Entrevista completa com Gilberto Jordan, CEO do Grupo Andre Jordan

Opa, aqui é o Diego Maia!

Recentemente recebi Gilberto Jordan, CEO do Grupo empresarial português Andre Jordan no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, Rio de Janeiro.

Gilberto é hoje um dos maiores nomes do mercado imobiliário português: seu principal empreendimento é o Belas Clube de Campo, um lugar lindo que fica nos arredores de Lisboa, perto de Sintra e de Cascais.

Eu já estive algumas vezes no Belas Clube de Campo e te digo que o que eles chamam de condomínio, eu chamo de bairro.

Neste papo, Gilberto fala de sustentabilidade, de diferenciação e ainda dá dicas para quem está pensando em se mudar para Portugal.

Confira em vídeo:

Quer receber meus vídeos em primeira mão? Assine meu canal do Youtube agora mesmo e ative as notificações.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Como Portugal saiu da crise, com Gilberto Jordan, CEO do Grupo Andre Jordan

Há um esforço visível empreendido pela maioria dos “brasileiros de bem” em sair deste buraco chamado “Crise”. Mas existe um país, nosso velho conhecido, que pode nos ensinar bastante sobre isso. Há alguns anos Portugal estava numa crise terrível, hoje é o queridinho internacional: todo mundo quer ir pra lá.

Ainda mais agora que ganhou, pela terceira vez consecutiva o World Travel Awards o prêmio de “melhor destino turístico do mundo”.

Eu mesmo tenho feito muitos trabalhos por lá, muitas empresas me chamam para palestrar para suas equipes.

Mas o que será que Portugal fez para vencer a crise e entrar na rota de um crescimento exponencial? Eu fui perguntar isso a um dos maiores líderes do mercado imobiliário português, Gilberto Jordan, CEO do tradicional Grupo Andre Jordan. Eles criaram um empreendimento chamado “Belas Clube do Campo”, nos arredores de Lisboa.

Olha o que ele me disse…

Clique aqui e confira na integra o meu papo com o Gilberto Jordan. Falamos sobre mercado imobiliário, sobre as diferenças de cultura e com muitas dicas para quem tá pensando em morar em Portugal.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Cinco hábitos que te impulsionam para frente

Nossa vida é dominada pelos nossos hábitos: sejam eles bons ou ruins. O problema é a balança. Se pesa mais pro lado dos hábitos ruins, a situação começa a se complicar.

Eu não vou falar hoje sobre os hábitos ruins que precisamos rever. Cada um, com seu cada qual.

Mas vou compartilhar contigo 5 hábitos que eu adotei e que acabam me ajudando a compensar os meus hábitos ruins.

Eu posso te assegurar que minha vida mudou pra melhor, quando adotei estas práticas com dedicação.

1º. Hábito impulsionador: Acordar cedo

Eu já fui notívago e achava que produzia mais a noite. Mas quando adotei o hábito de acordar mais cedo que a maioria das pessoas, minha produtividade foi lá nas nuvens.

2º. Hábito impulsionador: praticar exercícios físicos

Eu fui sedentário por muitos anos. Mas se você me acompanha por aqui, lê meus livros ou me segue nas redes sociais sabe que agora sou um corredor compulsivo e sempre bate uma culpa por não ter começado antes.

Hábito impulsionador: Ler mais

Vai por mim: “quanto mais você lê, mais sorte você tem”. Ela, a leitura, possui o incrível poder mágico de ampliar seu campo de visão, seu vocabulário e, porque não, seus sonhos também.

Hábito impulsionador: pensar positivo

Quando você se concentra na dor, mas dói. Foca no positivo que as coisas tendem a melhorar.

Hábito impulsionador: Aprenda algo novo todos os dias

Venha se conectar comigo! Me siga nas minhas redes sociais: InstagramFacebook e também no Linkedin

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Como ser um profissional melhor?

Antes de começar uma palestra na convenção de vendas de uma empresa do segmento hoteleiro, um jovem aprendiz que me acompanha há algum tempo me abordou e perguntou: “Diego, como você pode definir um bom profissional? Daqueles que é reconhecido pelo chefe e pelos colegas e consequentemente recebe as melhores oportunidades do mercado?”.

Um bom profissional é aquele que além de cumprir o que se espera dele, está sempre interessado em melhorar suas entregas, que sempre busca um algo a mais. Que não se dá por vencido diante das adversidades – seja de uma tarefa que precisa entregar, sejam adversidades da vida mesmo.

