O que você busca: oportunidade ou estabilidade?

O que você responderia se eu te perguntasse agora o que você busca: oportunidade ou estabilidade?

A escritora americana Helen Keller viveu no século passado. Ela foi a primeira surda a se formar na faculdade e deixou uma frase que sempre me fez refletir. Ela disse:Segurança é praticamente uma superstição. Vida é aventura ou nada”.

Procuro sempre avaliar os fatores que diferenciam estabilidade da oportunidade. Em outras palavras: as pessoas que focam exclusivamente a estabilidade no seu trabalho e as pessoas que priorizam a geração de oportunidades, tolerando certo nível de risco.

Em linhas gerais, a maior parte de nós, brasileiros, prioriza a estabilidade: um emprego estável com poucas variações, entendendo que assim estão seguras.

Esta análise sempre conflita com um tema que assusta muitos profissionais: a mudança. Uma regra nova, um novo modelo de remuneração, um chefe novo, um novo concorrente. Todo tipo de mudança assusta, e isso é normal. O problema é quando a gente precisa viver uma mudança que nos é imposta e ficamos paralisados diante dela, reduzindo nossa produtividade e eficiência no trabalho.

O primeiro sinal de que uma pessoa não lida bem com uma mudança é que ela se torna reativa; Isto acontece pelo fato de encararem a mudança como algo negativo. Afinal, aquele jeitinho de sempre precisará ser renovado, precisará sair da zona de conforto.

Encarar as mudanças de peito aberto, se esforçando para entender o porque da decisão e o que deve ser feito para ter êxito com as novas práticas modelos diferencia os profissionais de sucesso.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Jornais mais populares do RJ destacam ‘Escola de Vencedores’

Os jornais mais populares do RJ – Extra, O Dia e O Povo –  destacaram a “Escola de Vencedores”. Durante a última semana, os veículos on line e impresso publicaram sobe o programa, que visa transformar o futuro de muitos jovens. A formação é gratuita e garante vaga de emprego para muitas empresas aos finalistas.

“Os jovens escolhidos cursarão quatro módulos: “Cidadania Profissional”, “Posturas Indispensáveis ao Profissional de Sucesso”, “Habilidades em Atendimento ao Cliente” e “Habilidades de Vendas”, publicou o jornal Extra em sua versão on line, na quarta-feira (31/01). 

O jornal O Povo divulgou na íntegra todas as informações sobre o projeto, na edição de sexta-feira (2). E ressaltou a importância da formação para jovens. “Para os profissionais finalistas, a empregabilidade em empresas do Grupo CDPV é garantida e em empresas parceiras.  Este enorme projeto social busca garantir um futuro promissor para jovens com poucas perspectivas de vida”.

Já o jornal O Dia, um dos mais lidos no Rio de Janeiro, publicou também em sua versão on line e impressa, de domingo (4), informações importantes sobre a “Escola de Vencedores”.

“Moradores da região Metropolitana do Rio, com idade entre 17 e 24 anos, podem se inscrever no programa ‘Escola de Vencedores’, que oferece curso gratuito para formação nas áreas de Vendas e Atendimento. As inscrições vão até o dia 28 e devem ser feitas no site cdpv.com.br/escola-de-vencedores”. 

Leia também – Bom atendimento gera credibilidade. 

Com a “Escola de Vencedores”, o CDPV cumpre dois de seus grandes objetivos: oferecer a jovens talentos não apenas o direito de sonhar, mas um caminho para realizar seus sonhos; e para com o empresariado brasileiro, fornecemos mão de obra qualificada e preparada para os desafios corporativos.

 

‘Escola de Vencedores’ forma jovens de 17 a 24 anos para áreas de vendas e atendimento

Qual a principal dificuldade para as empresas brasileiras: a complexidade tributária?  Os altos juros praticados pelos bancos? Ou a falta de mão de obra qualificada e comprometida com resultados?

Nove a cada dez empresários acreditam que o principal impeditivo ou agente postergador de seu crescimento é a falta de mão de obra minimamente adequada para ajudar a empresa a crescer.

O Brasil de 2018 ainda possui uma deficiência muito grande em relação à educação, formação e preparação para o mercado de trabalho, que é a base para o desenvolvimento empresarial. Mesmo com projetos sociais implantados ou surgindo por ONG`s ou órgãos governamentais, ainda somos bastante atrasados com relação aos outros países em desenvolvimento. Por aqui, os investimentos ainda são poucos ou escassos.

