Por que algumas pessoas são mais bem-sucedidas?

Você saberia responder por que algumas pessoas são mais bem-sucedidas do que outras?

Deixando de lado o quesito “sorte”, há realmente apenas duas explicações para o sucesso: talento e esforço. 

  • Talento diz respeito às capacidades, habilidades e conhecimentos que determinam o que uma pessoa pode fazer. 
  • Esforço diz respeito ao grau de intensidade em que a pessoa se dedica aos seus projetos e metas.

O trabalho duro ajuda as pessoas a compensar níveis mais baixos de talento, mas elas precisam estar cientes de suas limitações. 

Eu sempre prefiro contratar uma pessoa absolutamente determinada a atingir seus objetivos do que aquela que possui uma boa formação e um currículo bonito, por exemplo.

Depois que falei isto em uma convenção de gerentes e líderes de uma rede de varejo, um profissional me perguntou: “Mas Diego, então empresas devem parar de buscar talentos bem formados?“.

“Não é bem assim”, respondi. Considere o seguinte:

Algumas pessoas talentosas podem fazer uma enorme diferença na vida das empresas.   Em qualquer empresa, elas fazem uma contribuição desproporcional para o resultado final. Também aqui encontramos novamente a Lei de PARETO aplicada, pode conferir. Cerca de 20% dos profissionais são responsáveis por 80% dos resultados. Neste grupo de 20% encontramos tanto os talentosos quanto os esforçados. 

Os problemas começam a surgir quando o talento é superestimado pelos superiores e quando os 80% não produtivos conseguem fazer um peso maior na atmosfera de produtividade da empresa frente aos efetivamente produtivos. Mas estes são assuntos para outro comentário.

Me adicione no Facebook, no Instagram e no Spotify.

#BóraVoar

Sucesso é uma questão de treino ou de sorte?

Sucesso é uma questão de treino ou de sorte?Eu acredito que sucesso não é dom e não está relacionado ao talento. É claro que a gente sempre nasce com alguma pré-disposição para alguma atividade. Mas os genes não determinam o nosso sucesso.

Leia também: Três erros que até os melhores líderes cometem

Isso é bom, porque quer dizer que basta você se esforçar para melhorar o seu desempenho, independente do que você faça. E isso é ruim também, porque você depende apenas do seu suor para chegar lá, no seu objetivo.

É aqui que pode entrar em cena uma técnica chamada 10 mil horas”.

Leia também: As crenças limitadoras

Continuar lendo