• CDPV - Escola de Vendas

Os 13 melhores filmes de vendas, motivação e empreendedorismo

Diego Maia, considerado o palestrante de vendas mais contratado do Brasil, traz uma exclusiva lista com os 13 melhores filmes sobre vendas, motivação e empreendedorismo que todo mundo deve assistir. Imperdível!



"Um grande diferencial que qualquer um de nós pode ter é se manter em estágio de permanente aprendizado. Eu aprendo com tudo que acontece a meu redor: em o papo com a "tia" da copa, com o mensageiro de um hotel que se disponibiliza para carregar minha mala, numa palestra ou assistindo um filme". Foi assim que Diego Maia abriu uma recente aula disponível na Academia de Vendas.


Para ele, aprender e se inspirar com filmes é uma atividade que "resolve" vários problemas: o acesso a cultura, a melhora do argumento, a ampliação da sensibilidade, a identificação de nuances que corriqueiramente passam despercebidas...


Por isso, pedimos a ele que prepara-se uma lista com os 13 melhores filmes de vendas, motivação e empreendedorismo, aquelas obras do nosso tempo que são indispensáveis e que devem ser revistas sempre que precisarmos de inspiração.


Vamos agora para a lista com os 13 melhores filmes sobre vendas, motivação e empreendedorismo:


1- Fome de Poder (2016)

2 - Walt Antes do Mickey (2015)

3 - A Procura da Felicidade (2006)

4 - O Lobo de Wall Street (2013)

5- Moneyball: O homem que mudou o jogo (2011)

6- Coco Antes de Chanel (2009)

7- Joy – O Nome do Sucesso (2015)

8- Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994)

9 - Jobs (2013)

10 - A Rede Social (2010)

11 - De Porta em Porta (2002)

12 - A Grande Aposta (2016)

13 - Cidadão Kane (1941)



Seja sócio(a) da Academia de Vendas, a maior comunidade de vendas e gestão de vendas do Brasil

1- Fome de Poder (2016)


Este filme conta a história com detalhes sobre a ascensão do McDonald's, uma das maiores redes de fast food do mundo. Após receber uma demanda sem precedentes e notar uma movimentação de consumidores fora do normal, o vendedor do estado americano de Illinois Ray Kroc (Michael Keaton) adquire uma participação nos negócios da lanchonete dos irmãos Richard e Maurice "Mac" McDonald no sul da Califórnia e, pouco a pouco, foi eliminando os dois da rede e transforma a marca em um gigantesco império alimentício.


Esse filme nos apresenta a importância do cuidado nas negociações, além do valor de uma marca com boa reputação e traz pelo menos 6 pontos importantes sobre empreendedorismo e mundo dos negócios que servem de grande ensinamento:


O que podemos aprender com o filme "Fome de Poder":

  • Nem sempre o produto final é o diferencial;

  • Melhoria contínua é essencial para o sucesso;

  • Não pense somente em dinheiro, existem ambições mais divertidas. Como diz Diego Maia em um de seus livros, "dinheiro é consequência de um produto bem feito e de um serviço bem prestado".

  • Busque sócios conectados com o negócio (e não apenas aqueles que querem lucrar);

  • Você é (ou ao menos deveria ser) o melhor vendedor da sua ideia;

  • Boas ideias são importantes, mas implementação é mais. Diego Maia sempre reforça que "uma ideia sem execução é alucinação".


Você pode se interessar também:


2 - Walt Antes do Mickey (2015)

Baseado na história real de Walt Disney, o filme retrata os primeiros anos da carreira do desenhista e dramatiza de forma muito honesta os obstáculos que ele precisou superar antes de criar seu desenho mais famoso, o Mickey Mouse, a raiz do império Disney.


Sem dúvida alguma, Walt Disney foi um dos maiores empreendedores de todos os tempos. No decorrer da história é possível chorar com as dificuldades e também se emocionar com sua capacidade de superação. Walter Elias Disney desde pequeno já usava as paredes do celeiro do seu pai como telas para seus desenhos e o filme mostra muito bem o crescimento de um império.