Ciente de sua responsabilidade para com o desenvolvimento das empresas brasileiras, o CDPV está lançando a “Escola de Vencedores”, programa intensivo de formação em vendas e atendimento para jovens de 17 a 24 anos, inteiramente gratuito.

Para os profissionais finalistas, garantimos a empregabilidade em empresas do Grupo CDPV e em empresas parceiras. Buscamos com este enorme projeto social garantir um futuro promissor para jovens com poucas perspectivas de vida. Vamos alocá-los em importantes empresas e zelar pelo seu desenvolvimento profissional.

O programa de formação em vendas e atendimento da “Escola de Vencedores” é intensivo e mescla encontros presenciais, aulas on line e tutoria. Os jovens escolhidos cursarão 4 módulos: “Cidadania Profissional”, “Posturas Indispensáveis ao Profissional de Sucesso”, “Habilidades em Atendimento ao Cliente” e “Habilidades de Vendas”.

Leia também – Para ser um vencedor, é preciso ser o melhor.

A inscrição é 100% gratuita e inclui material didático, certificado de conclusão; não há qualquer tipo de mensalidade ou custo para os aprovados, somente sua despesa de locomoção para os encontros presenciais que acontecerão na sede do CDPV, no Centro do Rio de Janeiro.

Com a “Escola de Vencedores”, o CDPV cumpre dois de seus grandes objetivos: oferecer a jovens talentos não apenas o direito de sonhar, mas um caminho para realizar seus sonhos; e para com o empresariado brasileiro, fornecemos mão de obra qualificada e preparada para os desafios corporativos. 

DADOS TÉCNICOS:

  • Escola de Vencedores – CDPV
  • Perfil dos candidatos: jovens de 17 a 24 anos, residentes na região metropolitana do Rio de Janeiro.
  • As inscrições são 100% gratuitas e estão disponíveis em cdpv.com.br/escola-de-vencedores .
  • Os jovens finalistas receberão certificado CDPV, material didático, tutoria e encaminhamento ao mercado de trabalho.
  • Para a próxima turma, as inscrições vão de 01 a 28/2/2018.
  • Fonte disponível: Diego Maia, CEO do Grupo CDPV

 

 

Inovar em meio à crise é uma necessidade

Em tempos competitivos, todos nós, consumidores, buscamos economizar, fazer boas escolhas financeiras e aderimos com muito mais força às promoções como um todo.

É por isso que ações como ‘pague 1 e leve 2’ funciona quase sempre; é por isso que  os shoppings no final de ano ficam com enormes filas para trocar os cupons fiscais pelos cupons de sorteios de carros e viagens.

Um dos principais legados de qualquer crise é ensinar a necessidade de inovar e surpreender o cliente. Quem insiste em fazer o mais do mesmo fica no lugar comum, quando muito. Da grande a micro, todas as empresas precisam fazer coisas diferentes.

Leia também: Ações que fazem o cliente procurar você

Eu vibrei quando vi um novo produto da companhia aérea TAP, que chama “Portugal Stopover”. Olha que sacada: a ação concede ao cliente a oportunidade de visitar dois lugares pelo preço de um! Em uma passagem para Londres ,por exemplo, é possível ficar em Lisboa ou no Porto por até 5 dias sem pagar nada a mais nas passagens.

O programa TAP – Portugal Stopover  oferece ainda descontos em hotéis, restaurantes e estadia. Tem até 1 garrafa de vinho como cortesia nos restaurantes conveniados.

Esta é ou não é uma ação que traz um impacto positivo na vida das pessoas?

E sua empresa? O que tem feito para inovar e se diferenciar da concorrência? Conta lá no meu Facebook .

 

Dilemas de carreira

Ela quer pedir demissão, mas não sabe como. Qual será a melhor maneira de sair da sua empresa sem deixar as portas fechadas?

A Mariana me escreveu lá de Portugal contando que está passando por um verdadeiro dilema na sua carreira. Ela recebeu uma oferta de emprego da empresa “A” e acabou aceitando a proposta. Só que no meio do caminho surgiu outra oportunidade melhor na empresa “B” e ela está querendo voltar atrás em sua decisão e aceitar essa nova oferta.

Ela quer pedir demissão, mas não sabe como. Qual será a melhor maneira de sair da sua empresa sem deixar as portas fechadas?

Continuar lendo

Os 4 passos comportamentais para superar adversidades

crise-oportunidadeEsta semana é dedicada a comentar alternativas e posturas necessárias para empresas que querem não apenas sobreviver, mas crescer nestes períodos mais turbulentos.

Ontem comentei que existem 4 comportamentos indispensáveis para este momento. O primeiro é “fazer coisas diferentes”. O segundo é “trabalhar mais”.