Profissionais assim dificilmente ficam desempregados, pois entregam acima da média.

Mas como ser assim? O que fazer para ser um profissional melhor?

1 — ESCOLHA ALGO QUE VOCÊ REALMENTE GOSTE DE FAZER

O trabalho representar uma grande parte da  nossa vida, então tem que ser divertido.

2 — RECONHEÇA OS PONTOS QUE VOCÊ DEVE MELHORAR E BUSQUE AS MELHORIAS

Reconhecer é preciso. Mas agir é mais ainda. Falar um segundo idioma é vital, por exemplo. Mas para a maioria das pessoas, se matricular num curso – presencial ou on line – exige um esforço de tempo, de grana, de energia tão grande que passa ano, entra ano, está sempre justificando o proque não fez ainda.

3 — ENCONTRE PESSOAS PARA TE AJUDAR

Saiba que ninguém consegue fazer nada sozinho. Busque se conectar com pessoas que te inspiram. Se achar um mentor, então, melhor ainda.

4 — MANTENHA UM BOM RELACIONAMENTO COM SEUS COLEGAS

É fundamental ajudar para ser ajudado.

5 — MANTENHA REGULARIDADE NO SEU TRABALHO

Faça o seu melhor todos os dias, não apenas um dia ou outro.

Venha se conectar comigo! Me siga nas minhas redes sociais: InstagramFacebook e também no Linkedin

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

A fofoca no trabalho e as três peneiras de Sócrates

As pessoas falam mal das outras, geralmente, porque se acham melhores do que elas. O problema é quando agem fazendo fofoca e falando mal pelas costas, meio que se achando no direito de envenenar para se sentirem bem por um momento. 

Ao preparar este texto, lembrei de um texto do filósofo  Sócrates, que foi o primeiro dos três grandes filósofos gregos que estabeleceram as bases do pensamento ocidental.  

O texto se chama “As três peneiras”, e mais do que um texto bacana, eu busco adotar como regra na minha vida, especialmente quando penso em falar sobre alguém que não está presente no momento. 

As três peneiras

A primeira peneira que o filósofo se refere no texto, é a  peneira da verdade. O que você quer contar é um fato? Caso tenha apenas ouvido falar, a coisa deve morrer aí mesmo.  

Mas suponhamos então que seja verdade. Deve agora passar pela segunda peneira, a da bondade. 

O que você vai contar é coisa boa? Ajuda a construir ou destruir a reputação da pessoas sobre a qual você vai falar? 

Se o que você vai contar é verdade e coisa boa, deve passar ainda pela terceira peneira, a da necessidade

Convém contar? Resolve alguma coisa contar isso pra alguém? Ajuda a empresa? Pode melhorar algo?  

Se o que você deseja falar passa tranquilamente pelas três peneiras, conte. Caso contrário, esqueça e enterre o assunto!

Assim, terá uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e disseminar a discórdia na sua equipe.  

Ainda de acordo com o filósofo Sócrates, “pessoas sábias falam sobre ideias; pessoas comuns falam sobre coisas; pessoas medíocres falam sobre pessoas“. 

Venha se conectar comigo! Me siga nas minhas redes sociais: Instagram, Facebook e também no Linkedin

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Como ser automotivado

A automotivação – que é a prática de se manter motivado sem depender de pessoas ou influências externas  – é uma habilidade que nem todos possuem, mas ser automotivado é que diferencia as pessoas fracassadas das bem-sucedidas.

Por isso hoje eu vou compartilhar contigo 5 passos que eu mesmo uso em minha vida pessoal e profissional e que me ajudam, sistematicamente, a ser auto motivado mesmo diante das atribulações da vida.

Os 5 passos para ser automotivado

1 – Sempre estabeleça metas

Porque quem não sabe onde vai chegar, qualquer caminho serve.

Leitura sugerida: Como eu consegui conquistar todas as minhas metas.

2- Quando estiver desmotivado, pense no resultado final que você terá ao cumprir a meta que você estabeleceu.

3 – Trabalhe o conceito de Foco Extremo

Dediquei a este tema, “Foco Extremo”, um capítulo inteirinho do meu mais novo livro, os “7 Princípios da Venda”.