Os principais ensinamentos que podemos tirar do filme "Walt antes do Mickey" são:

  • Não desista dos seus sonhos, e não ofusque o talento que você tem dentro de si. Acredite e lute por ele;

  • Não desista diante dos obstáculos;

  • Seja humano com as pessoas;

  • Confie na sua criatividade e na sua capacidade de se reinventar;

  • Não espere, faça acontecer e transforme dificuldades em oportunidades

  • Acredite nos seus sonhos. Walt Disney dizia sempre: "se você pode sonhar, você pode realizar"


3 - A Procura da Felicidade (2006)



Estrelado por Will Smith, este filme traça o caminho do vendedor e empresário norte-americano Chris Gardner de um jeito bastante realista, mostrando uma série de derrotas antes que ele fosse contratado por uma corretora de valores.


Christopher Paul Gardner era um pai de família que na década de 80 foi abandonado com um filho pequeno pela esposa e acabou morando em abrigos para sem-teto. Falido e sozinho, lapidou no seu íntimo um comportamento empreendedor que o fez dar a volta por cima e colocar mais de 300 milhões de dólares no bolso.


E ele fez isso através da venda! "A venda tem o poder de resolver quase todos os problemas", enfatiza Diego Maia, o palestrante de vendas mais contratado do Brasil.


Separamos 5 lições de comportamento empreendedor e da mentalidade vendedora de Chris Gardner:


1. Não aceite um plano B. Insista no seu PLANO A;

2. Use e abuse de suas habilidades;

3. Ser humilde e sincero são a base do sucesso;

4. Na hora do aperto, ache seu prumo no eixo entre a resiliência e desespero;

5. Encare as suas "montanhas": a vida é feita de altos e baixos, subidas e descidas.



4 - O Lobo de Wall Street (2013)


Dirigido por Martin Scorsese (o que por si só já garantiria ser um filme extraordinário) conta a história real de Jordan Belfort (interpretado por Leonardo DiCaprio), um corretor de ações que, aos 26 anos, ganhava 49 milhões de dólares por ano através de fraude, corrupção e lavagem de dinheiro.


Durante seis meses, Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) trabalhou duro em uma corretora de Wall Street, seguindo os ensinamentos de seu mentor Mark Hanna (interpretado por Matthew McConaughey). Quando finalmente consegue ser contratado como corretor da firma, acontece o Black Monday, que faz com que as bolsas de vários países caiam repentinamente. Sem emprego e bastante ambicioso, ele acaba trabalhando para uma empresa de fundo de quintal que lida com papéis de baixo valor, que não estão na bolsa de valores.


É lá que Belfort tem a ideia de montar uma empresa focada neste tipo de negócio, cujas vendas são de valores mais baixos mas, em compensação, o retorno para o corretor é bem mais vantajoso. Ao lado de Donnie (Jonah Hill) e outros amigos dos velhos tempos, ele cria a Stratton Oakmont, uma empresa que faz com que todos enriqueçam rapidamente e, também, levem uma vida dedicada ao prazer.


O filme traz bons exemplos de empreendedorismo e de como não se deve agir no mundo dos negócios. Colhemos dessa obra cinco lições sobre dinheiro e empreendedorismo, sendo as três primeiras lições positivas e as duas últimas negativas:


  • "Saber vender é o antídoto para quase todos os males", ensina Diego Maia. Aprenda a ser persuasivo;

  • Tenha paixão e foco no que faz;

  • Se você é um líder, contrate Pessoas com potencial. Diego Maia chama este tipo de profissional de "jogadores Classe A";

  • Acredite no ditado “Quando esmola é demais santo desconfia”. Não existe dinheiro fácil nem ganho rápido. Se te oferecerem algo assim, saia correndo;

  • Sonhe Grande, mas sem mentir e sem passar por cima de outras pessoas.


5- Moneyball: O homem que mudou o jogo (2011)


Baseado em fatos reais e lançado em 2012, "O homem que mudou o jogo" é a história de Billy Beane, gerente do time de baseball Oakland Athletics. Com pouco dinheiro em caixa e a ajuda de Peter Brand, ele desenvolveu um sofisticado programa de estatísticas para o clube, fazendo com que ficasse entre as principais equipes do esporte nos anos 80, um fato realmente marcante para o esporte e a forma que os times podem construir equipes vencedoras.


