Desburocratizar é a solução!

Primeiramente vou te mostrar a solução para sua empresa vender mais imediatamente. Você tá pronto?

Fazer negócios com qualquer pessoa, com qualquer empresa precisa ser agradável, precisa ser divertido. Em outras palavras, burocratizar é a solução para o total fracasso.

  • Pedir um monte de documentos e comprovações, afasta o cliente de você. Por exemplo, pense na comodidade, na facilidade e pratique! Já tem banco que faz empréstimo só pelo aplicativo. Já tem imobiliária que aluga imóvel sem ter que receber toda aquela papelada…
  • Se o cliente está com um problema em relação ao produto ou serviço que você vendeu, não lave as mãos, mesmo quando você não sabe ou não pode resolver.
  • Nada de desligar o telefone quando ele ligar para pedir algum auxílio. Ao fazer isso, você coloca a perder tudo que vimos até aqui.
  • Precisa ser fácil falar com você depois da venda;
  • Precisa ser fácil falar com sua empresa em caso de divergências ou dúvidas;

A sua empresa não é dona da verdade. Possivelmente possui regras e processos, mas o mundo está girando em torno da flexibilidade e não das exigências;

Em outras palavras, relacionar-se com uma empresa altamente burocrática faz com que qualquer cliente desanime e pense duas vezes na hora de pegar o telefone para comprar algo com você.

Portanto, reflita sobre isso e responda: o que você pode fazer hoje para facilitar a vida do seu cliente?

Me adicione no FacebookInstagram e Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! 
Solicite uma cotação clicando aqui!

O nó da tributação!

Primeiramente te pergunto: você tá gostando dessas participações mega especiais no nosso programa?

Finalizo hoje essa entrevista enriquecedora com o Marco Aurelio Medeiros, o grande empresário sócio da MSA Advogados e Diretor da Múltipla Consultoria.

O Marco fala a verdade nua e crua sobre esse nó tributário que os brasileiros vivem atualmente. Em outras palavras, ele fecha sua participação com chave de ouro, apontando meios legais para sua empresa resolver todas as questões tributárias sem dor de cabeça!

Portanto, ouça agora mesmo esse conteúdo especial e, para conferir mais, me adicione no FacebookInstagram e Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do país. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! Solicite uma cotação clicando aqui!

Ela largou a carreira para se dedicar ao social!

Primeiramente: Você conhece a ONG Gamboa Ação?
Hoje eu vou compartilhar com você um case muito interessante de empreendedorismo social!

Quem esteve comigo no #CDPV2019, o meu seminário que reuniu quase 1000 pessoas no Rio de Janeiro, conheceu a Gabriela Caiuby.


Gabriela Caiuby fala para o grande público do #CDPV2019 sobre a ONG Gamboa Ação!

Gabriela queria ser diplomata e trabalhar na Comissão de Desastres da ONU, até que, caminhando ali na Praça da Harmonia, região portuária do Rio, foi abordada por duas meninas muito magrinhas e sujas, de 7 e 9 anos. As meninas disseram que estavam com fome e pediram um lanche. Gabriela pagou e começaram a conversar. A mãe de uma estava presa, e o pai havia sumido. A mãe da outra era dependente. A situação das meninas era realmente triste, tanto que, por exemplo, elas nem estudavam.

Gabriela prometeu voltar no domingo seguinte. As meninas vieram com os irmãos. Gabriela continuou indo e cada vez vinham mais crianças e adolescentes, a maioria analfabeta. Gabriela foi atrás dos pais para que inscrevessem os filhos na escola, mesmo correndo riscos. Ou seja, teve que ir à cracolândia, a prostíbulos, à boca de fumo.

O negócio ficou grande. Em outras palavras, cada vez surgiam mais e mais crianças, foi aí que Gabriela, com o apoio de alguns voluntários e empresas, resolveu abandonar sua carreira e então fundar a ONG Gamboa Ação!

Confira só essa entrevista da Gabriela Caiuby concedida ao jornalista Mauro Ventura para o Jornal O GLOBO.

