Como treinar minha equipe

Muitas tentativas de treinar são frustradas porque tem gente que acha que apenas uma reunião informativa sobre uma novidade basta. Um adulto aprende quando vivencia, quando analisa, quando pensa. Se ele só recebe a informação, não retém e, acima de tudo, são poucas as chances de colocar em prática.

Um dono de uma rede de farmácias, por exemplo, me questionou outro dia: “Diego, e se eu treinar a pessoa e ela for para a concorrência? Vou jogar dinheiro no lixo!”.

O prisma é outro: E se você não treinar e o profissional ficar?

Portanto, a mensagem de hoje é: Invista, pelo menos, 1% do faturamento em treinamento da equipe. Só este caminho garantirá maiores receitas e fidelidade.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

A importância de funcionários bem preparados na sua empresa

Lembre sempre: são as pessoas que ligam as máquinas.

Outro dia saiu no jornal que foi encontrado comida fora do prazo de validade em diversos restaurantes do Rio de Janeiro.

Quando nos deparamos com uma notícia como essa, a nossa tendência é sempre culpar o restaurante pelos erros. Dizer que o restaurante é culpado é mais ou menos como dizer que é a instituição pública que está roubando.

Continuar lendo

Mudança de Cultura ou Cultura da Mudança?

Mudança de Cultura ou Cultura da Mudança?Um dos maiores laboratórios farmacêuticos do mundo me contratou e na semana passada ministrei uma palestra sobre “Tendências e Mudanças” para o seu lindo time, que está sendo afetado por intensas alterações estruturais.

No briefing o pessoal do RH me pediu para ilustrar ideias que proporcionassem uma mudança de cultura.

Olha… Eu não acredito muito nisso. Eu acredito que precisamos viver permanentemente numa espécie de CULTURA DA MUDANÇA, já que tudo está mudando com uma velocidade alucinante. Sabe por que? Porque pra mim…

Continuar lendo

Como treinar a equipe

Empresários e gestores precisam acordar para a necessidade de preparar o pessoal para o atendimento, com técnica, método e motivação. Não há mais espaços para empresas que não treinam periodicamente seus profissionais, especialmente aqueles que lidam diretamente com o cliente.

Estou convicto de que uma equipe minimamente treinada, ainda que de forma caseira, aumenta substancialmente a conversão (clientes que entram versus clientes que compram) e, consequentemente,  as vendas. Estou à frente do Grupo CDPV há 10 anos e…

Continuar lendo

Como treinar equipes

Joana Queiroz trabalha em uma empresa de Petrópolis (Região Serrana do RJ) e acabou de receber uma importante incumbência por parte de seu chefe: desenvolver treinamento para sua equipe de 8 pessoas. Pede dicas e ideias.

Joana,  parece que o empresariado finalmente despertou para necessidade de treinar de forma periódica e consistente sua equipe. Eu e a equipe do CDPV estamos acompanhando isso de perto, aplicando uma quantidade enorme de cursos, palestras e workshops para empresas dos mais diversos ramos e segmentos.

Há alguns aspectos fundamentais que precisam ser observados e quero compartilhá-los com você. Continue lendo…

O primeiro dele, é o levantamento detalhado do que deve ser treinado. É comportamento ou técnica? Seu pessoal precisa de uma injeção de ânimo e conhecimento em doses curtas ou mais ao estilo homeopático, para que no futuro tenham resultados consistentes e duradouros?

Feito isso, localize consultorias e empresas de treinamento que sejam práticos e realmente entendam do assunto e do seu setor de atuação. Treinamento bom e válido é aquele que é conduzido por alguém que saiba aonde o calo aperta. Não se pode dar um exército a alguém que nunca deu um tiro.

Na sequência, é hora do briefing detalhado. É aí que mora o perigo, pois você precisa se certificar de que a consultoria ou empresa de treinamento realmente entendeu o que sua empresa precisa.

E, depois, não largue tudo na não de um fornecedor externo. Treinamentos que funcionam são aqueles que são acompanhados e monitorados por áreas como o RH.

Bom treinamento, Joana! Estou a sua disposição.