Seja o protagonista de sua vida

Volta e meia escuto frases que considero bizarras. São frases deste tipo:

  • “Não cresci na vida porque meus pais não pagaram meus estudos”;
  • “não tive sorte de arrumar um bom emprego numa empresa legal”;
  • “bem que eu devia ter casado com fulano de tal”;
  • e ainda: “meu chefe não me reconhece”, “meu chefe não me motiva”…

Quem pensa dessa forma, na verdade está terceirizando seus fracassos para outras pessoas, quando na verdade, o nosso resultado depende única e exclusivamente da gente. 

É claro que existem pessoas com algum privilégio, é claro que quem estuda em colégios e faculdades de ponta tem mais chances, é claro que começar uma empresa com recursos é muito melhor do que começar zerado….

É claro também que existem os fatores externos e alheiros a nossa própria vontade.

Mas o que define a vida são as escolhas, não as oportunidades. Conquistar uma carreira bem-sucedida e a vida que você sempre sonhou, depende exclusivamente de uma pessoa: você.

O que você está fazendo neste exato momento em prol de seus sonhos e objetivos?

Será que você não está se auto-sabotando com crenças limitantes e pensamentos desfavoráveis?

Será que você não está colocando demais a culpa dos outros?

Leve esta frase sempre com você, pois ela mudou minha vida: sua ALTITUDE depende de suas ATIDUDES e você pode tomar uma atitude agora!

Por exemplo: você precisa de auxílio para impulsionar suas vendas? Então conheça o VENDAS DE ALTO IMPACTO!

Todos os detalhes do treinamento “Vendas de Alto Impacto”, que é destinado a empresários, profissionais liberais, representantes comerciais e todo mundo que precisa melhorar resultados de vendas estão aqui.

Aproveite e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!

O Show Da Poderosa Anitta

Não importa seu estilo musical favorito porque eu sei que você conhece ou ao menos já ouviu falar nessa funkeira. 

Há pouco tempo, Anitta se apresentava como Mc Larissa nos bailes funk das favelas cariocas.  Atualmente, coleciona números que não a deixam por baixo de nenhuma celebridade norte-americana. 

A cantora é a brasileira mais seguida do Instagram, é umas das mais ouvidas do Spotify e seus videoclipes, por exemplo, beiram a casa dos bilhões de visualizações 

Tudo isso saindo do anonimato e assumindo a gestão de sua própria carreira. Sim, Anitta é sua própria empresária. Logo, é possível afirmar que os elementos decisivos para o impulsionamento de sua carreira são:

  • Seu talento musical
  • Seu potencial empreendedor
  • Sua visão de marketing
  • Seu agressivo tino comercial

Não tem jeito: quem sabe vender chega na frente. 

estrategia utilizada pela empreendedora e vendedora Anitta certamente é um mix de  POSICIONAMENTO, VISIBILIDADE, PREÇO BAIXO E MASSIFICAÇÃO. 

Anitta veio do funk mas é VERSÁTIL. Canta de tudo e em qualquer lugar: em festivais, em boates e trios elétricos. Tem uma versão de shows para adultos e outra para crianças.

Seu cachê é 80% menor que Weslley Safadão e Ivete Sangalo porque sua estratégia de shows é pautada em volume e com isso, realiza uma média de 20 apresentações por mês, ampliando o número de admiradores. 

Então se você, assim como a Anitta quer desenvolver suas habilidades comerciais, me acompanhe no Instagram, no Facebook e também no Spotify.

Portanto, eu posso te ajudar a ser um vendedor acima da média, mesmo não trabalhando com vendas diretamente. Lembre sempre que todos somos vendedores, em maior ou menor intensidade.

#BoraVoar

Tá na hora de Pivotar!

Principalmente nessa semana, falei das transformações tecnológicas que passamos ao longo dos últimos 20 anos, e citei a musica “Pela Internet”, do Gilberto Gil que em 1997 já cantava sobre  web-sites e homepages. 

Mas é curiosíssimo pensar que muito antes, o mestre DONGA, gravou o que seria conhecido como primeiro samba da história, e falava da tecnologia mais moderna daquele ano de 1916. O nome desse clássico samba é “Pelo Telefone”.

Pense bem, em 1916 era O TELEFONE a tecnologia mais moderna. Hoje nem sabemos dizer qual é. 

Eu tenho recomendado as empresas que me contratam para palestras e treinamentos, que ESTÁ NA HORA DE PIVOTAR!

