Quem faz as empresas são as pessoas!

Eu já conheci gente que tatuou a logomarca da empresa em que trabalha – e eu to falando de funcionário, não de dono.  Mas você vai ficar de queixo caído com esta história aqui, da mesma forma que eu fiquei quando me contaram.

Cheguei numa empresa do interior de São Paulo para fazer a palestra de encerramento de sua convenção anual de vendas. O clima não tava legal:  um importante colaborador havia falecido.

Fiquei chocado, claro. Mas o que me impressionou mesmo foi a informação seguinte.

O colaborador-falecido havia deixado por escrito uma ordem: queria ser enterrado, pasme você, com a camisa da empresa.

Aquela situação não me sai da cabeça.

O que teria feito a empresa para representar tanto na vida do profissional?

Mesmo com toda a rotatividade – infeliz prática comum nos tempos que estamos vivendo – boas políticas de valorização do ser humano fazem esta sintonia fina entre empresa x colaborador funcionar muito bem.

Se você é um gestor de uma empresa… me responda: você tem colaboradores com um elo tão forte como esse que eu apresentei aqui hoje?

E você, que é funcionário de uma empresa: sua empresa representa algo relevante pra você? Ou é só mais um trabalho?

Participe do maior treinamento de vendas gratuito já realizado na internet: “300 Dias para o Sucesso” vai te posicionar na rota do sucesso. Se inscreva gratuitamente no canal do Diego Maia no Youtube e não esqueça de ativar as notificações!

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Se você pudesse voltar no tempo…

A maioria de nós, em algum momento da vida, pensou no que faríamos se pudéssemos voltar no tempo.

Volta e meia me pego pensando em que tipo de conselho eu mesmo me daria se eu tivesse construído uma máquina que permitisse voltar no tempo. Talvez alguns conselhos de investimento,  talvez estudar mais sobre determinado assunto, talvez confiar menos nas pessoas, talvez mudar a história para melhor

Eu sei, cada um com seu cada qual: nossas visões de mundo podem ser diferentes, o que funciona pra mim pode não funcionar para você.

Mas se tem um conselho que eu me daria se eu pudesse voltar no tempo, seria esse:

“Tenha apenas um – ou no máximo dois –  focos por vez”.

Como seria a sua produtividade se você conseguisse manter o foco em apenas 1 atividade por vez – seja montar um negócio ou mesmo executar uma única tarefa no trabalho?

Eu não chego a me arrepender dos meus muitos focos que tive no passado empresarial, mas eu estou absolutamente convicto de que se eu mantivesse meu foco em tarefas únicas; ou seja, numa única atividade por vez, os meus resultados de hoje – que já são bons pra caramba – seriam muito melhores.

Para atingir um grande objetivo em qualquer que seja a área da sua vida você precisa de dedicação total e extrema, abrindo mão daquilo que, justamente, tira você do foco.

E você? Qual conselho se daria se pudesse voltar no tempo?

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

5 coisas que gestores de sucesso fazem diferente!

Hoje eu vou compartilhar 5 coisas que você deve fazer e colocar em prática se quiser ser um gestor de sucesso, acima da média.  

  1. Nunca esteja satisfeito com os resultados: acredite que sempre dá para fazer mais, ter novas ideias e novos projetos. Para o bem e para o mal, a posição de liderança é uma eterna insatisfação. 
  2. Invista em preparação e qualificação: conhecimento nunca é demais. E para um bom líder, buscar ser melhor e mais qualificado, é essencial. 
  3. Cuide e proteja seus funcionários: o gestor eficiente é aquele que conhece e protege as pessoas que estão sob seu comando. O brasileiro troca lealdade por proteção. Quando ele sente que o líder se preocupa, ele se dedica até mesmo além.
  4. Esteja sempre próximo da equipe: esta é uma das principais atitudes que diferenciam líderes extraordinários dos líderes fracos e medianos.  
  5. Tenha humildade para ouvir: nenhum líder – de qualquer segmento, porte ou tamanho –  é verdadeiramente eficiente se não souber ouvir o seu time. 

O líder precisa ouvir e confiar na equipe.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Como você alimenta sua mente?

Nossa mente é como o nosso corpo. Pensa comigo: o que acontece quando uma pessoa se alimenta apenas ou prioritariamente com o chamado “trash food”? Mais cedo ou mais tarde, o corpo adoece.

