As armadilhas que impedem nosso crescimento

Existem dezenas de armadilhas que impedem o nosso crescimento no trabalho, e porque não dizer, na vida também. Hoje eu destaco duas delas, que acabei de presenciar em uma mesma pessoa.

Primeiramente, SER INTOLERANTE OU INFLEXÍVEL é um problemão. O velho e bom jogo de cintura é indispensável no trabalho, principalmente em relação aos colegas, clientes e gestores. Os donos da verdade, geralmente, têm vida curta nas empresas. São os relacionamentos e as atitudes que impulsionam ou sabotam as carreiras.

Outro comportamento que presenciei na mesma pessoa é: ficar esperando uma ordem ou orientação para executar suas tarefas. Da mesma forma forma, quando cobrado, o profissional fala  “não fiz por que fulano não me falou que era para fazer” ou qualquer outra maldita afirmação do gênero.

O objetivo de um profissional – independente do cargo, ramo ou empresa que atua – deve ser sempre entregar resultados e jogar para ganhar. E nunca “apenas para cumprir tabela” -, parafraseando o mundo do Futebol – e no caso do trabalho, apenas para cumprir horários.

Em conclusão, você se enxerga nesse texto e sente que precisa de um UP na sua vida comercial?

Conheça o VENDAS DE ALTO IMPACTO!

Todos os detalhes do treinamento “Vendas de Alto Impacto”, que é destinado a empresários, profissionais liberais, representantes comerciais e todo mundo que precisa melhorar resultados de vendas estão aqui.

Aproveite e me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

Resumindo… #BóraVoar!

Nem todo mundo vê o mundo como você vê

Nem todo mundo vê o mundo como você vê

Publiquei a frase que dá nome a este post estes dias em meu Facebook. Deu o que falar.

E escrevi movido a um grande desafio empresarial, que é sempre acreditar que as pessoas que não fazem as coisas da forma como você faz estão erradas.

  • Tem gente que  julga um cliente que não compra sua ideia e dá a ele um apelido infame.
  • Tem gente que critica um colega por esta ou aquela ideologia, posição política ou crença.

Você sabe que as pessoas não são iguais e não pensam da mesma forma que você. E isto é ótimo! Imagina se todos nos pensássemos a mesma coisa e agíssemos da mesma forma? Continue lendo e confira esta reflexão!

Continuar lendo

Para ser, aja como se fosse!

Hoje é dia de responder o advogado Bryan Rojtenberg. No e-mail, ele duvidou que eu responderia. E aqui estou!  Se tivesse apostado, o doutor teria perdido.

Ele diz: “Tenho um pequeno escritório de advocacia, com sala própria e apenas uma sócia, sem empregados. Meu custo mensal é bem pequeno, mas meu lucro por enquanto também! Sou especializado em Direito do Consumidor, direito do trabalho, responsabilidade civil e contratos, e minha sócia em Direito Penal.

Tento seguir esta linha: ‘o cliente que entra pela porta adentro do meu escritório será meu cliente, não sairá sem assinar procuração’.

Infelizmente ou felizmente por este lema, fico restrito a contratos de valores muito pequenos, até mesmo com cláusulas de êxito, com recebimento no final.

Cobro valores pequenos para distribuir o processo, mas que garantem o meu tonner e luz do escritório. O que faço para alavancar contratos mais avantajados, com valores mensais maiores? Ainda não temos CNPJ. Preferi dar entrada nesta burocracia quando conseguirmos um contrato que valha a pena, além de exigir tal documento.”

Continuar lendo

MPB FM chega ao fim…

Nova rádio

É isso mesmo. Foram 8 intensos anos no ar. Quase 3000 dias. Conteúdo inédito (quase que) diariamente. Com toda certeza mais de 50mil emails recebidos. Histórias. Gente querida. Reconhecimento.

Obrigado Ariane Carvalho pela porta aberta. Gratidão eterna. Um especial agradecimento a João Carlos Dias, Viviane Groisman, Paulo Loffer, Luciano Gomes, Taissa Cordeiro,  Guilherme, Camila Correa e todo o time de estúdio.

Vamos com tudo!

Atualização: tão logo a MPB FM saiu do ar, fui contratado pela rádio SulAmérica Paradiso FM, liderada pelo craque Luiz Calainho. Agora, o “Mundo Empresarial” está no ar de segunda à sexta, às 7:40h e 17:30h nos 95,7 FM. 

Mas você pode me escutar também no serviço de Podcasts do seu iPhone (ou iPad ou iTunes) clicando aqui, ou também pela SoundCloud. Conecte-se comigo!

O sucesso está ligado diretamente à inovação e marketing

O sucesso está ligado diretamente à inovação e marketingOlha,  96% das empresas fecham as portas nos seus 10 primeiros anos de vida. E isso não significa que os 4% restantes necessariamente tiveram sucesso. Significa que elas sobreviveram.

O CDPV, empresa que fundei e dirijo, completa este mês 13 anos de vida e eu sei bem sobre este tipo de aventura.