Hoje é possível assistir ao filme no aplicativo Netflix, então, se você ainda não viu, corre lá e confira.


O filme "O homem que mudou o jogo" traz traz muitas lições. Veja as que separamos para você:


  • Esteja atendo as mudanças e antecipe cenários;

  • Seu tempo é precioso, cada segundo conta. Valorize-o;

  • Com criatividade e pouco dinheiro é possível sim construir grandes histórias;


Você pode se interessar também:



6 - Coco Antes de Chanel (2009)


Mesmo que você não entenda absolutamente nada sobre o mundo da moda, certamente compreende o significado da marca Chanel. Considerada uma das mais importantes empresas de vestuário e itens de luxo do mundo, foi fundada por Gabrielle Bonheur Chanel, considerada uma mulher à frente do seu tempo e um importante exemplo de empreendedorismo feminino.



O filme mostra a trajetória de Gabrielle, desde a infância difícil em um orfanato ao início do surgimento de sua bem sucedida marca.


Por quebrar padrões da época, apresentar modelagens inovadoras e criar o que hoje é referência de qualidade, Chanel literalmente ditou moda. Não só no modo de vestir das mulheres, mas também no comportamento.


O filme Coco Antes de Chanel conta com muita lucidez que a empreendedora não tinha medo de ser diferente. Detestava o estilo pomposo característico da moda feminina daquele tempo. Aboliu os desconfortáveis espartilhos e passou a adaptar trajes masculinos para si mesma, com cortes mais retos e menos extravagância.


O que podemos aprender como o filme "Coco Antes de Chanel"?

  • Não tenha medo de romper padrões;

  • Valorize sua rede de relacionamentos, a chamada "networking";

  • Preocupe-se com qualidade dos produtos e serviços que vende, mesmo se você atua com produtos e serviços populares.




7- Joy – O Nome do Sucesso (2015)


Joy é um filme legítimo de superação e não poderia faltar na nossa lista com os 13 melhores livros de vendas, motivação e empreendedorismo.


Filmado por David Russell e inspirado na história de vida de Joy Mangano, interpretada por Jennifer Lawrence. Joy se mostra habilidosa e criativa desde a infância, tem sua primeira invenção na adolescência e tem seu sonho de ser inventora adormecido pela realidade de uma família conturbada que Joy tem que liderar e prover.


Divorciada e mãe de três filhos, Joy cuida dos pais, da avó e mesmo do ex-marido (sim, ex-marido). Na família, Joy conta com o incentivo da avó, que contribui em muito para sua autoconfiança, fator preponderante para que persista no seu ideal.


Nesta obra cinematográfica, temos a oportunidade de ver a história de vida de uma mulher autoconfiante. que tinha tudo para "dar errado" mas ficou conhecida pela invenção do “miracle mop” – esfregão que limpa sem precisar torcer.


O filme nos mostra uma mulher que não aceitou o papel de vítima, que pensou fora da caixa, arriscou-se financeiramente e teve grande sucesso.


Três ensinamentos do filme "Joy":

  • "Inovação na vêia!", reforça sempre Diego Maia em suas palestras. "Essencialmente, inovar é o que vai fazer você continuar no jogo";

  • Acredite em você! "Se você não acredita, quem vai acreditar", lembra Diego Maia;

  • Foque na persistência. Você vai errar muito até acertar.


8 - Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994)

Estrelado por Tom Hankns, o clássico Forrest Gump está na nossa lista dos 13 melhores filmes de vendas, motivação e empreendedorismo.

Esse é um daqueles filmes que parecem completamente absurdos. E ele é! Mas a lição aqui não chega pela história ser ou não ser incrível, mas sim porque um profissional de sucesso precisa acreditar no que faz e dar o seu melhor para todas as atividades.

Na obra, Gump teve diversas conquistas por conta de sua honestidade e pela forma como ele se dedicava a tudo que fazia.

É um filme rico de ensinamentos e muito inspirador. Recomenda-se assistir várias vezes.