Com a mente, é o mesmo. Só que o trash food mental está caracterizado por diversos fatores:

  • Aqueles programas de TV que só trazem noticias ruins, como mortes, assaltos, assassinatos, empresas fechando, desemprego aumentando…
  • Ai a gente encontra um colega ou um amigo que tá tão baixo astral que parece uma âncora: tudo que ele fala puxa nossa energia pra baixo. To falando daquele que reclama de tudo: da empresa, do chefe, do cliente, do ticket restaurante….
  • E pra completar, dedicamos nosso tempo não mais aos estudos, não mais na leitura de reportagens do seu setor, não mais a um curso. Passamos a maior parte do nosso tempo fazendo a “Santíssima Trindade” da tecnologia: facebook – whatsapp – instagram!
    Acabou de sair uma pesquisa dando conta de que nós, brasileiros, já gastamos quase 5 horas por dia hibernado nas redes sociais.

A forma como você “alimenta sua mente” determina quem você é e quem você será.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Eu quase que de nada não sei. Mas desconfio de muita coisa…

Aprendi que não importa onde estou, não importa minha origem, não importa o que sou nesse momento. O que importa é onde quero chegar. Eu não sei bem precisar em que momento da vida eu entendi que mudança de estado representa necessariamente uma extrema necessidade de mudança de atitude.

Eu só sei que funcionou comigo.

Antes que os mais puristas me critiquem, me amparo em João Guimarães Rosa:

“Eu quase que de nada não sei. Mas desconfio de muita coisa”.

E quem diria que o pé rapado nascido nos subúrbios do Rio de Janeiro faria mais de 100 palestras por ano, apresentaria um programa de rádio no ar em várias emissoras, que teria 5 livros publicados, que seria considerado um dos maiores influenciadores de vendas do Brasil e que teria um podcast na lista dos top 10?

É comum demais colocarmos a culpa por nossos insucessos na conta de outras pessoas ou mesmo de situações adversas. Mas, na boa, não há verdade maior que essa: “O meu futuro depende de mim”.

Estamos iniciando uma nova década.

Se você quer ser melhor, ganhar mais, montar um negócio, ser promovido, atingir metas, ganhar prêmios, ser convidado pra um emprego mais bacana…  lembre sempre que colhemos o que plantamos e plantamos o que queremos colher.

E essa plantação tem relação com como você se inspira,  como você se estimula e com quem você anda.

Pare por um momento e pense: o que você precisa fazer para se transformar em sua melhor versão?

Vai por mim…  a resposta está ai dentro de você!

Neste Ano Novo eu quero te encontrar no Facebook e no Instagram!

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Acabou o ano (e vai começar tudo outra vez)

O ano tá no finalzinho e eu não sei você, mas eu sempre nessa época eu reflito sobre as coisas boas e ruins que aconteceram, faço uma espécie de balanço. Mas, acima de tudo, comemoro as conquistas e busco entender o porquê que algumas metas desse ano não se concretizaram.

Será que não foi por conta de uma supervalorização de sua capacidade? Será que não foi porque você confiou demais em colegas, funcionários ou chefes?

Metas e objetivos foram feitos para serem atingidos, claro. Mas, claro, precisam ser factíveis. E são muito diferentes de sonhos e desejos. Um sonho é algo que começa a ser desenhado na cabeça, mas para virar realidade precisa ter um plano que te ajude a definir algumas coisas:

  • Quem pode me ajudar a conseguir isto que eu quero?
  • Quais são os riscos que estou correndo?
  • O que preciso fazer para viabilizar este projeto? 

O que mais tem por aí é gente que vive olhando pro céu com muita fé, mas com pouca luta no dia a dia.

Para concretizar planos, algumas questões são importantes. Mas a mais importante chama EXECUÇÃO. Que tal dedicar menos tempo nas redes sociais e mais tempo na realização de seus projetos.

Seu futuro agradece!

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Como implementar a cultura de vendas

Não importa se, por exemplo, você trabalha numa loja, num escritório de advocacia ou numa fábrica. Da mesma forma que não importa se você trabalha na logística, no RH, no financeiro ou na área de vendas.

Se a empresa não está vendendo como deveria e, consequentemente o negócio não está indo bem, o futuro profissional de todos fica em jogo.

Sempre acreditei que todos numa empresa precisam ajudar, de alguma forma, a empresa a melhorar, a crescer, a vencer. Por que quando isso acontece, certamente todos ganham.

Uma auxiliar de serviços gerais que atende o cliente com aquela simpatia; o setor de logística que resolve todas as emergências com foco na satisfação do cliente; o profissional de vendas que se preocupa em entregar retornos rápidos e eficazes para seus clientes… tudo deve ser feito para agradar o cliente.