O que faz uma empresa tropeçar e falhar? O que faz uma empresa ter sucesso? O que faz a diferença? Peter Drucker, uma das maiores mentes de negócios do nosso tempo, sustentava que tudo começa com dois fatores principais: inovação e marketing. Continue lendo…

Continuar lendo

Rastreie e avalie seus concorrentes

Rastreie e avalie seus concorrentes. diegomaia.com.brHoje quem escreve é o Felipe. Ele diz: “Eu minha esposa somos seus fãs e te ouvimos praticamente todos os dias. Montamos uma empresa de entrega de refeições que está completando um ano de vida. Desde o início, o nosso plano era começar dessa forma para posteriormente, com organização e planejamento, abrirmos uma pensão ou restaurante com comida a quilo e permanecer com este formato de distribuição. O que fazer para conseguir conquistar este objetivo?”

Olha Felipe, uma frase que sempre me acompanhou é esta, do poeta americano Robert Frost: “Duas estradas divergiam em uma bifurcação, e eu peguei a menos percorrida. E isso fez toda a diferença”.

Dificilmente o caminho mais curto, mais legal, mais bonito e mais florido nos trás resultados. É preciso mais do que entusiasmo, dedicação e boas ideias.

Minha dica para você é…

Continuar lendo

Quatro aspectos para se manter motivado no trabalho

soundcload-4-aspectos-para-se-manter-motivado_700x400Ficar, ser e estar motivado no trabalho é resultado de ao menos quatro aspectos. Os três primeiros são sobre o contexto. O último é sobre você. Se você quer ser um profissional de alta performance, altamente motivado e engajado, leia este post!

Continuar lendo

Cuidado com os muros ideológicos!

Jéssica tem 19 anos e trabalha com vendas numa empresa de empréstimos consignados. Em seu e-mail ela contou que a empresa é boa, motivadora e está sempre em dia com seus compromissos, mas Jéssica se sente limitada lá dentro. Jessica garante que entende muito do assunto e gostaria de trabalhar por conta própria: abrir o seu próprio negócio, nesta mesma área. A pergunta dele é esta: “O que faço para iniciar? Muitos me julgam pela idade, mas sei que tenho determinação pra conseguir o que eu quero”. Continue lendo e veja o que respondi…

Parece que Jéssica foi fisgada pela “mosca azul” do empreendedorismo. Mas está no rumo certo para o sucesso. Só não pode tomar decisões sem pensar. Ainda há tempo para fazer o melhor.

Antes de sair por aí procurando um contador ou preparando um contrato social por conta própria, Jéssica deve construir uma análise detalhada do setor, criando um plano de negócios.

Jéssica deve criar um diferencial único e chamativo: estou falando de uma prática que nenhum concorrente execute hoje!

Jéssica deve ler e estudar visando buscar também esta outra diferenciação:  não seja uma empreendedora cheia de razão, que acha que já sabe de tudo!

A gente nunca está pronto para abrir um negócio, principalmente o primeiro negócio. Quem fala que está, ou é ingênuo ou é louco.  Um friozinho na barriga é normal, o medo é normal! Não pode ser um medo paralisante!

Cuidado com os muros ideológicos ao seu redor. Muitas pessoas certamente querem que você siga o fluxo da boiada. Esqueça os velhos conceitos: “quem nasce pobre, morre pobre” ou, pior, “arruma um emprego nem que seja com salário baixo para se manter”…

A maioria aceita passivamente e sem questionar estes argumentos. Mas o fato é: a sociedade permanecerá limitando a sua vida somente se você permitir.

Continue me escutando no Rádio: 

  • No Rio de Janeiro, na Rádio MPB FM (90,3): de segunda à sexta às 8h e 18h.
  • Em Salvador, Bahia, na Rádio A TARDE FM (103,7): de segunda à quinta às 14:26h e 20:57h.

Vale à pena contratar estagiários?

Quando comecei a minha carreira, e isso não faz tanto tempo assim 🙂 , tive a imensa felicidade de ter sido contratado como estagiário por algumas empresas. Foi uma época de muita ralação, pouca grana e uma incrível vontade de aprender muito! Cheguei a fazer 3 estágios simultâneos e ainda tinha a faculdade, à noite. Não me pergunte como eu consegui dar conta disso, eu mesmo não sei…

Uma das experiências me marcou bastante, já que encontrei uma líder com conteúdo e disposta a ensinar a pescar: ela não dava a vara, não mostrava onde estavam os peixes, mas mostrava o caminho. Certamente esta moça, que chama Lou Magalhães (de vez em quando escreve em seu blog Comentalidades) fez isso de forma consciente e deu no que deu.

Contratar estagiários é um bom investimento para a empresa. E isso não tem qualquer relação com contratar mão-de-obra barata que carrega todo tipo de piano. Continue lendo…

Continuar lendo

Empresa Familiar: pequenos grandes questionamentos

Hoje quem me escreve é o Espíndola. Ele é proprietário de uma empresa tipicamente familiar, aparentemente empregando uma boa quantidade de parentes. Ele diz:

“Sou Ouvinte de suas dicas na MPB FM. Nesses dias fizeste um comentário sobre  Empresa Familiar, afirmando que a maioria destas nem chegavam a terceira geração. Concordo plenamente. Mas o Sr. diz que a falta de profissionalismo é uma das causas pelo qual a empresa não consegue ir mais longe. Não concordo. Uma das causas com certeza é não estar fazendo o que gosta e por isso não faz bem feito.  E fala que se trabalha Pai, Mãe e filho e assim por diante esse deve esquecer do grau de parentesco e que cada um seja tratado pelo nome…

Continuar lendo