Esse verbo, pivotar, é uma referência aportuguesada do verbo, em inglês, to pivot, que significa girar. Para ficar mais claro: quem pivota está, em outras palavras, mudando estruturalmente um negócio, uma equipe, um setor. Mas não é uma alteração pequena e apenas alguns ajustes, é uma verdadeira revolução, um giro.

Esta necessidade não existe por um modismo não. O caso é sério: se você e sua empresa continuarem fazendo a mesma coisa, da mesma forma, com o mesmo método e o mesmo estilo, mais cedo ou mais tarde vai chegar alguém com um ideia melhor, com uma proposta mais bonita, com um preço mais baixo e totalmente alinhado ao novo consumidor. E ai, PERDEU! Ele leva seu cliente e você por mais fiel que ele seja. 

Vai por mim, está na hora de PIVOTAR a sua empresa, a sua carreira ou a sua equipe. 

Me adicione no Instagram, no Facebook e agora também no Spotify

#BóraVoar

Criar Meu Website, Fazer Minha Home Page

Há mais de 20 anos, Gilberto Gil cantava esta canção, chamando  nossa atenção para a transformação tecnológica que estamos experimentando.   

As propostas mudaram e tais conceitos ficaram obsoletos, assim como diversos aplicativos, aparelhos e métodos de trabalho ficaram obsoletos. 

Infelizmente, ainda existem empresas e profissionais liberais com relevância no seu segmento que nem website ou homepage usam direito, por exemplo. Passam o pano. 

Máquinas de escrever foram substituídas por computadores pessoais, mas os tablets e os smartphones já dominam a cena. Em média, utilizamos muito mais que o computador pessoal, desktop ou notebook. 

Com certeza tem gente que me ouve aqui que, no passado, fez o revolucionário curso de datilografia. Lembram que a onda era descobrir quem fazia mais toques por minuto?

Todas as indústrias, carreiras e empresas foram, estão ou serão incrivelmente chacoalhadas pelas novidades tecnológicas. 

ATENÇÃO: Quem não sabe ou não quer surfar esta incrível onda gigante são como o mico leão dourado: estão em processo de extinção.

Minha proposta de hoje é fazer você refletir sobre o seguinte: 

  • Qual é a principal transformação que o ramo que você atua está passando? 
  • Como isto afeta sua carreira? Como isto afeta seu negócio? 
  • Dentre a infinidade de possibilidades, qual item, serviço ou ação você precisa fazer agora para não ficar para trás?

Portanto, decida-se por um e faça.  

Acima de tudo, a revolução tecnológica, está ai e você pode escolher surfar ou morrer. A decisão é sua. 

Me adicione no Instagram, no Facebook e agora também no Spotify.

#BóraVoar! 

Como reduzir o stress e aumentar a produtividade?

Nós temos uma forte tendência, quando estamos vivendo num nível alto de stress no trabalho, de achar tudo muito estressante, até os pequenos acontecimentos da vida. Tudo nos irrita, tudo nos chateia. 

Esta é uma resposta emocional pra situação, e você pode corrigir o rumo amplificando aquilo que te traz bem estar.

Pode ser o casamento, filhos, amigos, atividades esportivas ou compromissos religiosos. Ou seja, tudo que trás conforto – mesmo quando esta diante de uma pressão muito forte.  A sacada de hoje é reduzir o número de coisas que você faz e causam stress.

O que fazer?

1 – Balanceie a pressão lembrando de todas as boas coisas que você tem em sua vida. 

2 – No final do meu pior dia no trabalho, eu vou para casa e meus filhos estão lá: saudáveis, me amando, curtindo.

3 – Pode ser que “contabilizar as coisas boas” seja a última coisa que você quer ouvir num momento de pressão, mas na verdade é um conselho brilhante. 

4 – Não é uma chamada para fingir que está tudo bem, que tudo é incrível. É, na verdade, um apelo para equilibramos a nossa tendência se concentrar no negativo.

5 – Quando mudamos o prisma, a vida suaviza. Um bom caminho para reduzir o stress e amplificar a nossa produtividade é se esforçar para perceber a mesma situação por um ângulo diferente.

E você, tem alguma dica para reduzir o stress e aumentar a produtividade? Compartilha com a gente!

Aproveite e me adicione no Facebook e no Instagram.

Como conquistar seus objetivos?