Em conclusão, hoje ela se dedica exclusivamente a mais ou menos 60 crianças em estado de extrema vulnerabilidade e ao invés de dar o peixe, Gabriela ensina a pescar.
Portanto decidi que 100% dos direitos autorais do meu novo livro, o “7 Princípios da Venda”, serão inteiramente doados para esta ONG (vendas até 31/7/2019).

ADQUIRA MEU NOVO LIVRO AGORA!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! 
Solicite uma cotação clicando aqui!

3 formas de motivar colaboradores

Primeiramente prepare-se: Hoje eu vou compartilhar três formas de motivar e engajar seus funcionários com pouco ou nenhum dinheiro!

1 – Festeje o aniversário dos colaboradores.

Compre um bolo, refrigerante, bexigas e faça algum post nas redes sociais da empresa com fotinho da pessoa. Todo mundo gosta de se sentir valorizado, de se sentir lembrado. Ah, sem essa de aniversariante do mês, beleza? Comemorar dia 30 o aniversariante do dia 10 é prático, mas não é tão motivador assim…

2 – Negocie e viabilize descontos reais em cursos de idiomas e em faculdades.

Incentive o time a progredir na vida através da educação, pagando menos no curso de inglês, por exemplo, que pode ou não ser subsidiado pela empresa.

3 – Implemente formas do time se sentir amparado nos momentos que mais precisa.

O segredo é a trinca: assistência médica, assistência odontológica e seguro de vida. Os três são importantes mas o seguro de vida é mais viável economicamente falando, e demonstra a preocupação da empresa caso algum imprevisto aconteça com o  colaborador.

Eu fiz o seguro de vida do meu pessoal na seguradora Capemisa porque ela apresentou um excelente custo X benefício.

Está na essência do engajamento esse sentimento de pertença e o foco passa a ser exatamente este: motivar seu colaborador, fazê-lo se sentir parte de um grupo e não apenas uma peça que pode ser substituída a qualquer momento.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas e garanta uma palestra inspiradora! 
Solicite uma cotação clicando aqui!

Reinvenção ou morte!

Hoje vamos falar sobre REINVENÇÃO!

Primeiro porque se você me acompanha há algum tempo, deve estar reparando que estou numa nova fase no meu espaço na rádio (escute a nova temporada do programa de Diego Maia na Antena 1 aqui).

Segundo, porque a velocidade com que o mundo está se movimentando só aumenta! Se a gente não se antecipar as mudanças, mais dia, menos dia, seremos engolidos por ela.

Eu cresci ouvindo que na vida, só temos uma única certeza, que é a morte. Hoje estou certo que temos no mínimo duas: essa que citei e a certeza de que as empresas e pessoas precisam se reinventar constantemente.

Reinventar-se é o mesmo que se transformar, sair da zona de conforto e sair da rotina. No dicionário é recriar algo a partir do que já existe , transformar a si,  ou algo.

Muitos segmentos estão sendo transformados inteiramente e, nos próximos 4 o 5 anos, serão diferentes mas de uma forma que nem conseguimos imaginar!

Engana-se quem  eu não estou, essencialmente, falando de tecnogogia. Em outras palavras, estou falando de posicionamento, de buscar uma forma diferente de chegar ao seu cliente ou de rentabilizar o seu negócio.

Vou te dar alguns exemplos:

O Banco 24horas, aquele caixa eletrônico vermelhinho, está inovando e transformando seu negócio. Agora, é também um veículo publicitário, por ter instalado monitores de LED no topo de suas máquinas para transmitir propaganda.

A empresa imobiliária Quinto Andar rompeu totalmente a forma antiga e por vezes até arcaica de alugar imóveis. Em outras palavras, praticou a reinvenção pois não precisa fiador, seguro fiança e nem mandar um monte de documentos. O contrato é assinado de forma digital.

A rede de depilação Pello Menos lançou, olha isso, o plano de assinatura de depilação: com um valor mensal e um grande desconto. Blindou sua clientela e trouxe receita recorrente.

