• CDPV - Escola de Vendas

Diego Maia retoma treinamentos de vendas presenciais com Academia de Vendas

O treinamento de vendas "BóraVoar" da Academia de Vendas foi realizado no Othon Palace Hotel, na praia de Copacabana, Rio de Janeiro.



Sábado, dia 23 de outubro de 2021, marcou a retomada dos treinamentos de vendas presenciais no Rio de Janeiro. O treinamento presencial BóraVoar, criado e apresentado pelo palestrante motivacional de vendas Diego Maia voltou a ocorrer na cidade.


Como parte do conteúdo presencial da Academia de Vendas, os participantes do treinamento de vendas BóraVoar foram recebidos com um belo dia de sol e o visual incrível da internacionalmente conhecida praia de Copacabana para uma manhã de muito conhecimento, troca de experiências e vivências, networking e, por que não, diversão. Com presença maciça, além dos cariocas o evento contou com participação de pessoas do interior fluminense, como Campos dos Goytacazes, Petrópolis, Nova Friburgo e Volta Redonda, até de municípios de outros estados, como Porto Alegre (Rio Grande do Sul), São Paulo (SP) e Belo Horizonte (Minas Gerais).


Desde o começo Diego Maia deixou claro que já estava sentindo falta das palestras de vendas presenciais e ressaltou que aquele era um momento de desenvolvimento, resgate e inspiração. O evento teve muita interação durante quatro horas, deixou muitos ensinamentos e levantou questões e provocações sobre o futuro das vendas para os participantes. “É pela dúvida que o amanhã começa”, destacou Diego Maia.


Palestrante e público integrados


Treinamento de vendas BóraVoar com Diego Maia

Um dos destaques do treinamento de vendas BóraVoar foi a interação entre palestrante e participantes. Desde o início Diego Maia incentivou a participação do público, tanto em trocas com ele quanto entre os espectadores. E as dezenas de participantes responderam com muita animação.


Um desses momentos foi quando Diego Maia propôs uma atividade para os espectadores, o “#Desafio3Zaps”, para incentivar o networking. Mas, diferente do que era comum “no passado”, o palestrante de vendas sugeriu que não se trocassem cartões de visita, mas sim três números de WhatsApp. “Eventos dessa natureza servem para resgatar hábitos como se conectar com as pessoas”, ressaltou Diego Maia.


Público animado


Palestrante de vendas Diego Maia

Além de muito aprendizado e reflexões sobre o futuro das vendas e dos vendedores, o sábado também foi animado. Um ótimo exemplo foi quando Diego pediu que os participantes comentassem como suas equipes celebravam o fechamento de um negócio.


Surgiram vários exemplos, mas o destaque foi a participação da produtora cultural Fernanda Nicolis, do Rio de Janeiro. Ela contou que "sempre que sua empresa fecha um contrato para uma peça ou um show, a equipe celebra dançando a Macarena". E não ficou só na fala. Diego convidou Fernanda para o palco, que deu uma palhinha do ritmo que fez sucesso nos anos 1990.


Fernanda, além de entrar na brincadeira, após o evento falou sobre como a palestra foi importante para ela. “Achei interessante o reconhecimento do Diego de que vendas está em qualquer atividade. As estratégias são importantes em qualquer atividade”, ressaltou Fernanda, que ainda salientou a dinâmica da palestra. “Você não vê o tempo passar, é muito envolvente”.


A transformação digital como foco


Muitos tópicos foram abordados ao longo das quatro horas de evento. O destaque foram os assuntos relacionados ao futuro das vendas, como o impacto da transformação digital, expectativas para o processo de vendas, como não deixar a tecnologia tomar o lugar do vendedor e se adaptar aos novos tempos.


Vale lembrar que muitos dos pontos abordados durante a palestra também são aprofundados nos treinamentos de vendas contínuos que Diego Maia oferece no CDPV - Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas, através da Academia de Vendas, que possui aulas novas toda semana.


Confira os principais tópicos da palestra:


1 - Inteligência Artificial em Vendas


Com um paralelo com o personagem da Marvel Tony Stark, o Homem de Ferro, que conversa com Jarvis, uma Inteligência Artificial, Diego Maia abordou o tema no mercado de vendas. “A quanto de distância a gente está de uma I.A. que resolva todos os nossos problemas?”, questionou. Diego ressaltou que de 2020 para 2021, com a pandemia, houve um salto na digitalização e que é necessário se adaptar para não ficar para trás.