O nome disso é CULTURA DE VENDAS. As empresas bem-sucedidas, de forma consciente ou não, trabalham como este propósito: focadas em entregar uma experiência de alto nível para seus clientes. Vamos combinar, né? Não existe aberração maior do que aquela recepcionista mal humorada ou aquele atendente que destrata o cliente.

Acima de tudo: Todos numa empresa são responsáveis pelos resultados, independente do cargo em que ocupam.

Precisa de um auxílio para impulsionar suas vendas? Então conheça o VENDAS DE ALTO IMPACTO!

Todos os detalhes do treinamento Vendas de Alto Impacto, que é destinado a empresários, profissionais liberais, representantes comerciais e todo mundo que precisa melhorar resultados de vendas estão aqui.

Aproveite e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!

Problemas com o contador

Meu xará, o Diego, mandou uma dúvida interessante através de minha página no Facebook. Ele disse: “meu contador está me cobrando um valor ‘x’ porque eu quero contratar outra empresa para contabilizar a minha , disse que para liberar os documentos da minha empresa só pagando. Gostaria de saber sua opinião: isso é certo ou se estou sendo enganado?”.

A primeira questão a ser levada em consideração é a de que a maioria esmagadora dos empresários contrata um contador querendo pagar o menos possível e delega – ou “delarga” tudo na mão dele. Todo empresário precisa ser um pouco de contador, de tributarista, de analista. Se não, precisa se conformar com cálculos errados, tributos pagos a mais ou a menos, não cumprimento de exigências jurídicas e governamentais…

Segunda questão: todo empreendedor precisa ter um contrato com todos os seus prestadores de serviços. Pra responder esta questão do Diego, consultei 5 amigos empresários. Todos eles me falaram que não mantém qualquer contrato com seus contadores: é tudo de boca. Ou seja: palavras o vento leva…

Então, Diego: cumpra-se o que há no contrato. Não havendo, negocie. O que não pode é um profissional contábil, indispensável para o desenvolvimento de negócios, reter documentos a qualquer título. Se ele assim o fizer, fale com o CRC, que é o Conselho Regional de Contabilidade.

Eu fico por aqui, torcendo para que este pequeno problema não vire um problemão.

Quando é hora de um empresário pedir ajuda

Edvan possui uma empresa de pequeno porte no segmento industrial. Ele fabrica produtos que são vendidos em centenas de pontos de venda, possui 70 funcionários e se vê estagnado. Não acredita ser reflexo da tal da crise, mas acha que precisa dar um sacolejo na empresa e na equipe. Por isso me pergunta em seu extenso e-mail: “quais são os sinais de que uma empresa precisa de uma intervenção?”.

Leia também: Como aumentar as vendas imediatamente

Olha Edvan, são muitos os sinais. Mas as respostas das três perguntas que farei agora podem lhe dar uma boa luz.

1 – Você está usando seu próprio dinheiro para sustentar a empresa?

Se você está utilizando suas economias para sustentar o seu negócio ou fazendo uso  de empréstimos bancários com taxas de juros altíssimas para viabilizar o giro, é um forte sinal de alerta.

Leia também: Três erros que até os melhores líderes cometem

2. Você está perdendo receita e lucratividade?

É importante avaliar se é o seu mercado que está em declínio ou se esta queda está acontecendo só com sua empresa. Se for a segunda opção, sim, você precisa de uma intervenção rápida.

3. Você está perdendo pessoas importantes?

Se a resposta para estas três perguntas forem positivas, é hora de buscar ajuda, novas ideias, novos métodos. Seja através de consultorias ou fazendo cursos que possam te fornecer ferramentas e ideias para alavancar a gestão.

Gostou? Aproveita e me adicione no Facebook e no LinkedIn.

O difícil controle nas vendas pelo cartão de crédito

Cartão de crédito

José Campos é um empresário do ramo varejista. Há mais de 15 anos montou uma distribuidora de produtos descartáveis, atendendo pessoas físicas e jurídicas.

O negócio está consolidado, não está sentindo tanto a influência da crise econômica, mas entende que a hora de profissionalizar seu negócio é agora.

Na longa mensagem que me mandou, compartilhou seus diversos gaps. O mais relevante deles: não tem a menor ideia de como controlar as vendas que faz com cartão de crédito, principalmente as vendas parceladas.  Ele nunca tem certeza de que os recebimentos estão corretos, se as taxas aplicadas são as mesmas negociadas em contrato e não sabe se a operadora deixa de passar alguma venda.

Continuar lendo