Quem faz as empresas são as pessoas!

Eu já conheci gente que tatuou a logomarca da empresa em que trabalha – e eu to falando de funcionário, não de dono.  Mas você vai ficar de queixo caído com esta história aqui, da mesma forma que eu fiquei quando me contaram.

Cheguei numa empresa do interior de São Paulo para fazer a palestra de encerramento de sua convenção anual de vendas. O clima não tava legal:  um importante colaborador havia falecido.

Fiquei chocado, claro. Mas o que me impressionou mesmo foi a informação seguinte.

O colaborador-falecido havia deixado por escrito uma ordem: queria ser enterrado, pasme você, com a camisa da empresa.

Aquela situação não me sai da cabeça.

O que teria feito a empresa para representar tanto na vida do profissional?

Mesmo com toda a rotatividade – infeliz prática comum nos tempos que estamos vivendo – boas políticas de valorização do ser humano fazem esta sintonia fina entre empresa x colaborador funcionar muito bem.

Se você é um gestor de uma empresa… me responda: você tem colaboradores com um elo tão forte como esse que eu apresentei aqui hoje?

E você, que é funcionário de uma empresa: sua empresa representa algo relevante pra você? Ou é só mais um trabalho?

Participe do maior treinamento de vendas gratuito já realizado na internet: “300 Dias para o Sucesso” vai te posicionar na rota do sucesso. Se inscreva gratuitamente no canal do Diego Maia no Youtube e não esqueça de ativar as notificações!

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Se você pudesse voltar no tempo…

A maioria de nós, em algum momento da vida, pensou no que faríamos se pudéssemos voltar no tempo.

Volta e meia me pego pensando em que tipo de conselho eu mesmo me daria se eu tivesse construído uma máquina que permitisse voltar no tempo. Talvez alguns conselhos de investimento,  talvez estudar mais sobre determinado assunto, talvez confiar menos nas pessoas, talvez mudar a história para melhor

Eu sei, cada um com seu cada qual: nossas visões de mundo podem ser diferentes, o que funciona pra mim pode não funcionar para você.

Mas se tem um conselho que eu me daria se eu pudesse voltar no tempo, seria esse:

“Tenha apenas um – ou no máximo dois –  focos por vez”.

Como seria a sua produtividade se você conseguisse manter o foco em apenas 1 atividade por vez – seja montar um negócio ou mesmo executar uma única tarefa no trabalho?

Eu não chego a me arrepender dos meus muitos focos que tive no passado empresarial, mas eu estou absolutamente convicto de que se eu mantivesse meu foco em tarefas únicas; ou seja, numa única atividade por vez, os meus resultados de hoje – que já são bons pra caramba – seriam muito melhores.

Para atingir um grande objetivo em qualquer que seja a área da sua vida você precisa de dedicação total e extrema, abrindo mão daquilo que, justamente, tira você do foco.

E você? Qual conselho se daria se pudesse voltar no tempo?

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Pare de esperar pelo momento certo: ele simplesmente não existe

Ficar esperando o momento certo ou a oportunidade perfeita para colocar em prática seus planos é um dos maiores motivos pelos quais não conseguimos conquistar nossos objetivos.

Isso não acontece só em termos de negócios. Algumas pessoas passam anos e anos adiando seus sonhos, por acreditar que “ainda não é a hora”.

A gente esquece que o momento perfeito simplesmente não existe. Nunca há um momento certo para você começar seu projeto pessoal, para passar mais tempo com sua família, para mudar um hábito ruim ou começar um hábito bom.

O maior obstáculo para muitos de nós é simplesmente o ato de começar, de parar de deixar para amanhã aquilo que você sabe que precisa fazer hoje. Ou seja: o maior obstáculo entre você e seu plano ou mesmo entre você e o seu sonho, é você mesmo.

Comece onde você está agora e trabalhe com as ferramentas que você tem a sua disposição agora.

Vai por mim: não existe um momento certo para nada. Não existe um timing perfeito. Se parece certo, basta seguir em frente. Não espere até que tudo esteja perfeito. Isto jamais vai acontecer.

Para começar, pare de falar e comece a fazer!

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify, no Deezer ou no iTunes.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

5 coisas que gestores de sucesso fazem diferente!

Hoje eu vou compartilhar 5 coisas que você deve fazer e colocar em prática se quiser ser um gestor de sucesso, acima da média.  

  1. Nunca esteja satisfeito com os resultados: acredite que sempre dá para fazer mais, ter novas ideias e novos projetos. Para o bem e para o mal, a posição de liderança é uma eterna insatisfação. 
  2. Invista em preparação e qualificação: conhecimento nunca é demais. E para um bom líder, buscar ser melhor e mais qualificado, é essencial. 
  3. Cuide e proteja seus funcionários: o gestor eficiente é aquele que conhece e protege as pessoas que estão sob seu comando. O brasileiro troca lealdade por proteção. Quando ele sente que o líder se preocupa, ele se dedica até mesmo além.
  4. Esteja sempre próximo da equipe: esta é uma das principais atitudes que diferenciam líderes extraordinários dos líderes fracos e medianos.  
  5. Tenha humildade para ouvir: nenhum líder – de qualquer segmento, porte ou tamanho –  é verdadeiramente eficiente se não souber ouvir o seu time. 

