Quem faz as empresas são as pessoas!

Eu já conheci gente que tatuou a logomarca da empresa em que trabalha – e eu to falando de funcionário, não de dono.  Mas você vai ficar de queixo caído com esta história aqui, da mesma forma que eu fiquei quando me contaram.

Cheguei numa empresa do interior de São Paulo para fazer a palestra de encerramento de sua convenção anual de vendas. O clima não tava legal:  um importante colaborador havia falecido.

Fiquei chocado, claro. Mas o que me impressionou mesmo foi a informação seguinte.

O colaborador-falecido havia deixado por escrito uma ordem: queria ser enterrado, pasme você, com a camisa da empresa.

Aquela situação não me sai da cabeça.

O que teria feito a empresa para representar tanto na vida do profissional?

Mesmo com toda a rotatividade – infeliz prática comum nos tempos que estamos vivendo – boas políticas de valorização do ser humano fazem esta sintonia fina entre empresa x colaborador funcionar muito bem.

Se você é um gestor de uma empresa… me responda: você tem colaboradores com um elo tão forte como esse que eu apresentei aqui hoje?

E você, que é funcionário de uma empresa: sua empresa representa algo relevante pra você? Ou é só mais um trabalho?

Participe do maior treinamento de vendas gratuito já realizado na internet: “300 Dias para o Sucesso” vai te posicionar na rota do sucesso. Se inscreva gratuitamente no canal do Diego Maia no Youtube e não esqueça de ativar as notificações!

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Se você pudesse voltar no tempo…

A maioria de nós, em algum momento da vida, pensou no que faríamos se pudéssemos voltar no tempo.

Volta e meia me pego pensando em que tipo de conselho eu mesmo me daria se eu tivesse construído uma máquina que permitisse voltar no tempo. Talvez alguns conselhos de investimento,  talvez estudar mais sobre determinado assunto, talvez confiar menos nas pessoas, talvez mudar a história para melhor

Eu sei, cada um com seu cada qual: nossas visões de mundo podem ser diferentes, o que funciona pra mim pode não funcionar para você.

Mas se tem um conselho que eu me daria se eu pudesse voltar no tempo, seria esse:

“Tenha apenas um – ou no máximo dois –  focos por vez”.

Como seria a sua produtividade se você conseguisse manter o foco em apenas 1 atividade por vez – seja montar um negócio ou mesmo executar uma única tarefa no trabalho?

Eu não chego a me arrepender dos meus muitos focos que tive no passado empresarial, mas eu estou absolutamente convicto de que se eu mantivesse meu foco em tarefas únicas; ou seja, numa única atividade por vez, os meus resultados de hoje – que já são bons pra caramba – seriam muito melhores.

Para atingir um grande objetivo em qualquer que seja a área da sua vida você precisa de dedicação total e extrema, abrindo mão daquilo que, justamente, tira você do foco.

E você? Qual conselho se daria se pudesse voltar no tempo?

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

5 coisas que gestores de sucesso fazem diferente!

Hoje eu vou compartilhar 5 coisas que você deve fazer e colocar em prática se quiser ser um gestor de sucesso, acima da média.  

  1. Nunca esteja satisfeito com os resultados: acredite que sempre dá para fazer mais, ter novas ideias e novos projetos. Para o bem e para o mal, a posição de liderança é uma eterna insatisfação. 
  2. Invista em preparação e qualificação: conhecimento nunca é demais. E para um bom líder, buscar ser melhor e mais qualificado, é essencial. 
  3. Cuide e proteja seus funcionários: o gestor eficiente é aquele que conhece e protege as pessoas que estão sob seu comando. O brasileiro troca lealdade por proteção. Quando ele sente que o líder se preocupa, ele se dedica até mesmo além.
  4. Esteja sempre próximo da equipe: esta é uma das principais atitudes que diferenciam líderes extraordinários dos líderes fracos e medianos.  
  5. Tenha humildade para ouvir: nenhum líder – de qualquer segmento, porte ou tamanho –  é verdadeiramente eficiente se não souber ouvir o seu time. 

O líder precisa ouvir e confiar na equipe.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Como você alimenta sua mente?

Nossa mente é como o nosso corpo. Pensa comigo: o que acontece quando uma pessoa se alimenta apenas ou prioritariamente com o chamado “trash food”? Mais cedo ou mais tarde, o corpo adoece.

Com a mente, é o mesmo. Só que o trash food mental está caracterizado por diversos fatores:

  • Aqueles programas de TV que só trazem noticias ruins, como mortes, assaltos, assassinatos, empresas fechando, desemprego aumentando…
  • Ai a gente encontra um colega ou um amigo que tá tão baixo astral que parece uma âncora: tudo que ele fala puxa nossa energia pra baixo. To falando daquele que reclama de tudo: da empresa, do chefe, do cliente, do ticket restaurante….
  • E pra completar, dedicamos nosso tempo não mais aos estudos, não mais na leitura de reportagens do seu setor, não mais a um curso. Passamos a maior parte do nosso tempo fazendo a “Santíssima Trindade” da tecnologia: facebook – whatsapp – instagram!
    Acabou de sair uma pesquisa dando conta de que nós, brasileiros, já gastamos quase 5 horas por dia hibernado nas redes sociais.