Finalizando os exemplos falo da MedLevensohn. A empresa fez o mesmo ao lançar seu plano de assinatura de tiras de glicose. Por exemplo, o diabético não precisa mais ir a farmácia para comprar tiras: recebe em casa e com desconto.

Portanto te pergunto: Na sua carreira, na sua empresa, vai ficar tudo como antes ou VAI EVOLUIR?

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! 
Solicite uma cotação clicando aqui!

Por que algumas pessoas são mais bem-sucedidas?

Você saberia responder por que algumas pessoas são mais bem-sucedidas do que outras?

Deixando de lado o quesito “sorte”, há realmente apenas duas explicações para o sucesso: talento e esforço. 

  • Talento diz respeito às capacidades, habilidades e conhecimentos que determinam o que uma pessoa pode fazer. 
  • Esforço diz respeito ao grau de intensidade em que a pessoa se dedica aos seus projetos e metas.

O trabalho duro ajuda as pessoas a compensar níveis mais baixos de talento, mas elas precisam estar cientes de suas limitações. 

Eu sempre prefiro contratar uma pessoa absolutamente determinada a atingir seus objetivos do que aquela que possui uma boa formação e um currículo bonito, por exemplo.

Depois que falei isto em uma convenção de gerentes e líderes de uma rede de varejo, um profissional me perguntou: “Mas Diego, então empresas devem parar de buscar talentos bem formados?“.

“Não é bem assim”, respondi. Considere o seguinte:

Algumas pessoas talentosas podem fazer uma enorme diferença na vida das empresas.   Em qualquer empresa, elas fazem uma contribuição desproporcional para o resultado final. Também aqui encontramos novamente a Lei de PARETO aplicada, pode conferir. Cerca de 20% dos profissionais são responsáveis por 80% dos resultados. Neste grupo de 20% encontramos tanto os talentosos quanto os esforçados. 

Os problemas começam a surgir quando o talento é superestimado pelos superiores e quando os 80% não produtivos conseguem fazer um peso maior na atmosfera de produtividade da empresa frente aos efetivamente produtivos. Mas estes são assuntos para outro comentário.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Desbloqueie sua criatividade

Você já se sentiu bloqueado e sem criatividade? Já se sentiu como se você não pudesse resolver até mesmo um problema simples?

Há alguns obstáculos ao pensamento criativo que podem estar te impedindo. A sacada de hoje é mostrar a você como desbloquear suas habilidades! 

  • O primeiro obstáculo ao pensamento criativo é a…

FALTA DE DIREÇÃO

Isto pode estar representado pela falta de metas e objetivos claros. Como diz o ditado, para quem não sabe onde quer chegar, qualquer vento nos leva a qualquer lugar.

É incrível, parece até mágica. Quando seus planos se  tornam absolutamente claros (e por escrito) sobre o que você quer, certamente sua criatividade vem a tona. 

Você imediatamente começar a brilhar com ideias e insights, por exemplo, que ajudam a avançar e melhorar suas habilidades criativas.

  • O segundo obstáculo ao pensamento criativo é o…

Medo do fracasso ou da perda daquilo que você já conquistou.

É o medo de estar errado, de cometer um erro, de perder dinheiro ou tempo. Quando isso acontece, não é a experiência do fracasso que o impede. Provavelmente você falhou inúmeras vezes na vida, entretanto isso não lhe fez nenhum dano permanente.

É a possibilidade de fracasso, em outras palavras, a antecipação do fracasso que paralisa a ação e se torna a principal razão para a falha e erros na resolução dos problemas.

Portanto, LIBERTE SUA CRIATIVIDADE! 

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Como ampliar uma empresa sem dinheiro

Preocupadíssima com o futuro do negócio e seu dinheiro, hoje quem escreve é a Vera Lucia:

Sou sócia de um laboratório de próteses. Estamos com grandes perspectivas de melhorar a produção e o nível de clientes, porem para isto temos que aumentar nossa equipe de funcionários; uma recepcionista (tipo gerente), mais um ceramista, mas não temos dinheiro para assumir os salários no momento, e para evoluir preciso de mais 2 pessoas pelo menos.