O líder precisa ouvir e confiar na equipe.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Como você alimenta sua mente?

Nossa mente é como o nosso corpo. Pensa comigo: o que acontece quando uma pessoa se alimenta apenas ou prioritariamente com o chamado “trash food”? Mais cedo ou mais tarde, o corpo adoece.

Com a mente, é o mesmo. Só que o trash food mental está caracterizado por diversos fatores:

  • Aqueles programas de TV que só trazem noticias ruins, como mortes, assaltos, assassinatos, empresas fechando, desemprego aumentando…
  • Ai a gente encontra um colega ou um amigo que tá tão baixo astral que parece uma âncora: tudo que ele fala puxa nossa energia pra baixo. To falando daquele que reclama de tudo: da empresa, do chefe, do cliente, do ticket restaurante….
  • E pra completar, dedicamos nosso tempo não mais aos estudos, não mais na leitura de reportagens do seu setor, não mais a um curso. Passamos a maior parte do nosso tempo fazendo a “Santíssima Trindade” da tecnologia: facebook – whatsapp – instagram!
    Acabou de sair uma pesquisa dando conta de que nós, brasileiros, já gastamos quase 5 horas por dia hibernado nas redes sociais.

A forma como você “alimenta sua mente” determina quem você é e quem você será.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Eu quase que de nada não sei. Mas desconfio de muita coisa…

Aprendi que não importa onde estou, não importa minha origem, não importa o que sou nesse momento. O que importa é onde quero chegar. Eu não sei bem precisar em que momento da vida eu entendi que mudança de estado representa necessariamente uma extrema necessidade de mudança de atitude.

Eu só sei que funcionou comigo.

Antes que os mais puristas me critiquem, me amparo em João Guimarães Rosa:

“Eu quase que de nada não sei. Mas desconfio de muita coisa”.

E quem diria que o pé rapado nascido nos subúrbios do Rio de Janeiro faria mais de 100 palestras por ano, apresentaria um programa de rádio no ar em várias emissoras, que teria 5 livros publicados, que seria considerado um dos maiores influenciadores de vendas do Brasil e que teria um podcast na lista dos top 10?

É comum demais colocarmos a culpa por nossos insucessos na conta de outras pessoas ou mesmo de situações adversas. Mas, na boa, não há verdade maior que essa: “O meu futuro depende de mim”.

Estamos iniciando uma nova década.

Se você quer ser melhor, ganhar mais, montar um negócio, ser promovido, atingir metas, ganhar prêmios, ser convidado pra um emprego mais bacana…  lembre sempre que colhemos o que plantamos e plantamos o que queremos colher.

E essa plantação tem relação com como você se inspira,  como você se estimula e com quem você anda.

Pare por um momento e pense: o que você precisa fazer para se transformar em sua melhor versão?

Vai por mim…  a resposta está ai dentro de você!

Neste Ano Novo eu quero te encontrar no Facebook e no Instagram!

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui

Acabou o ano (e vai começar tudo outra vez)

O ano tá no finalzinho e eu não sei você, mas eu sempre nessa época eu reflito sobre as coisas boas e ruins que aconteceram, faço uma espécie de balanço. Mas, acima de tudo, comemoro as conquistas e busco entender o porquê que algumas metas desse ano não se concretizaram.

Será que não foi por conta de uma supervalorização de sua capacidade? Será que não foi porque você confiou demais em colegas, funcionários ou chefes?

Metas e objetivos foram feitos para serem atingidos, claro. Mas, claro, precisam ser factíveis. E são muito diferentes de sonhos e desejos. Um sonho é algo que começa a ser desenhado na cabeça, mas para virar realidade precisa ter um plano que te ajude a definir algumas coisas:

  • Quem pode me ajudar a conseguir isto que eu quero?
  • Quais são os riscos que estou correndo?
  • O que preciso fazer para viabilizar este projeto? 

O que mais tem por aí é gente que vive olhando pro céu com muita fé, mas com pouca luta no dia a dia.

Para concretizar planos, algumas questões são importantes. Mas a mais importante chama EXECUÇÃO. Que tal dedicar menos tempo nas redes sociais e mais tempo na realização de seus projetos.

Seu futuro agradece!

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

O tempo é finito. Usou, acabou!

Millôr Fernandes dizia que “Quem mata o tempo não é um assassino. É um suicida”. Em outras palavras, o tempo é finito. Usou, acabou!

Todos nós temos o mesmo número de horas, todos os dias. O que nos diferencia é o que fazemos com estas mesmas horas.

