Três perguntas que você deve se fazer todas as manhãs

Antes de começar meu trabalho diário, primeiramente me faço três perguntas. No entanto, as respostas que consigo construir mudam de um dia para o outro; esta tem sido uma ferramenta incrível para superar as barreiras e conquistar. Por isso compartilho contigo esta minha tática pessoal. Confira:

1 – O que precisa ser feito hoje, a fim de alcançar meus objetivos?

Minha proposta é que você identifique suas responsabilidades diárias, tanto as de curto prazo e as de longo prazo e planeje seu dia de acordo com elas. Entender bem a diferença entre tarefas urgentes e importantes é o caminho.

2 – Qual é o meu papel na empresa e como eu posso ampliar minha participação?

Busque entender porque você é importante na sua empresa e como suas contribuições fazem (ou podem fazer) a diferença. Isto lhe permite enxergar claramente a relação de cada esforço ao resultado final da companhia, por mais simples que sejam suas responsabilidades. Isto vale para todos os cargos e perfis, do servente ao presidente. Se você não acredita em seu trabalho e no seu papel dentro da empresa, essa mentalidade negativa vai impulsionar sua produtividade e sua carreira para o buraco.

3 – Tenho domínio sobre as interferências que prejudicam minha produtividade ou as interferências me controlam?

Portanto, repare o quanto as distrações do dia a dia impactam negativamente a sua produtividade. Cada mensagem de Whatsapp lida durante o expediente corrói a sua produtividade. O mesmo vale para aquela expiadela ingênua no Facebook, os cliques contínuos no “enviar e receber” de seu e-mail, aquele papo atravessado com os colegas que nada agregam ao seu propósito…

Leia também: Conheça o treinamento “Vendas de Alto Impacto”

Sugestão para combater estes males:

  • Abra e-mails somente em horas cheias;
  • Whatsapp e Facebook somente na hora de almoço e no final do expediente;
  • Papos somente sobre aquilo que interessa;
  • Cada minuto perdido é um minuto a menos para seu êxito profissional.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!