O que devo fazer? Pedir dinheiro emprestado no banco? Ou apostar no futuro e contratar os funcionários? E se o dinheiro não der…”

Vera, ser empreendedor, acima de tudo, pressupõe assumir riscos e aceitar a dor, a terrível dor do crescimento.

São tantas decisões!

O mais importante: riscos precisam ser calculados. Por exemplo: Você já colocou no papel quanto precisa vender a mais para pagar esta ampliação ou está fazendo contas de cabeça, como a maioria?

Pelo que parece, você tem uma empresa emergente. E como toda empresa emergente, o foco deve ser ampliar os clientes e reter as pessoas, além de atraí-las.

Além disso, precisa ter um plano real e factível para gerar novos negócios.

  • Quem são os seus prospects?
  • Quais as barreiras de entrada?
  • O que eles buscam em fornecedores como você?
  • Por que um cliente deve fazer negócios com você e não com a concorrência?

Eu sei que você escreveu querendo respostas e eu deixei várias outras perguntas que precisam ser respondidas antes de qualquer decisão.

Mas se você acredita realmente que tem mercado para o seu negócio e já fez todas as análises, bota fé e vai. É melhor se arrepender do que você fez do que se arrepender das coisas que você não fez.

Portanto, se der errado, encare como aprendizado. Vale mais que muita faculdade ou curso.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Sua prática precisa ser fiel ao seu discurso!

Ninguém gosta de fazer negócios com pessoas que aparentam fracasso; que não são vencedores nem em seu discurso, muito menos em suas atividades.

Por isso é necessário avaliar as eventuais discrepâncias que podem existir na na apresentação de algumas empresas e profissionais, pois elas ao invés de aproximar, afastam os clientes. Quer ver só?

  • Consultório dentário que tem gente na equipe com dentes imperfeitos não conspira para a credibilidade.
  • Personal trainer acima do peso também.
  • Pessoas que vendem curso de inglês mas não falam o idioma ou falam errado, na base do embromation, complica.

Eu poderia passar o dia citando esses exemplos de distorção da realidade comercial, pois são muitos casos. Mas tem mais uns dois ou três que merecem ser compartilhados…

  • Pessoas que trabalham em loja de roupas mas que não usam as roupas da empresa;
  • Coachs financeiros que não possuem patrimônio algum;
  • E pseudo-coachs empresariais que nunca sentiram na pele o peso de um CNPJ…

Minha principal especialidade é treinar gente de venda, times comerciais. Quem me segue a algum tempo sabe que no fundo, no fundo, eu sou um vendedor. Porque participar de um curso ou uma palestra de vendas feitas por alguém que nunca segurou uma pasta é o fim da picada.

O que estou querendo te dizer é: seu discurso precisa condizer com a prática. Quando existe discrepância significativa o negócio fica feio e com cara de amador e fracassado.

Portanto, pense nisso!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

3 armadilhas da produtividade. Livre-se delas IMEDIATAMENTE!

Você conhece as 3 armadilhas da produtividade?

Eu sempre acreditei que o que fazemos nos primeiros minutos do trabalho reflete diretamente na nossa produtividade para as próximas oito horas.  Ou seja, se você chegar atrasado ao escritório ou perder tempo nas redes sociais, a tendência é ter dificuldade em manter o foco o resto do dia e perder tempo com coisas inúteis.

Passeando por sites internacionais especializados nas relações de trabalho confirmei esta minha suspeita.

E selecionei três armadilhas comuns, que vivemos corriqueiramente mas que podem atrapalhar o nosso rendimento.

1º – Chegar atrasado

Um estudo recente, citado no Huffington Post, descobriu que os chefes tendem a ver os funcionários que se atrasam com alguma regularidade como menos responsáveis e conscientes. Para eles, quem não chega cedo não produz e são responsáveis pelos baixos índices de desempenho – mesmo que essas pessoas saiam mais tarde.

2º – Não cumprimentar os colegas de trabalho

Você pode até não estar em um bom dia, mas é sua obrigação dar “oi” ou “bom dia” para as pessoas. Quando não faz isso, sua competência técnica e habilidade profissional são minadas e esquecidas.