Na minha jornada como palestrante, tenho o privilégio de viajar o Brasil inteiro. Já ministrei palestras também em alguns países da América Latina e em Portugal. E por todo lugar que passo, constato cada vez mais a eficácia de uma de minhas teorias:  “tem gente que passa metade da vida dizendo o que vai realizar e a outra metade explicando o porquê não realizou”. Isso lhe parece familiar?

A prática de deixar para amanhã aquilo que podemos e devemos fazer hoje sempre foi um bicho-papão para mim. As desculpas que a gente mesmo cria para postergar decisões e planos são fortes.

Uma das receitas perfeitas para termos uma vida completamente sem graça é seguir o conselho da música do Zeca Pagodinho: “Deixa a vida me levar, vida leva eu”…

Ter metas claras é o passo determinante para a nossa motivação e para atingirmos o tão desejado sucesso profissional, independente do cargo que você ocupa, independente da profissão que você exerce.

Para um momento e responda:

– Onde você quer chegar?

Com o destino em mente, pense e responda:

– O que você precisa fazer para chegar neste destino?

Sem metas claras e sem estratégia, é como se estivéssemos em um barco à deriva, contando com a sorte e esperando por qualquer destino que pode aparecer na nossa frente.

Tire um tempinho para escrever suas metas e o seu plano.

Leia também: A maldita zona de conforto

Pense nisso e me adicione no Facebook e no LinkedIn.

Mentiu na entrevista e se deu mal

Quem me escreveu foi o Cleber. Ele está numa encrenca daquelas…

Na mensagem, diz que acabou de mudar de empresa e no processo de seleção, teve que “vender suas qualidades”. Até aí, normal. 

Leia também: Procurando emprego? Confira estas dicas!

O problema é que no currículo e na entrevista ele disse ter inglês básico assim como todo mundo. Mas não tem.

Agora, depois de uma semana nesse novo emprego, o assunto veio à tona, pois a empresa precisa atender um chamado internacional.

Leia também: Por que algumas pessoas são mais bem-sucedidas do que outras? 

Ele me pergunta:O que eu faço? Além de não saber nada, eu não gosto do inglês. Sempre tive enorme dificuldade para aprender. Que dica você me dá, Diego?” 

Veja você, a cilada que o Cleber se meteu. Ele fez como a maioria das pessoas. Quase todo mundo coloca no currículo que possui inglês e espanhol básicos, assim como Word, Excel, Power Point e até Access. Quem nunca?

A questão é que precisamos entender que isso é uma mentira, e talvez, um dos grandes causadores de rotatividade no período de experiência.

Mentir no currículo, por mais que seja uma mentirinha aparentemente boba, não é recomendado.

Portanto, se você não tem inglês, não coloque que tem. O mesmo vale para informática e para outras questões.

Quanto ao caso do Cleber, agora é a hora de falar a verdade e o quanto antes, mesmo que isso represente a perda do emprego que suou para conseguir. Minha sugestão é ser honesto com a empresa, com você mesmo, e no fim das contas, com o cliente que a empresa precisa atender nesse chamado internacional.

Pense nisso e me adicione no Facebook clicando aqui.

 

Faça de hoje um marco positivo na sua história

Quantas vezes você disse a si mesmo que precisa melhorar algo em sua vida, mas acabou não fazendo nada?

Leia também: As crenças limitadoras

Quantas vezes você se viu insatisfeito com seu trabalho, prometeu alterar alguma coisa,  mas não seguiu adiante com sua decisão?

Acontece nas melhores famílias: o desejo de fazer melhorias não dura muito tempo, e o entusiasmo com aquela ideia rapidamente diminui ao ponto de cair no esquecimento.

Leia também: Seja o protagonista de sua vida

Fico me perguntando o que de fato impede as pessoas a colocar em prática as decisões de melhoria de suas vidas. Seria falta de entusiasmo, tempo, motivação, desejo, determinação, disciplina? Ou tudo isso junto?

Empreender as mudanças  que você tanto almeja é possível, mas você tem que fazer um plano, seguir certas estratégias e técnicas, e fazer algumas mudanças internas em seu ponto de vista e a maneira de seu pensamento.

