Como implementar a cultura de vendas

Não importa se, por exemplo, você trabalha numa loja, num escritório de advocacia ou numa fábrica. Da mesma forma que não importa se você trabalha na logística, no RH, no financeiro ou na área de vendas.

Se a empresa não está vendendo como deveria e, consequentemente o negócio não está indo bem, o futuro profissional de todos fica em jogo.

Sempre acreditei que todos numa empresa precisam ajudar, de alguma forma, a empresa a melhorar, a crescer, a vencer. Por que quando isso acontece, certamente todos ganham.

Uma auxiliar de serviços gerais que atende o cliente com aquela simpatia; o setor de logística que resolve todas as emergências com foco na satisfação do cliente; o profissional de vendas que se preocupa em entregar retornos rápidos e eficazes para seus clientes… tudo deve ser feito para agradar o cliente.

O nome disso é CULTURA DE VENDAS. As empresas bem-sucedidas, de forma consciente ou não, trabalham como este propósito: focadas em entregar uma experiência de alto nível para seus clientes. Vamos combinar, né? Não existe aberração maior do que aquela recepcionista mal humorada ou aquele atendente que destrata o cliente.

Acima de tudo: Todos numa empresa são responsáveis pelos resultados, independente do cargo em que ocupam.

Precisa de um auxílio para impulsionar suas vendas? Então conheça o VENDAS DE ALTO IMPACTO!

Todos os detalhes do treinamento Vendas de Alto Impacto, que é destinado a empresários, profissionais liberais, representantes comerciais e todo mundo que precisa melhorar resultados de vendas estão aqui.

Aproveite e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!

A tecnologia alavanca, mas pode matar!

A tecnologia aproxima, cria oportunidades e iguala jogadores. Mas também tem promovido uma ruptura na forma como fazemos negócios, como estabelecemos contato com as pessoas/clientes.

As facilidades são incríveis, mas os riscos são enormes para quem não se atualiza. Aqueles que resistem, achando que já sabe de tudo e não tem nada mais para aprender, sentem diretamente os impactos.

Tenho visto muita gente meio que arrependida por não ter buscado romper com as velhas práticas no momento correto. 

É o caso do Robério, um gerente de vendas muito qualificado, profundo entendedor dos processos do seu segmento. Ele é daqueles gerentes que é idolatrado pela equipe mas veja suas palavras, recebidas via mensagem que me mandou no Facebook: está ultrapassado e não faz ideia do como começar e de como utilizar as centenas de opções tecnológicas para potencializar o seu trabalho como gerente.  

Abrir a mente para a potencialidade da tecnologia e como estes recursos podem alavancar nosso trabalho é o primeiro passo.

MAS ATENÇÃO: temos que estar dispostos a pagar o preço. 

As transformações estão acontecendo num ritmo alucinante, quando achamos que dominamos uma ferramenta, ela já está sendo substituída por outra melhor, mais rápida e mais barata. 

O que fazer para ser menos dolorido? Mente aberta e vontade de aprender.  

Me adicione no Instagram, no Facebook e agora também no Spotify.

#BóraVoar!