A forma como você “alimenta sua mente” determina quem você é e quem você será.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Líder cabeça-dura

Em equipes gerenciadas por um líder “cabeça-dura”, quando um problema acontece é um escândalo. Ele vai atrás do culpado e não da solução. 

Sou partidário da cobrança, da penalização para erros reincidentes e graves. No entanto, a sacada de hoje é levá-lo a compreender  que problemas podem ser fontes inesgotáveis de aprendizado. 

Aconteceu um problema? Alguém falhou? Primeiramente, pare o grupo e tente identificar 4 questões: 

  • O que deveria acontecer? 
  • O que aconteceu? 
  • Quais são as melhorias necessárias para que a falha não se repita? 
  • O que pode ser feito para melhorar da próxima vez? 

Isto é ser um gestor de qualidade, daqueles que contribuem para o desenvolvimento da equipe e não apenas destroem a sua motivação e enterram o entusiasmo. 

Para ser um gestor melhor precisamos, acima de tudo, ter mente aberta para entender o que pode ser mudado e sabedoria para compreender que cada profissional tem o seu time, tem o seu estilo. As pessoas precisam é de DIREÇÃO e não de broncas. 

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Diego Maia na Antena 1 FM

Destacado

No ar desde 2009 (por oito anos na Rádio MPB FM e por 1 ano na Rádio SulAmérica Seguros Paradiso FM), você pode ouvir Diego Maia na tradicional Rádio Antena 1 FM (103,7 do Rio de Janeiro) de segunda à sexta-feira, às 7:30h e às 17:20h.

Perdeu algum comentário ou deseja escutar novamente? Basta acessar  os podcasts na plataforma de streaming de sua preferência (Spotify, Deezer, iTunes, Soundcloud, Google Podcasts, dentre inúmeras outras), procurar por “Diego Maia” e ouvir quando e onde quiser.

Com uma linguagem despojada e inspiradora, Diego Maia fala com muita propriedade sobre empreendedorismo, vendas, marketing e inovação. Em sua coluna também entrevista grandes nomes do cenário empresarial e faz a cobertura de importantes eventos internacionais, como o WebSummit (maior conferência de tecnologia e empreendedorismo do planeta, realizada em Lisboa, Portugal) e a NRF (National Retail, a maior conferência de varejo do mundo, realizada em Nova York).

A Antena 1 Rio ocupa a vice-liderança de audiência entre as emissoras de perfil “adulto-contemporâneo”, em especial nas classes A e B acima de 35 anos de idade. Considerando seu alcance na região metropolitana do Rio de Janeiro, atinge média de 503mil ouvintes por mês. 

Você também pode ouvir os comentários de Diego Maia nas rádios Folha FM (Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense) e Cabo Frio FM (Região dos Lagos do Rio de Janeiro). Veja detalhes aqui.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Como se diferenciar da concorrência e aumentar as vendas

“Diego, tenho uma pequena loja de produtos naturais. É uma loja independente, sempre foi meu sonho ser dona do próprio negócio. Mas recentemente abriu, aqui na mesma rua, uma franquia de uma grande marca deste segmento. Estou com muito medo: se meu faturamento baixar perderei fôlego e minha única fonte de renda. O que fazer?”

O relato da Cristina de Sá me empolga, pois é diante de cenários aparentemente complexos e difíceis que as boas oportunidades surgem na nossa frente. Ao invés de entrar em desespero, por exemplo, o momento é de buscar a inovação

O principal desafio é se diferenciar e se fixar na mente do consumidor. Diante de tantas opções, algo além do básico precisa ser feito.

Ao invés de perguntar “Posso Ajudar?”, por que não dar um sorriso e falar: “Bom Dia, seja muito bem vindo a nossa loja”?

Outro elemento é trabalhar sem medo um mix de produtos diferenciado, fora do comum, que o concorrente não trabalha.

E, depois, criar um pequeno sistema de relacionamento com o consumidor, cadastrando telefone, e-mail, data de aniversário. Não dá mais para viver somente de cliente que entra na loja. Precisamos ir buscá-lo.

Portanto, no varejo não são os grandes planos que dão certo, são os pequenos detalhes. 

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Não é o preço que determina sua venda. É o seu valor!

O mundo mudou, as exigências mudaram, a concorrência está cada vez mais acirrada e muita gente ainda vende (ou continua tentando vender) como antigamente, não entendem sobre VALOR. 