3º – Responder a cada e-mail em sua caixa de entrada

Assim que entramos no escritório, a tendência é responder àqueles emails e passar uma boa parte do dia fazendo isso. Os primeiros 10 minutos da jornada de trabalho devem ser gastos na priorização de e-mails. Dessa forma, você pode ver se há alguma coisa urgente e criar um plano para atender o resto mais tarde.

O e-mail é uma ferramenta de trabalho e não o trabalho em si. O problema é que muita gente não sabe disso.

Coloque em prática!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Conheça uma maneira simples de aumentar suas vendas AGORA!

Por conta do meu programa diário na Antena 1, que você pode ouvir as 7:30h e as 17:20h (ou no Spotify quando e onde quiser) eu recebo inúmeras mensagens dos mais diversos assuntos, principalmente sobre aumentar os números nas vendas.

Como minha audiência sabe que minha principal especialidade é treinar times comerciais, recebo muitos pedidos de ajuda. Hoje, vou responder à todos que me perguntam o que fazer para aumentar os resultados comerciais.

Eu tenho um arsenal de técnicas, ferramentas e ideias, mas uma em especial eu preciso compartilhar contigo. É muito simples e possível de adaptar para todo ramo e empresa.

Na verdade é uma maneira super simples de melhorar suas vendas agora mesmo: Se você não sabe motivar, não desmotive.

A estrutura da sua empresa pode ser mais ou menos. O produto pode ser mais ou menos. O salário pode ser mais ou menos e até mesmo os processos podem ser falhos. Mas não desmotive as pessoas!

Jogue junto, cresça junto, construa junto. Se não sabe inspirar e motivar, ao menos trate bem as pessoas que estão aí contigo.

Conviver a maior parte das nossas horas úteis com gente que só sabe reclamar, falar mal dos outros e jogar contra é, certamente, a antítese do sucesso profissional.

Portanto, pense nisso!

Todas as informações estão aqui!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Não é o preço que determina sua venda. É o seu valor!

O mundo mudou, as exigências mudaram, a concorrência está cada vez mais acirrada e muita gente ainda vende (ou continua tentando vender) como antigamente, não entendem sobre VALOR. 

Processos, empresas, produtos e pessoas tem ficado obsoletos cada vez mais rápido. O que funcionava até um minuto atrás não é garantia de que funcionará amanhã. Certamente, a transformação está caminhando num ritmo frenético, quase impossível de acompanhar. 

Mas de tudo fica ao menos uma única certeza:  definitivamente não é o preço que vai determinar se você vende ou se você não vende. O que vai dizer se você cresce ou desaparece é o verdadeiro valor que você e sua empresa proporcionam.

Eu sei que muita gente fala por aí que “você deve gerar valor para o cliente”, “que você deve se diferenciar” e tantas outras coisas do tipo.

Tá okay. Mas como é que se faz isso? Qual o caminho? 

Você que me acompanha sabe que eu não sou o cara que diz “o que fazer”. Em outras palavras, eu sou o cara que mostra “como fazer“, compartilhando caminhos testados, que funcionam. 

Quer vender mais? Participe do treinamento de vendas mais esperado do ano, o “Congresso de Vendas e Motivação – CDPV 2019”, que orgulhosamente apresentarei no dia 5 de junho no Rio de Janeiro. 

Na edição deste ano, eu vou compartilhar contigo um MÉTODO de diferenciação e de blindagem de clientes  totalmente prático, sem teorias arcaicas, em outras palavras, sem todo o esse blá-blá-blá que circula por aí. 

Portanto, o foco é conectar você e sua equipe ao meu mais exclusivo conteúdo de vendas e motivação.

Todas as informações estão aqui!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

“Eu treino meu pessoal e não adianta nada!”

Esses dias, após falar sobre TREINO, um empresário do ramo de auto peças me disse assim:

“Diego, eu já treino meu pessoal – eu mesmo faço isso – e não adianta nada. Todos os anos eles até participam de algumas palestras motivacionais, mas  tudo fica na mesma. Eu sinceramente já estou desencantado com as pessoas. Parecem concordar com tudo que eu falo mas quando peço alguma coisa, elas simplesmente não fazem“.