E o que podemos aprender com o filme "Forrest Gump"? Selecionamos três aprendizados pra você:

  • Por mais que a situação esteja crítica, procure sempre ver o lado bom das coisas;

  • Aconteça o que acontecer, faça sempre o seu melhor. Sempre!

  • Mantenha sua palavra e cumpra suas promessas. A proposta é simples: prometeu? Cumpra!


9 - Jobs (2013)


Em 1976, Steve Jobs abandonou a faculdade e junto com seu amigo, o gênio da tecnologia Steve Wozniak, iniciaram uma revolução nos computadores com a invenção do Apple 1, o primeiro computador pessoal.

Construído na garagem dos pais de Jobs, o Apple 1 e a formação da empresa Apple mudaram o mundo para sempre. Steve Jobs não se incomodava em passar por cima dos outros para atingir suas metas, o que fez com que tivesse dificuldades em manter relações amorosas e de amizade.

Jobs faleceu em 2011, mas deixou uma série de lições de empreendedorismo, listamos 5 para você:

  • Não se contente em ser apenas bom;

  • Tenha um objetivo de vida bem definido;

  • Pense sempre adiante, sempre um passo a frente;

  • Nunca é cedo — ou tarde — demais para começar. E pra recomeçar também!


10 - A Rede Social (2010)


Em Harvard, Mark Zuckerberg persegue uma ideia que o lança no caminho do sucesso na internet, mas que também lhe traz problemas com a justiça e lhe custa amizades. Em uma noite de outono em 2003, Zuckerberg se senta em seu computador e começa a trabalhar em um novo conceito que acaba se transformando em uma rede social global.


Seis anos e 500 milhões de amigos mais tarde, Zuckerberg se torna o mais jovem bilionário da história com o sucesso de sua rede social. Mas sua ascensão sem precedentes traz complicações legais e pessoais.


O filme mostra Sean Parker como um intermediário oportunista, porém foi ele quem apresentou Zuckberg e o Facebook a grandes investidores.


No mundo dos negócios, "investidores anjos” são grupos de investidores que aplicam capital em empresas iniciantes, com negócios inovadores, potencial de crescimento e lucro.


Mesmo não sendo considerado um "filmasso", A Rede Social ensina muito e inspira a todos. Selecionamos alguns conceitos de aprendizado deste filme e compartilhamos com você:


  • Mire alto: a empresária brasileira Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza, tem uma frase perfeita: "sonhar grande ou sonhar pequeno dá o mesmo trabalho";

  • Potencialize seus conhecimentos. E a forma que você tem em mãos para isso, é aprender sempre;

  • Valorize as parcerias e amizades. Vinicius de Mores cantava que "é impossível ser feliz sozinho" e está é uma tremenda verdade.


Você pode se interessar também:



11 - De Porta em Porta (2002)

"Embora tenha sido produzido em 2002, portanto, com uma qualidade inferior ao que estamos acostumados, é um filme imprescindível para profissionais de vendas, gestores e empreendedores", enfatiza Diego Maia.


O filme é baseado na história verdadeira do vendedor americano Bill Porter. Bill (interpretado pelo magistralmente pelo ator William H. Macy) nasceu com paralisia cerebral, o que acarreta limitações na sua fala e nos seus movimentos.


Com o apoio sempre presente de sua mãe, o filme mostra a luta de Bill para conquistar um emprego de vendedor porta em porta, muito comum na maioria dos países nos anos 70, 80 e 90 do século passado.


Bill convenceu o líder de uma grande empresa e conseguiu a vaga. Tanto na entrevista de seleção para como nos primeiros contatos com seus clientes, ele vivencia situações de preconceito e rejeição. No entanto, nunca se esquece do que sua mãe lhe ensinara: paciência e persistência. Aos poucos, Bill começa a conquistar a amizade e a confiança de seus clientes, tornando-se um vendedor muito querido e competente. Por mais de 40 anos Bill caminhou 16 quilômetros por dia e, para ajudá-lo nesta trajetória, além da sua mãe e Gladys (Kathy Baker), surgiu Shelly Soomky Brady (Kyra Sedgwick). Será que tem romance no ar?


O filme completo (na íntegra) está disponível no canal do Diego Maia no Youtube.