2 - Legados e sequelas da pandemia


Outro assunto abordado no treinamento de vendas foram os legados e sequelas que a pandemia de Covid-19 deixou. Entre os legados, Diego Maia destacou as novas formas de trabalho, com o crescimento do remoto. “Existem empresas que estão no home office e pretendem continuar”, lembrou, apontando ainda que muitas podem migrar para o sistema híbrido entre presencial e a distância.


Já nas sequelas, o palestrante de vendas alertou para os problemas de saúde, com o crescimento da depressão, ansiedade e da síndrome de burnout. Diego Maia ainda salientou que muitos se tornaram “leitores de manchete”, sem se aprofundar nos assuntos, falou sobre o bovarismo, falta de foco, a tendência de deixar toda a comunicação para o WhatsApp e o “curtoprazismo”. “É tudo para ontem”, explicou.


3 - Transformação digital não é um tema de tecnologia, é um tema de cultura


Um dos principais temas da palestra foi a digitalização. Diego Maia lembrou os participantes de que daqui para frente tudo é e ficará cada vez mais digital. Para o palestrante de vendas é necessário que os profissionais comerciais aceitem essa nova realidade e se adaptem. “Que sejamos os melhores no Zap também”, incentivou.


Para ele, é necessário saber levar as técnicas de vendas para o ambiente virtual, utilizá-las de forma adaptada no WhatsApp e outros aplicativos.


4 - Como ser melhor digitalmente?


Diego Maia salientou que essa é a principal pergunta que deve ser feita agora pelos vendedores. O palestrante destacou que a principal ruptura do momento atual foi no modo de se relacionar, e que há uma divisão entre os nativos digitais, aqueles nascidos nos anos 1980 e 1990, que já são acostumados ao ambiente virtual, e os imigrantes digitais, quem nasceu antes e precisa se adaptar.


Muitos demonstraram “medo” dessa nova realidade, com a possibilidade da perda do cliente para as máquinas e Diego Maia ressaltou que a tecnologia tirará o emprego de quem deixar isso acontecer. No entanto, o palestrante deu a dica de como evitar isso, que é trazendo a humanidade para o trabalho. “Se tu não for humano, se não colocar o teu grau de humanidade, ela (a tecnologia) vai te pegar”.


E deu exemplos de ações simples que nenhuma I.A. pode fazer. O palestrante apontou que mesmo que o vendedor faça todo o trabalho com o cliente através de meios digitais, pode lembrar de mandar um áudio de felicitação por um aniversário, um pequeno presente, e ações como essas. “A Alexa não vai fazer isso”, apontou. “Os clientes tops precisam ter uma relação humana com você”.


5 - Uma nova cultura de vendas


Outro ponto da palestra foi sobre a nova cultura de vendas. Só em 2021 até o momento 13 milhões de brasileiros fizeram suas primeiras compras online. Ainda existem 140 milhões fora desse mercado, que precisam ser buscados. Diego apontou outros pontos sobre a nova cultura:

  • PDV = Experiência: os pontos de vendas físicos passarão a ser um espaço de experiência com o produto, para apresentação dele;

  • O cliente é o centro: não existe mais diferenciação entre online, offline ou omnichannel, o vendedor precisa saber lidar com os diferentes canais de venda e estar onde o consumidor estiver;

  • Conectividade: o cliente tem todas as informações que precisa, inclusive mais do que os vendedores. “Tem que se tornar especialista”, ressaltou.


Confira a galeria de fotos do treinamento de vendas BóraVoar Rio:


6 - Foco no sucesso do cliente


O cliente tem todo o poder de decisão agora e por isso o foco deve ser todo nele. O crescimento das vendas online e as facilidades que o consumidor experimenta no seu dia a dia no B2C serão cada vez mais exigidas no B2B também.

  • Ultra-flash-delivery: será necessário oferecer uma entrega dos produtos e serviços de forma ágil e rápida, no formato que o cliente desejar;

  • Sem barreiras: agora o cliente pode comprar de onde ele quiser e onde estiver. A concorrência aumenta;

  • Sem tarifa: o cliente quer tudo de forma mais simples e mais barata, com a sensação de ter uma vantagem.

7 - A venda presencial se contaminou de digital


Durante a palestra de vendas Diego Maia trouxe alguns dados, como os revelados por uma pesquisa recente da Gartner (Future Of Sales 2025), de que nos próximos quatro anos 80% das interações entre fornecedores e clientes B2B serão por canais digitais. “E isso é em caráter definitivo, não volta”, afirmou. Por isso ele salientou que “estar aberto a mudanças não é uma necessidade, é uma emergência”.