Está prática consiste em não se deixar levar por distrações e obstáculos durante o jogo. Fazendo um comparativo com o futebol, seria o mesmo que “jogar toda a partida sem tirar os olhos da bola”.

4 – Se esforce para reduzir o estresse da sua vida

Um dos vilões da motivação é o estresse, que em níveis mais elevados proporciona problemas de ordem psicológica e física.

Identifique o que te estressa e tente compensar com o que motiva. De uns tempos pra cá eu parei de somatizar demais os problemas e as dificuldades. Curiosamente ou não, o estresse diminuiu.

5  – Alimente constantemente a sua autoconfiança e autoestima

Como fazer isso? Consuma mais conteúdo que te agregue valor ao seu desenvolvimento profissional e deixe lado as fakenews, as fofocas e as tragédias.

Venha se conectar comigo! Me siga nas minhas redes sociais: Instagram, Facebook e também no Linkedin

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Como ter ética no trabalho?

Qualificação é fundamental. Ter atitude é algo decisivo para o crescimento. Mas nada disso funciona se a pessoa não tiver ÉTICA em suas relações.  

Mas será que ela, a ética, é mais uma daquelas coisas que todo mundo fala que tem, mas que quando ninguém está olhando a pessoa não liga muito e faz o que dá na telha? 

Acho que não dá para generalizar, cada cabeça, uma sentença.

Mas por via das dúvidas preparei hoje cinco insights sobre ética, que nada mais é do que um conjunto de regras e valores que pautam a nossa sociedade.  

1 — FALE SEMPRE A VERDADE 

Trabalhe para que sua palavra tenha valor. Ninguém confia em mentirosos.  

2 — FUJA DAS FOFOCAS 

Quer ser feliz? Foque sempre no seu trabalho! Você não ganha um mísero centavo ao ser comentarista da vida dos outros.  

3 — RESPEITE O SIGILO DA EMPRESA 

Toda empresa trabalha com informações confidenciais. Vazar informações não te trará benefício algum, muito pelo contrário.  

4 — CUMPRA COM SUAS PROMESSAS 

Deu sua palavra? Prometeu alguma coisa pra alguém? Cumpra! Simples assim… 

5 — RECONHEÇA O MÉRITO DE SEUS COLEGAS 

A inveja não te fará mais feliz, nem mais rico e nem mais magro. Invejar um colega que foi promovido ou que ganha mais que você não te acrescenta em absolutamente nada. Não esqueça do ditado caipira, que vem lá do interior:  

“As pessoas só veem as pingas que eu tomo, mas ninguém vê os tombos que eu levo”.  

Fofocar, invejar, falar mal e não cumprir com o que promete é a fórmula mágica para o insucesso e para a frustração. Pense nisso

Leitura sugerida: Fofoca no Trabalho

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no  Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Como conquistar a felicidade

Eu prefiro ser feliz do que ter razão”, disse para um ex-colaborador de uma das minhas empresas que insistia em justificar um erro que era injustificável.

Para se defender da culpa por uma falha, é – de certa forma – normal criarmos um monte de cenários na nossa cabeça.

O problema é que, continuar vivendo desta forma – tentando justificar as coisas injustificáveis – criamos uma espécie de redoma em volta de nossa existência. No curto prazo, não aprendemos, não evoluímos.

No longo prazo, essa postura tende a trazer um baita sentimento de frustração e de infelicidade.

Foi por isso que disse pra ele isso: “eu prefiro ser feliz do que ter razão”.

E quando a ficha deste conceito caiu aqui na minha cabeça, conclui que a felicidade deve ser a mola propulsora da minha existência, independente das minhas falhas e frustrações.

A reboque dessa história, adotei outros caminhos também.

Estas práticas tem me ajudado muito, dia após dia.

1 – Prefira ser feliz do que ter razão.

2 – Foque a qualidade de vida.
Quando faço um planejamento levo em conta que a qualidade de vida: ela é uma prioridade irrenunciável pra mim.

3 – Tudo não dá
Talvez você seja como eu e sofra com o peso da cobrança para fazer tudo de maneira impecável, nos mínimos detalhes. Mas olha, vai por mim: tudo não dá. Você é humano!

4 – O perfeito já morreu
Eu simplesmente renunciei à perfeição. Muitas vezes não apenas queremos dar conta de tudo, mas também fazer tudo com uma perfeição escrupulosa. Esse é o caminho certo pra viver frustrado e infeliz. Tô fora!