O terceiro é Deixar de lado essa insatisfação e este clima de desânimo que tem assolado muitas empresas e muitas pessoas.  Eu sei que há empresas, que há companhias que têm sofrido muito com este momento brasileiro, mas tem outras que estão ganhando dinheiro. É aquele famoso ditado que você já conhece “Enquanto alguns choram sempre tem alguém vendendo lenço.”

E o quarto passo importante para a gente atravessar este período e faturar é:

Acreditar. Acreditar que é possível. Se as pessoas que trabalham na sua empresa não acreditam, porque que os clientes vão acreditar? Se as pessoas que trabalham contigo estão desanimadas, de baixo astral, pessimistas, porque que as coisas boas vão acontecer? É aquela tal questão: “Coisa ruim atraia coisa ruim, pessimismo atrai pessimismo.”

Então acima de tudo: acreditar que é o momento sim de faturar e crescer faz toda a diferença para aquelas empresas e para aquelas pessoas que querem não apenas sobreviver, mas crescer neste momento turbulento.

Em outubro iniciarei um grande tour ao redor do Brasil com o incrível e inédito Workshop “Missão Possível – como aumentar suas vendas em períodos turbulentos”. É um encontro ideal para empresários, gestores e profissionais de vendas visionários, onde apresentarei as melhores estratégias e ferramentas  para não apenas sobreviver, mas para crescer. As datas já confirmadas são: 01/10/15 no Rio, 06/10/15 em Cabo Frio – RJ e 23/10/15 em Salvador – BA. Saiba mais aqui. 

Como crescer em períodos turbulentos

Muitas pessoas têm mandado mensagens perguntando o que podem fazer para superar este momento mais competitivo, mais turbulento que estamos vivendo no Brasil.

ideograma_chines_criseSão pessoas de Norte a Sul do País, de Capital e do Interior, pessoas de vendas, pessoas de administração, pessoas de todas as áreas da economia.

Eu realmente acredito que existem quatro  ingredientes indispensáveis, para quem quer não apenas passar, atravessar este momento de competição acirrada como também ganhar dinheiro, não apenas sobreviver  mas crescer neste momento competitivo! Sim, isto é possível!

São quatro ingredientes e dois deles falarei hoje:

1º – Fazer coisas diferentes. Aquilo que trouxe a gente até aqui, até onde agente está agora não garante o sucesso no futuro. Então eu devo me perguntar todos os dias “O que eu devo fazer para melhorar”? Para entregar melhor este serviço que eu presto? Seja para meu chefe, seja para meu cliente, seja para meu colega.

A segunda grande questão nesse momento mais competitivo, mais acirrado é Trabalhar mais. Esses momentos competitivos não são favoráveis para aquelas pessoas que não gostam de trabalhar, e olha que no Brasil temos muita gente desse tipo. Ou seja, se eu trabalho de 9 as 18hrs, infelizmente ou felizmente eu tenho que trabalhar de 8 as 19hrs, eu tenho que acordar mais cedo, dormir mais tarde, preciso captar mais informações, eu preciso ler mais estudar mais, falar com mais pessoas.

Fazer coisas diferentes e se dedicar mais! É o caminho para quem não quer ser tragado por esta maré de notícias ruins.

Em outubro iniciarei um grande tour ao redor do Brasil com o incrível e inédito Workshop “Missão Possível – como aumentar suas vendas em períodos turbulentos”. É um encontro ideal para empresários, gestores e profissionais de vendas visionários, onde apresentarei as melhores estratégias e ferramentas  para não apenas sobreviver, mas para crescer. As datas já confirmadas são: 01/10/15 no Rio, 06/10/15 em Cabo Frio – RJ e 23/10/15 em Salvador – BA. Saiba mais aqui. 

F.É = Foco e Execução!

Como você deve ter reparado, tirei a semana para responder a e-mails dos queridos ouvintes (da Rádio carioca MPB FM), leitores deste blog e seguidores do Twitter e Facebook. . Eu sempre disse aqui e reforço agora: eu tardo, mas não falho! Respondo pessoalmente a todos.

Hoje quem escreveu foi a Roseana, que atualmente é proprietária de uma empresa de revestimentos. Ela diz:

“Sempre que possível te escuto na rádio, admiro e ouço com bastante atenção todas as suas dicas. Eu trabalhei no serviço público durante 21 anos. No final do ano passado, com a mudança de governo, fui exonerada e decidi mudar radicalmente.  Continue lendo…

Continuar lendo