Por exemplo, por que muitos de nós ficam perambulando, zapeando, googleando constantemente estressados, reclamando que “não tem tempo pra nada”, enquanto outras pessoas parecem encarar a vida em um estado mais relaxado e feliz, mas ainda conseguem fazer um monte de coisas?

Embora todos nós tenhamos responsabilidades e obrigações, frequentemente isso se resume à escolhas, as nossas escolhas. A questão é que a maioria faz escolhas pobres com o nosso tempo. Cada vez que dizemos “sim” para algo, estamos dizendo “não” para outra coisa.

Nós esprememos nosso dia, mas parece que temos cada vez menos tempo. O brasileiro já gasta quase 6 horas por dia conectado no Facebook, no WhatsApp e no Instagram – o curioso é que são três plataformas de uma mesma empresa. Mas isso é assunto pra outro momento.

O que você faria se, de uma hora para outra, “ganhasse” 6 horas a mais no seu dia?

O tempo é um recurso finito; usou, acabou. Nós não podemos voltar no tempo, mas podemos ser mais seletivos e intencionais com o tempo que temos.

Podemos proteger nosso precioso tempo para as atividades e pessoas que dão as maiores alegrias e o maior significado em nossas vidas. Que tal decretar o fim do uso do smartphone em casa, à noite, quando a família estiver reunida?

Onde há vontade, pode haver um caminho!

Pense nisso e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas e garanta uma palestra inspiradora! 
Solicite uma cotação clicando aqui!

Sobre nossos defeitos e qualidades e os porcos-espinhos no inverno

Eu estava para começar uma palestra para uma importante empresa distribuidora de alimentos quando lembrei da história do porco-espinho no inverno.

E veio a calhar porque eu reparei que naquele grupo as pessoas não se davam muito bem: um criticava o outro, ninguém assumia a responsabilidade de nada, quando a empresa tinha um problema, sempre era culpa do outro colega ou do outro setor….

No inverno em regiões congelantes, muitos animais morrem por causa do frio. Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos.

Assim, se agasalhavam e se protegiam uns aos outros, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.

Por isso, decidiram se afastar uns dos outros e voltavam a morrer congelados.

Precisavam fazer uma escolha: ou aceitariam os espinhos dos companheiros ou desapareceriam.

A decisão, claro, foi a da sobrevivência: decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa próxima podia causar, já que o mais importante era se manter vivo, com o calor do outro.

E assim sobreviveram.

O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas; não existe perfeição! O melhor relacionamento é  aquele no qual cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e admirar suas qualidades.

Quer receber meus podcasts em primeira mão? Assine meu canal gratuitamente no Spotify, no Deezer ou no iTunes.

BóraVoar?

Diego Maia é um dos palestrantes de vendas e motivação mais contratados do Brasil, com atuação também em Portugal, Argentina e Estados Unidos. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas!
Solicite uma cotação clicando aqui!

Sobre águias e galinhas

Eu estava em Tiradentes, Minas Gerais, quando um comerciante local, dono de um restaurante mineiro que eu adoro, me contou a história de um homem do campo que criou um filhotinho de águia junto com suas galinhas.

Ele tratava a pequena águia da mesma maneira que tratava as galinhas, de modo que ela pensasse que também era uma galinha, dando a mesma comida jogada no chão, a mesma água, e ainda fazia a águia ciscar para complementar a alimentação.

Resultado? A águia passou a se portar como se fosse uma galinha.

Certo dia, um vizinho viu a águia ciscando no chão, e foi falar pro amigo: “isto não é uma galinha, é uma águia!

O Camponês falou: “agora ela não é mais uma águia, agora ela é uma galinha!

O vizinho não se deu por satisfeito, “Não, uma águia é sempre uma águia! Vamos ver uma coisa…” e levou-a para cima da casa do camponês. Chegando lá, levantou os braços e, tentando estimular a águia para voar, disse “Voa, você é uma águia, voa!” … mas a águia não voou.

E o camponês então disse: “Eu não falei que ela agora era uma galinha?

No dia seguinte, logo de manhã, eles subiram até o alto de uma montanha.

O vizinho levantou a águia e estimulou o animal: Desperte para sua natureza e voe como águia…

A águia não estava entendendo bem aquela história mas foi ficando maravilhada com a beleza das coisas que nunca tinha visto, ficou um pouco confusa no inicio, sem entender o porquê tinha ficado tanto tempo alienada, vivendo como uma galinha.

Mentalidade de águia!

Acredite: todos nós podemos voar mais alto.

Tenho novidades: assine meu novo canal no Youtube. Você pode ver, em vídeo, todo conteúdo do podcast muitas outras coisas! Assine o canal e ative as notificações!

BóraVoar?

Diego Maia é considerado um dos maiores influenciadores de vendas do Brasil segundo o ranking do Agendor CRM. Leve Diego Maia para sua convenção de vendas! Solicite uma cotação clicando aqui!