Processos, empresas, produtos e pessoas tem ficado obsoletos cada vez mais rápido. O que funcionava até um minuto atrás não é garantia de que funcionará amanhã. Certamente, a transformação está caminhando num ritmo frenético, quase impossível de acompanhar. 

Mas de tudo fica ao menos uma única certeza:  definitivamente não é o preço que vai determinar se você vende ou se você não vende. O que vai dizer se você cresce ou desaparece é o verdadeiro valor que você e sua empresa proporcionam.

Eu sei que muita gente fala por aí que “você deve gerar valor para o cliente”, “que você deve se diferenciar” e tantas outras coisas do tipo.

Tá okay. Mas como é que se faz isso? Qual o caminho? 

Você que me acompanha sabe que eu não sou o cara que diz “o que fazer”. Em outras palavras, eu sou o cara que mostra “como fazer“, compartilhando caminhos testados, que funcionam. 

Quer vender mais? Participe do treinamento de vendas mais esperado do ano, o “Congresso de Vendas e Motivação – CDPV 2019”, que orgulhosamente apresentarei no dia 5 de junho no Rio de Janeiro. 

Na edição deste ano, eu vou compartilhar contigo um MÉTODO de diferenciação e de blindagem de clientes  totalmente prático, sem teorias arcaicas, em outras palavras, sem todo o esse blá-blá-blá que circula por aí. 

Portanto, o foco é conectar você e sua equipe ao meu mais exclusivo conteúdo de vendas e motivação.

Todas as informações estão aqui!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Pequenos elogios, grandes avanços.

Muitas vezes, pequenas realizações são perdidas quando se olha para o todo. É claro que, para a maioria das empresas, atingir o objetivo financeiro é o principal parâmetro para definir o quão boa a equipe é, mas o que trago hoje é o impacto profissional de pequenos elogios.

Sim, pois o financeiro não pode ser o único parâmetro pra medir o engajamento.

Às vezes, as vitórias são definidas por pequenas vitórias. É por isso que julgo ser fundamental reconhecer os pequenos avanços, mesmo quando o resultado principal não acontece.

Uma equipe de sucesso e otimista é aquela que reconhece em si os pequenos avanços e pequenas conquistas.

Um elogio de cliente é pra ser comemorado. A conclusão de um relatório sofisticado também.

Você que é líder, gestor e empresário, me responda:  em sua empresa seus subordinados estão habilitados a reconhecer os avanços? Ou só há cobrança, críticas e pessimismo?

Incentive seus colaboradores a reconhecer a contribuição e a perceber as pequenas coisas. Comece dando o exemplo e postar um público obrigado por alguns pequenos favores que você vê os funcionários fazendo.

O clima de trabalho é definido pelo grupo. Mas é o gestor o principal responsável para mover o pessoal na direção do que mais importa.

O efeito dos pequenos elogios é incrível. Da mesma forma, que pode ser devastador, caso não exista.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

“Eu treino meu pessoal e não adianta nada!”

Esses dias, após falar sobre TREINO, um empresário do ramo de auto peças me disse assim:

“Diego, eu já treino meu pessoal – eu mesmo faço isso – e não adianta nada. Todos os anos eles até participam de algumas palestras motivacionais, mas  tudo fica na mesma. Eu sinceramente já estou desencantado com as pessoas. Parecem concordar com tudo que eu falo mas quando peço alguma coisa, elas simplesmente não fazem“.

Bom… eu tive que ir direto ao ponto e sem papas na língua respondi que se ele acha que uma conversa fiada com gritos de guerra, com aquelas comoventes mensagens de auto ajuda e aqueles papos de coachs bastam para sua equipe, talvez o trabalho que treinamento que eu desenvolvo através do CDPV, a minha Escola de Vendas, não seja para ele.

Eu acompanho empresas dos mais variados ramos e segmentos há muitos anos, sempre na missão de desenvolver e amplificar suas vendas, a sua atividade comercial, e posso te assegurar: o treinamento – quando bem aplicado, quando feito de forma estruturada e conectada com o mundo real do dia a dia da empresa, com certeza funciona, com certeza faz aquela pessoa que produz X, produzir 2X.

Isto acontece porque minha proposta é sempre entregar para a minha audiência  um conteúdo focado em resultados!

Você já deve ter observado que o que falo aqui é reflexo do mundo real, nada teórico ou acadêmico. Minha proposta está centrada não no “o que deve ser feito”, mas no “como deve ser feito“.

E ai na sua empresa? Tem treinamento? Ele funciona? Me conta!

Ah, e não esquece: dia 05 de junho tem #CDPV2019, o meu Congresso de Vendas e Motivação que vai acontecer ali no Centro de Convenções SulAmérica.

Eu e convidados especiais, como o Sergio Bocayuva, atual sócio e CEO da UsaFlex, conduzimos um treinamento intensivo de vendas que poderá proporcionar a você uma melhoria consistente de sua performance!

Todas as informações estão aqui!

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar