Crescer ou ficar pequeno é uma questão de decisão.

Carla é ouvinte assídua do meu programa de rádio e escreveu uma linda mensagem contando seu atual momento.

É empresária do ramo de beleza e bem-estar e montou, há sete anos, a empresa que sempre sonhou. Ela fatura o que projetou para se manter e crescer. Tem 30 funcionários mas confessa estar se perdendo na gestão do negócio, principalmente na parte burocrática, administrativa e contábil.

A empresa tem crescido e Carla está ciente de que quando uma empresa cresce e envelhece, crescem juntos os problemas, as dificuldades, a burocracia, por exemplo. Além das obrigações trabalhistas, passivos, certidões, dezenas de órgãos reguladores… é surreal a quantidade de obrigações que precisamos cumprir pra manter uma empresa dentro da lei. Confira meus comentários…

Continuar lendo

Seja um Líder produtor de estrelas (e não a estrela em si)

Eu já falei sobre as práticas e atitudes que separam de forma significativa um bom líder de um líder ruim e isso tem causado uma certa polêmica. Mas hoje, sem papas na língua vou falar sobre como ser um líder produtor de estrelas, e não a estrela em si!

Continuar lendo

Como aumentar as vendas imediatamente

Destacado

Como aumentar as vendas imediatamente

Emanuel escreveu falando que tem duas clínicas de ortodontia. Seu negócio há muito deixou de ser só por paixão: ele profissionalizou e hoje entende que pacientes são clientes e que cada minuto “na cadeira” precisa ser rentável. Ele está apreensivo com esta tal de crise, acha que tratamento ortodôntico é uma das coisas que as pessoas cortam primeiro quando precisam economizar. E pede ideias para não sofrer tanto.

Continuar lendo

O problema da administração de finanças

Administrar as finanças da empresa é um desafio quando o empresário não gosta ou não domina certos conceitos técnicos, como faturamento, lucro, capital de giro e ponto de equilíbrio.

Leia também: Empreendedor precisa ser exemplo 

E, em muitos casos, além de não dominar o assunto, estão tão concentrados em fazer o negócio acontecer que não investem o tempo necessário para organizar as finanças. São tão obcecados em gerar negócios que deixam de lado questões importantes no aspecto administrativo.

Um erro básico é não dimensionar o quanto precisa para o capital de giro. E, quando chega a folha de pagamento ou as contas dos fornecedores, o empresário descobre que ainda não recebeu dos clientes. E começa um futuro grande problema.

Outra falta grave: quem mistura as contas pessoais com as contas da empresa não consegue visualizar os resultados do negócio nem fazer o balanço correto para saber se está dando lucro ou não.

Continuar lendo

Surpreender clientes é a solução

cliente em primeiro lugarSandro escreveu falando que tem uma distribuidora de descartáveis e materiais de limpeza com 10 funcionários. Ele pede ideias para administrar melhor seu negócio e pergunta onde e como consegue assistir uma de minhas palestras presenciais.

Sandro:  eu acredito que para uma pequena empresa crescer e vencer, como sempre falo por aqui, precisa ter um diferencial competitivo verdadeiro, precisa estar disponível nos mais diversos canais de interesse do cliente, e precisa ter uma operação comercial ATIVA e não receptiva.

Veja só: você precisa ser acessível. Seus clientes precisam e desejam fazer pedidos das mais variadas formas e quase todas são digitais.

  1. Quais são seus canais de atendimento? O telefone e o email tem ficado, cada vez mais, parados no tempo. Receber pedidos por WathsApp e Facebook não são mais uma tendência, mas uma realidade para muitas empresas.
  2. Seu catálogo de produtos e seus preços são acessíveis? Estão on line? Que tal um aplicativo para smartphone com a disponibilidade e tabela atualizados? Essa de o cliente ter que ligar ou enviar um email pedindo preço atrasa o processa e deixa o cliente vulnerável a ofensivas da concorrência.

Surpreender os clientes é a solução.

E sobre como participar de minhas palestras, deixo este recado: em julho realizarei o “Seminário Empresas Inovadoras” num resort em Búzios, Rio de Janeiro. Serão 100 empresários participantes, dedicados a repensar as estratégias de seus negócios. Veja mais aqui.

A busca por conhecimento é vital para empresários e gestores

empresário de sucessoTer uma empresa sólida não é algo que se constrói de uma hora para outra. É preciso ter paciência para entender e aceitar isso como um processo natural.

Mas como você sabe, nada cai do céu.

Muita gente me escreve buscando uma dica mágica ou um insight revolucionário. Eu sempre respondo que não existem fórmulas prontas para o sucesso de uma empresa, mas o empresário tem de buscar informação e usar a própria experiência no mercado para melhorar o negócio e fazer o negócio prosperar.

As pessoas me conhecem por conta do meu programa de rádio, por conta das palestras que ministro Brasil à fora, ou mesmo por conta dos meus livros. Apenas alguns sabem que além disso tudo, dirijo um grupo de empresas com mais de uma centena de funcionários. Talvez por isso as pessoas encontram muita propriedade naquilo que eu falo, já que não se trata de teoria não testada.

Mesmo assim, não abro mão de continuar investindo no meu próprio desenvolvimento.

Eu tenho como meta pessoal ler pelo menos 8 livros por ano e faço ao menos 2 cursos anuais, daqueles que podem despertar alguma coisa nova pro meu trabalho ou mesmo relembrar práticas de gestão que a pressão da vida me fez colocar em segundo plano.

Para um empresário – de qualquer tamanho ou segmento – buscar informação e conhecimento é tão importante quanto manter as finanças em dia ou manter contato periódico com seus principais clientes, por exemplo.

E você – empresário ou gestor – , a quanto tempo não investe no seu desenvolvimento à frente do negócio?

Me dedico pessoalmente a contribuir com o desenvolvimento de pessoas e empresas. Por isso, eu e minha equipe realizaremos em julho o Seminário Empresas Inovadoras. Será no resort Blue Tree Park em Búzios no Rio de Janeiro. Receberemos empresários de diversos estados brasileiros para  4 dias e 3 noites dedicados a pensar e a repensar as estratégias de sua empresa. Se você é empresário ou gestor, participe.