque batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: “não sei! As coisas sempre foram assim por aqui”.

Tenho novidades: assine meu novo canal no Youtube. Você pode ver, em vídeo, tudo que falo no podcast muitas outras coisas! Assine o canal e ative as notificações!

Venha se conectar comigo! Me siga nas minhas redes sociais: InstagramFacebook e também no Linkedin

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Loggi: bem vinda a selva!

Se você é um ser humano vivo, tem percebido que a cada dia surge um aplicativo com o objetivo de facilitar a nossa vida.

O movimento começou com o Uber, depois 99 Taxis, no campo da alimentação temos a Rappi, o iFood… existe uma que não é tão popular, mas é grande e é uma promessa muito forte: é a Loggi. Eles conectam qualquer pessoa física ou jurídica que precisam entregar um documento ou um produto através de motoboys.

O negócio parece ser tão promissor que faz a start up integrar o seleto time das  “Unicórnios Brasileiras”, sugestivo nome que identifica as start ups  com valor de mercado acima de 1 bilhão de dólares.

Pois bem…

Semana passada, a Justiça do Trabalho de São Paulo reconheceu em primeira instância a existência de vínculo empregatício entre a Loggi e os entregadores. Além do reconhecimento de vínculo, a sentença da 8ª vara do trabalho, determina que a empresa regularize normas de saúde, de segurança e ainda controle a jornada de trabalho dos motofretistas cadastrados na plataforma.

Cabe recurso, certamente vão recorrer.

Mas o fato é emblemático: imagine você o tsunami que aconteceria se todas as empresas de aplicativos fossem condenadas a reconhecer o vínculo com os seus autônomos?

Eu conheço gente que se dedica integralmente a estas atividades, mas muitos utilizam de forma autônoma mesmo. Como uma espécie de complemento de renda, já que a taxa de desemprego ainda é muito cruel por aqui.

No campo do empreendedorismo: perceba o quanto isso causa medo, afugenta o capital de quem investe e acaba dificultando a geração de empregos.

Brasil, meu Brasil…

Ah! O título “Loggi: welcome to the jungle” (“Loggi: bem vindo a selva”) foi cunhado pelo querido Marcello Marinho, Diretor da RioQuality em uma conversa lá no meu Linkedin.

Venha se conectar comigo! Me siga nas minhas redes sociais: InstagramFacebook e também no Linkedin

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Nossas suspeitas nos condenam

A coluna de hoje vem inspirada num velho conto do folclore alemão.

Diz a lenda que um homem, ao acordar, reparou que seu machado tinha sumido. Ele ficou furioso e a primeira coisa que passou pela cabeça dele foi: “meu vizinho me roubou“.

Ele tinha tanta certeza disso que passou o dia inteiro observando, a espreita, os passos do tal vizinho.

Viu que tinha jeito de ladrão, andava como ladrão, sussurrava como um ladrão que deseja esconder seu roubo. Estava tão certo de sua suspeita, que resolveu entrar em casa, trocar de roupa, e ir até a delegacia dar queixa do roubo.

Mas assim que ele entrou no quarto, dá de cara com o tal machado que tinha sumido – sua mulher havia colocado em outro lugar.

Ele ficou desnorteado, em choque: voltou a sair, ficou lá observando de novo o vizinho, e viu que ele, o vizinho, andava, falava e se comportava como qualquer pessoa honesta.

Definitivamente: as nossas neuras e as nossas suspeitas, podem colocar tudo a perder!

Tenho novidades: assine meu novo canal no Youtube. Você pode ver, em vídeo, tudo que falo no podcast muitas outras coisas! Assine o canal e ative as notificações!

BóraVoar?

Diego Maia é considerado um dos maiores influenciadores de vendas do Brasil segundo o ranking do Agendor CRM. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! Solicite uma cotação clicando aqui!