5 – Faça do erro o seu trampolim
Errou? Aceite o erro, aprenda com ele e não fique ruminando aquilo. Somente assim a gente aprende, somente assim a gente cresce.

Venha se conectar comigo! Me siga nas minhas redes sociais: no Instagram, no Facebook e no Linkedin

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Então me escute no Spotify, no Deezer e no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

3 sinais de que você NÃO gosta do seu trabalho!

Você gosta do seu trabalho?

Trabalhar sem vontade e sem motivação é uma das piores coisas que podemos fazer com a nossa vida. Em outras palavras, realizar tarefas que não nos agrada, dia após dia, nos afeta psicologicamente e até fisicamente.

São três os principais comportamentos que podem nos alertar quando o trabalho deixou de ser uma atividade desafiadora e se transformou, por exemplo, em um verdadeiro martírio.

A primeira é a falta de motivação !

Quando estamos totalmente desanimados ou, em outras palavras, sem vontade de sequer levantar da cama para ir trabalhar, algo está muito errado.
Mas repare que eu não estou falando de transtornos de depressão ou ansiedade. Estou falando daquela pessoa que se sente desmotivado no domingo, só porque o dia seguinte é segunda-feira.

O segundo comportamento é quando a pessoa não sente orgulho do que faz!

Se você não se orgulha do que faz, do que produz ou da empresa em que atua, provavelmente você não gosta do que faz. É claro que trabalhamos para ter uma remuneração e assim arcar com as responsabilidade da vida, mas trabalhar “somente” para ganhar dinheiro e pagar contas sempre foi algo muito aterrorizante para mim.

E o terceiro comportamento é quando a pessoa não investe em novas capacitações!

É aquele que não investe na própria carreira. Aquele que não quer fazer cursos, nem mesmo os de graça. Todo profissional que realmente gosta do seu trabalho tem o desejo de crescer, galgar novos horizontes, se destacar no mercado que atua, mas não motivado pelo dinheiro e sim por vontade própria. Esta é uma característica!

Já o profissional descontente com sua atuação profissional por exemplo, não valoriza e não busca o aperfeiçoamento. Ele simplesmente se mantém estagnado, sem qualquer perspectiva de promoção ou reconhecimento.

E aí? O que esse teste te diz sobre seu trabalho?

Eu acabei de publicar lá no meu Instagram o resumo deste teste que identifica se você gosta ou não gosta do seu trabalho. 

Quer conferir e marcar as pessoas que precisam ter acesso a estas minhas ideias? Então me siga no Facebook, no Instagram e no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Duas ideias para conciliar trabalho e família.

O ano está acabando, Papai Noel já está nos shoppings e eu estou aqui me preparando para as emoções das apresentações o final de ano em família da escola dos meus filhos.

Não sei você, mas eu sempre fico muito emotivo nesta época e acabo fazendo uma espécie de balanço de como foi o ano.

Nos últimos 11 meses um monte de coisas boas aconteceram: fui eleito um dos 10 palestrantes de vendas e motivação mais contratados do país, palestrei em Portugal, nos Estados Unidos… investi em startups que estão dando certo

Mas a maior conquista que eu acho que tive esse ano, foi ficar mais tempo com os meus filhos. Eu coloquei isso como prioridade na minha vida…. o tempo passa tão rápido e quando menos a gente vê, puff, eles cresceram.

Eu tive que rebolar pra conciliar uma agenda intensa de trabalho e de viagens com a igual agenda intensa de atividades dessas figuras que moram lá em casa.

Duas práticas foram decisivas pra eu conseguir ter esse resultado!

A primeira deles: eu coloquei como meta uma quantidade mínima de vezes que eu levo ou busco na escola ou nas atividades. Conciliar é difícil, mas a minha agenda passou a ser feita baseada neste foco.

Tá, eu sei que tem gente que trabalha e que não consegue nem pensar nessa possibilidade. Mas, olha, “Quem quer fazer alguma coisa encontra um meio. Quem não quer fazer nada encontra uma desculpa”, já dizia o antigo provérbio árabe.

A segunda prática: Quando estou com eles, em família, eu realmente estou com eles e não com o meu smartphone.

Acabei de postar mais conteúdos nas minhas redes sociais: no Instagram, no Facebook e no LinkedinVenha se conectar comigo!

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Então me escute no Spotify, no Deezer e no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!