Bom… eu tive que ir direto ao ponto e sem papas na língua respondi que se ele acha que uma conversa fiada com gritos de guerra, com aquelas comoventes mensagens de auto ajuda e aqueles papos de coachs bastam para sua equipe, talvez o trabalho que treinamento que eu desenvolvo através do CDPV, a minha Escola de Vendas, não seja para ele.

Eu acompanho empresas dos mais variados ramos e segmentos há muitos anos, sempre na missão de desenvolver e amplificar suas vendas, a sua atividade comercial, e posso te assegurar: o treinamento – quando bem aplicado, quando feito de forma estruturada e conectada com o mundo real do dia a dia da empresa, com certeza funciona, com certeza faz aquela pessoa que produz X, produzir 2X.

Isto acontece porque minha proposta é sempre entregar para a minha audiência  um conteúdo focado em resultados!

Você já deve ter observado que o que falo aqui é reflexo do mundo real, nada teórico ou acadêmico. Minha proposta está centrada não no “o que deve ser feito”, mas no “como deve ser feito“.

E ai na sua empresa? Tem treinamento? Ele funciona? Me conta!

Ah, e não esquece: dia 05 de junho tem #CDPV2019, o meu Congresso de Vendas e Motivação que vai acontecer ali no Centro de Convenções SulAmérica.

Eu e convidados especiais, como o Sergio Bocayuva, atual sócio e CEO da UsaFlex, conduzimos um treinamento intensivo de vendas que poderá proporcionar a você uma melhoria consistente de sua performance!

Todas as informações estão aqui!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

O segredo do sucesso: a fórmula que toda empresa precisa conhecer!

Hoje, vou te mostrar a fórmula simples para melhorar a performance da sua empresa, rumo ao sucesso!

Não é de hoje que você sabe que pessoas motivadas, certamente produzem melhor.

Também estou certo de que você sabe que um profissional de sucesso, mais preparado,  mais capacitado, com mais argumentos e com mais ideias tem chances concretas de fazer um trabalho muito superior a um profissional sem qualificação, sem treinamento, sem argumentos, que faz todo dia sempre a mesma forma, daquele jeito de sempre….

E, por exemplo, o pior dos cenários é quando a gente encontra uma mistura destes dois: uma pessoa desmotivada, sem visão de futuro e sem treinamento.

Isto é mais comum do que você imagina, talvez esteja acontecendo agorinha mesmo na sua empresa. 

A boa notícia é que eu posso dar uma forcinha para direcionar sua empresa para o êxito.

Logo, quer vender mais? Participe do treinamento de vendas mais esperado do ano, o “Congresso de Vendas e Motivação – CDPV 2019”!

Primeiramente, vou reprogramar o engajamento das pessoas e, segundo, municiar você e seus colaboradores com técnicas ultra-modernas de vendas.

O Congresso deste ano reúne o meu melhor conteúdo, em outras palavras, o fruto dos meus mais de 16 anos de experiência como treinador de talentos e da milhares de interações que mantenho diariamente com pessoas e empresas de todos os tipos e ramos.

Posso te assegurar: Vendas é o coração da sua empresa. E quando o coração para….

Portanto, venha com sua equipe para o do Congresso de Vendas e Motivação – CDPV 2019. 

Todas as informações para seu sucesso estão aqui!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Se você não sabe motivar, pelo menos não desmotive!

Primeiramente, entenda de uma vez por todas: Se você não sabe motivar, pelo menos não desmotive!

A estrada para o sucesso empresarial é esburacada e cheia de altos e baixos. A um empresário ou gestor cabe se manter preparado a todo custo – técnica e emocionalmente – para os dias ruins.

Sou constantemente contratado por empresas dos mais variados ramos para palestrar sobre vendas, gestão e motivação. E, em alguns casos, tenho reparado uma atmosfera não tão positiva assim quanto aos desafios que estão por vir.

Continuar lendo