Como utilizar o LinkedIn para ampliar o networking

Como você utiliza seu LinkedIn?

E quais as chances de você conhecer uma pessoa hoje e daqui um, dois ou três meses se lembrar dela, por exemplo?

Vemos e convivemos com tantas pessoas todos os dias, que definitivamente é muito fácil esquecermos uns dos outros. Em outras palavras, você precisa estar onde seu público está e interagir com eles constantemente.

Mas assim é a vida: quem não é visto, não é lembrado e quem não é lembrado fica de fora das oportunidades. O segredo está na interação com as pessoas.

Então interagir é uma prática essencial para você estar sempre na mente das pessoas, sejam potenciais parceiros, potenciais clientes ou pessoas que simplesmente te conhecem.

A ferramenta indispensável para manter relacionamentos comercial é o LinkedIn.

Lá você encontra empresas de todos os tipos, nichos e características diferentes.

A proposta é clara:

  • Turbine seu perfil: o Linkedin funciona como uma espécie de cartão de visitas virtual, mas também é um tipo de currículo permanente disponível na internet.
  • Invista um tempinho e capriche na descrição de suas atividades profissionais.
  • Com o perfil redondo, adicione o máximo de pessoas que puder no seu Linkedin, priorizando profissionais de sua área de atuação.
  • Curta e comente publicações desta sua rede.
  • Compartilhe conteúdos relacionados ao seu trabalho. Esqueça postagens de cunho politico, social e religioso – guarde estes conteúdos la pro seu Facebook pessoal.

Em outras palavras, siga estas ideias, invista um tempo no seu LinkedIn e prepare-se para ver sua rede de relacionamentos decolar!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

WebSummit – Novas formas de contratar e ser contratado

Você consegue imaginar que a tecnologia esta avançando e impactando até a forma de contratar?

Terminou ontem, aqui em Lisboa, o WebSummit, a maior conferência de tecnologia e empreendedorismo do planeta.  

Eu tive o privilégio de participar deste evento representando o Brasil. Fui o único palestrante e o único comentarista de rádio convidado a participar – achei chique isso, gente!.  

Eu descobri tanta coisa e me conectei a tanta gente, mas não vi tudo, nem de perto.  

Eu esbarrei com o Bruno Abdelnur, ele é da empresa brasileira Vagas.Com, o site que auxilia o recrutamento e seleção e que provavelmente você conhece.  

Nessa seara do universo do RH, existem as novidades tecnológicas que vão acelerar o processo seletivo, como o uso cada vez maior dos vídeos nas entrevistas e dos mais diversos testes que apontam o perfil mais adequado para aquela vaga.  

Mas o que está mudando, silenciosamente, é mais conceitual do que ferramental.  

Sob o ponto de vista das empresas: ela continua, sim, escolhendo as pessoas. Mas agora as pessoas também precisam escolher as empresas. Em outras palavras, a empresa precisa vender a ideia de que trabalhar ali é uma boa oportunidade.  

Sob o ponto de vista do profissional, tudo mudou: num processo seletivo, o profissional não deve mais falar do passado, mas sim, do futuro. Falar do que pretende fazer amanhã é muito mais relevante do que falar de como foi o seu passado, que deve estar ali no nosso discurso somente para calibrar como você se desenvolveu.  

Uma coisa ficou muito clara neste meu café com o Bruno do Vagas.com: a tecnologia vai ajudar muitíssimo a assertividade das contratações. Vai reduzir os achismos. Mas o olho no olho, este jamais poderá ser substituído.  

Estou postando um monte de coisas sobre o WebSummit, então me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!