Com menos olho no olho e mais olho na tela, evitar o risco de extinção é uma tarefa que exigirá mudança de atitude. Diego Maia ressaltou a importância de mostrar para o cliente que se está interessado em desenvolver um relacionamento, não apenas no dinheiro. E os sobreviventes serão “aqueles que estiverem abertos a mudanças”.


8 - Como sobreviver no digital


Diego Maia decretou o fim do “sambarilove” e apontou que agora é necessário menos jeitinho e mais resultado. O foco é no resultado do cliente, sem mais achismos, com alta capacidade de análise de dados e inteligência de negócios.


O palestrante de vendas insistiu que não se pode mais ter opiniões baseadas em sentimento, com argumentos tipo “meu Santo não bateu”. É preciso trabalhar com dados e é impreterível saber que nas empresas só existem dois cargos, vendedor e ajudante de vendedor. Por isso é importante desenvolver a competência de vendas em todos, fazer ajustes sempre que necessário, reduzir ao máximo a burocracia, mas sem deixar a proteção de lado e apostar em aprendizado full time.


9 - Papel do líder no dia a dia de vendas


Outro tópico levantado por Diego Maia durante o treinamento de vendas BóraVoar foi o papel dos líderes nas empresas. Ele ressaltou que a liderança precisa focar em motivação, direção e engajamento aos seus colaboradores.


O palestrante ressalta que motivação é algo que está dentro de cada um, portanto, os dois grandes segredos para liderar vão despertar isso nos colaboradores: dar atenção e ser generoso. “O papel do líder é dar a direção necessária”, explicou.


10 - Venda é gente e comportamento


Diego Maia destacou durante todo o evento que vendas é gente e comportamento. Ou seja, mesmo com o avanço tecnológico e o cliente cada vez mais optando por canais digitais para fazer suas compras, o humano é ainda mais necessário.


As habilidades do futuro não são técnicas, são comportamentais”, ressaltou.

O palestrante de vendas Diego Maia destacou os três níveis de comportamento:

  • Nível 1: nesse ele aponta que não é mais propósito, é tesão no relacionamento corporativo; a importância de uma atmosfera positiva, ressaltando que empresas devem comemorar os bons resultados; auto recompensas; auto estima na veia; e alta performance, com foco no número;

  • Nível 2: segundo Diego, não se precisa mais sair da caixa, mas sim expandi-la, e indicou amplificar o consumo de cultura; apostar no lifelong learning, ou seja, aprendizado contínuo; empatia, ou a sensibilidade para entrar no sapato do cliente; parar de arranjar desculpas como “no fundo ele é uma boa pessoa”, pois ninguém se relaciona com “o fundo”; e esperança mode on: “Acredito que a esperança nas empresas é fundamental”, afirmou;

  • Nível 3 - Visão de Águia: desligue o piloto automático; o pior vício do mundo é o conforto, pois nos deixa pensando que está tudo bem; transforme o ordinário em extraordinário, ou seja, fazer sempre o melhor; e sempre lembrar que o foco de toda empresa é vender!


Confira alguns depoimentos de participantes do BóraVoar Rio de Janeiro:


Beatriz da Silva Moura: "Foi muito gratificante ter participado do evento, um aprendizado ímpar, conhecimento não ocupada espaço, ainda mais ainda mais aprendendo com essa pessoa maravilhosa que é Diego Maia".


Dayse Ribeiro: “Me fez repensar. Me fez pensar em coisas que eu não tenho e que preciso implementar.”


Pierre Rodrigues: “É sempre muito prazeroso ouvir o Diego. Acho que ele fala muito o que a gente precisa ouvir.”


Stephany Gonçalves Miralha: “Muito bom o curso, consegui ter mais visão sobre a era digital.


Vanessa Barros da Roza: “Curso sensacional, energia positiva e que agrega muita na carreira profissional de todos independente da área atuante."


Gilvan dos Santos Costa: “O BóraVoar do Rio foi demais. Muita energia positiva concentrada nas pessoas que participaram. Que show de apresentação do Diego Maia. Que especial atenção de toda a equipe de acolhimento (recepção). Sensacional tudo. Vamos em frente...para o próximo nível..”


Deseja contratar uma palestra ou treinamento de vendas com Diego Maia de forma personalizada para sua equipe? Fale conosco no site oficial do palestrante.


Conheça a Academia de Vendas por aqui.