Neste filme podemos tirar diversas lições de "Bill Porter", anota aí:

  • Não deixe o orgulho lhe tirar do caminho do sucesso;

  • Tenha paciência, persistência e disciplina;

  • Cultive bons relacionamentos, valorize o "lado humano" das pessoas;

  • Entenda que cada cliente é único e que cada um tem suas necessidades;


Você pode se interessar também:



12 - A Grande Aposta (2016)

O filme número 12 da nossa lista com os 13 melhores filmes sobre vendas, motivação e empreendedorismo é um longa metragem baseado em fatos reais e no livro escrito por Michael Lewis.


Michael escreveu também Moneyball” contando a história de Billy Beane, um General Manager de um time de baseball que desafiou todo o status quo montando seu time apenas com base em modelos estatísticos, uma história verídica (é o filme número 5 desta nossa lista).


O filme conta a história de pessoas que, apesar de não se conhecerem, montaram uma estratégia muito arriscada e nada convencional: entraram short (apostaram contra) o mercado imobiliário americano, daí o título original do filme “The Big Short”. É um filme indispensável para profissionais de vendas, gestores e empresários, sobretudo para aqueles que atuam no mercado imobiliário, como os corretores de imóveis.


Separamos cinco lições extraídas do filme "A grande Aposta":


  • Diferente da estratégia de divisão de risco, pregada por 9 em cada 10 especialistas em mercado financeiro, o filme mostra que, às vezes, acreditar em uma única aposta pode te deixar rico;

  • Você pode estar certo e ainda assim perder tudo;

  • Utilize algum tipo de limite de prejuízo;

  • É possível ganhar dinheiro tanto nas altas quanto nas baixas, seja na Bolsa de Valores, na compra e venda de imóveis ou mesmo no mercado de varejo, por exemplo;

  • Vai por nós: o mercado financeiro não é o culpado de todos os males da Terra.


13 - Cidadão Kane (1941)

O filme que fecha a nossa lista com os melhores filmes de vendas, motivação e empreendedorismo, é o mais clássico de todos. Ganhador do Oscar de Melhor Roteiro em 1941, Cidadão Kane é considerado por muitos amantes da arte cinematográfica como o "melhor filme da história".


Dirigido por Orson Welles e inspirado na vida do milionário William Randolph Hearst, o longa conta a ascensão deste mito da imprensa americana.


De garoto pobre no interior a magnata de um império do jornalismo e da publicidade mundial, neste filme conhecemos a história de Charles Foster Kane, o homem que construiu um império a partir do nada mas que vivia uma vida pessoal extremamente ruim.


O que tiramos de lição desse filme é a inspiradora a maneira como Kane conquista tudo o que quer ao longo da trama, sem esquecer-se de sua infância e origem.


Sim. Com este filme de 1941 podemos ter a certeza de que o impossível não existe.



Conclusão sobre os 13 melhores filmes de motivação, vendas e empreendedorismo

Esta foi a lista com os filmes imprescindíveis que todo profissional de vendas, gestor e empreendedor precisa assistir, preparada pelo palestrante motivacional de vendas Diego Maia.

Gostou? Então prepare a pipoca que a maratona vai ser de bastante aprendizado!

Sentiu falta de algum filme nesta lista? Quer recomendar algum filme de vendas, motivação e empreendedorismo para esta lista?


Deixe seu comentário! Sua sugestão pode ser escolhida na próxima atualização desta matéria.


Quem é Diego Maia?


Diego Maia é fundador da Academia de Vendas. Palestrante internacional prestigiado, e um dos especialistas mais contratados do Brasil para convenções de vendas.


É criador do podcast BóraVoar, no ar em dezenas de emissoras de rádio FM, em diversos estados brasileiros. O conteúdo do podcast pode ser acessado através dos principais players de podcasts, como Spotify, Google Podcasts e Apple Podcasts.


Escute um episódio do BóraVoar, apresentado por Diego Maia:



Conheça também o Portal CDPV e o site Pílulas de Otimismo, o novo projeto editorial do Diego Maia.


Seja sócio(a) da Academia de Vendas, a maior comunidade de vendas e gestão de vendas do Brasil