Para resumir, siga estes três passos:

  1. Decida o que você quer melhorar. Seja específico. Sente-se onde você pode estar sozinho e tranqüilo, e escrever uma lista de objetivos. Em seguida, analise o que você escreveu para descobrir se você realmente deseja alcançar os itens da sua lista. Você provavelmente vai descobrir que você realmente não quer conseguir alguns deles. Então, corte o supérfluo.
  2. Em seguida, em outro papel, transcreva os itens deixados em sua lista, os que você realmente deseja alcançar. Anote-os na ordem de sua importância.
  3. Pense em um plano, como você pode torná-los realidade. Seja o mais prático possível, usando o bom senso, intuição, imaginação e criatividade.

A partir daí, tenha a atitude de sair da zona de conforto e colocar em prática. Vale tudo! Só não vale postergar os planos.

Faça de hoje um marco positivo na sua história. O marco da decisão de mudar e de melhorar. Seu futuro agradece. 

Conte o que achou no Facebook!

‘Quero trabalhar em empresa grande’

Hoje quem me escreve é o Tiago. Ele diz:

“Escrevo esse e-mail para pedir sua opinião referente a trabalho.

Atualmente trabalho numa empresa que não me sinto contente por N motivos. Os principais são: atraso de pagamentos (eles volta e meia atrasam salários e até as despesas de  passagem e alimentação), não ter um plano de carreira, Diretor que mais a atrapalha do que ajuda e baixo salário.

 Tenho enviado currículos mas até o momento as vagas que me retornaram são para empresas pequenas como a que trabalho e com salários abaixo ou no mesmo piso que ganho. Não tenho uma boa formação acadêmica, mas tenho uma boa experiência em administração e informática, mas preciso de um emprego que eu possa crescer e não estagnar. Tenho metas e desejo conquista-las.

Me ajude a ver as possibilidades que tenho e não estou conseguindo enxergar”. 

Tiago, primeiro: funcionário bom não trabalha em empresa ruim ou com gestor ruim. Pelo menos não por muito tempo. Empresa que faz do atraso de pagamentos um costume são problemáticas. Se isso for realmente rotineiro, saia correndo!

Segundo: muita gente tem o sonho de trabalhar numa grande companhia. Mas trabalhar em uma pequena empresa tem muitos pontos positivos. Dá para crescer junto com ela e, principalmente ,dá para aprender sobre diversos setores e cargos, proporcionando uma verdadeira visão panorâmica sobre diversos assuntos e negócios.

Busque oportunidades em empresas em ascensão visível e que tenha a pretensão de crescer com as pessoas. Dá para identificar indícios destas práticas nas entrevistas ou na internet.

Foque vagas com salários que permitam a manutenção de seus custos e que ofereçam possibilidades de ganhar mais por produtividade ou campanhas de incentivo.

Por fim: mesmo ganhando pouco e trabalhando em uma empresa deficitária, dê o melhor de si. Como sempre digo, jogador de time de terceira divisão não joga mal só porque ganha pouco… pelo contrário! É aí que ele dá o melhor de si para ser visto.

Boa sorte!

Um abraço do Diego Maia

Me adicione no Facebook e Instagram!

Como fazer sua startup decolar?

Recebi um e-mail de uma ouvinte que está abrindo uma marca de roupas. Ela conta que o produto tem um grande potencial, mas ela não tem muito dinheiro para investir e pergunta o que fazer para sua startup crescer.

Olha, a melhor coisa a se fazer quando você precisa economizar é bancar o “faz tudo”. Você vai precisar saber de tudo um pouco e estar disposta a aprender funções que você não domina.

Um dos principais trabalhos que você vai precisar fazer é o gerenciamento das suas redes sociais. Monte uma página no Facebook e no Instagram para divulgar sua empresa e comece a criar conteúdo interessante para seus clientes. Por exemplo, se as estampas das camisas são com temas de filmes, você pode pesquisar e fazer posts divertidos contando um pouco da história desses filmes.

Outra tarefa é vender seus produtos e negociar com os clientes. Na hora da venda, é muito comum que o cliente vá logo pedindo um desconto. Neste caso, mesmo em negoiações simples, coloque em pratica a técnica soberana que ensino nos meus cursos de negociação: ao invés de apenas “DAR”, “TROQUE”. Levando mais uma peça, te dou X por cento de desconto.

Todos nós, quando somos clientes, precisamos ter a sensação de que estamos “ganhando” as negociações. Por isso, nunca dê sua melhor condição logo de cara.

Você está abrindo um negócio e tem dúvidas? Me adicione e escreva lá no meu Facebook e no meu LinkedIn!